30 agosto 2007

ACORDAR CONSCIENCIAS I


Apresentação em Power Point sobre plásticos e a degradação do Meio Ambiente.
Fonte: Resbrasil

www.resbrasil.com.br


16 agosto 2007

A Sabedoria da MAFALDA



Palavras para quê!?
Continue....
Continue aí à espera que a vida lhe dê alguma coisa.
Enquanto espera, a sua vida pássa...

13 agosto 2007

A Sabedoria dos PEANUTS

Ai ai ai, é tão simples de entender, não é?
Então porque é que ainda não levantou a cabeça?
Gosta de estar deprimido!!!!

10 agosto 2007

A Sabedoria dos grandes Mestres

"O mestre pegou num pote de vidro e encheu-o de pedras grandes. De seguida perguntou ao seu discípulo: - Está cheio? E o discípulo respondeu: - Sim.
O mestre, então, encheu a mão de cascalho e virou para dentro do pote, perguntando novamente ao seu discípulo: - E agora, o pote está cheio? E o discípulo respondeu com firmeza: - Sim, mestre. Afinal agora é que o pote está totalmente cheio!


O mestre então pegou numa pá com areia e deitou a fina areia dentro do pote. A areia preencheu os espaços entre as pedras grandes e o cascalho. Após isto, o discípulo afoito disse: - Pronto! Agora acabou-se, mestre, já não é possível colocar mais nada neste pote.

O mestre com um sorriso, respondeu-lhe com o seguinte gesto. Virou um jarro d'água dentro do pote. A água encharcou e saturou a areia.

Depois disso, o mestre olhou para o discípulo e pediu-lhe que repetisse a experiência, só que desta vez na ordem inversa dos elementos. O discípulo assim fez: água, areia até encher, algum cascalho e por último tentou colocar as pedras grandes, mas estas já não couberam no vaso.
O mestre então dirigiu-se ao discípulo e concluiu a lição: - O pote é a nossa vida.
A nossa disponibilidade de tempo é o que cabe dentro do nosso pote.
As pedras grandes devem de ser as coisas realmente importantes: o crescimento pessoal e espiritual e os relacionamentos com a família e amigos.
Se deres prioridade a isto e se te mantiveres aberto para o novo, o resto se ajustará por si só: a profissão, os bens e direitos materiais, o lazer e todas as demais coisas menores que completam a vida. No entanto, se preencheres a tua vida com coisas pequenas, as coisas realmente importantes nunca terão espaço."

Nesta experiência vimos que o tempo é, antes de tudo, uma questão de prioridades, de saber o que vem em primeiro lugar.
Muitas vezes "perdemos a nossa saúde para ter mais dinheiro, para depois perder o dinheiro para ter mais saúde" (Dalai Lama).
Adicionamos dias à extensão das nossas vidas, mas esquecemos de adicionar vida à extensão dos nossos dias.
Engolimos os factos da vida da mesma forma que engolimos o almoço ou o jantar. Precisamos aprender a saborear a vida.
Viver é saber transformar os pequenos instantes em grandes momentos. A felicidade não é um destino, é uma caminhada.