19 março 2008

Pão de Soja com pinhões

Para evitar ciumeiras, vou dedicar
este artigo a todas as minhas amigas
que influenciei a comprarem uma máquina de pão:
Alexandra, Vanessa, Ana Margarida e Cristina.
Aqui fica uma receita inventada por mim :-))
As que tiverem portátil podem levá-lo prá cozinha.
Assim...poupam árvorzinhas pois não gastam papel.

Ingredientes:
200 ml de leite de soja
160 ml de água
3 copos farinha trigo (tipo65)
1 copo farinha soja
2 colheres "sopa" mel
2 colheres "sopa" óleo soja
1 colher "chá" sal
1 colher "sopa" canela em pó
raspa de 1 laranja
3 colheres "chá" fermento padeiro

pinhões e pássas

Preparação:

Deite primeiro os liquidos quentes (não a ferver!) na forma. De seguida o mel (ou acuçar), o óleo de soja (ou outro óleo), o sal. Mexa. Acrescente as farinhas, a canela, a raspa laranja e o fermento.
Programe a máquina para Pão Rápido II (fastbread II), e após 10 minutos de estar a amassar, junte uma chavena pequena de pinhões e pássas. (os pinhões é opcional, mas colocar pássas, é obrigatório, pois a frutose da pássa de uva ajuda o pão a crescer).

A meio do tempo já é possivel verificar que o pão está a crescer. Depois de acrescentar os pinhões é proibido abrir a máquina, hein! Senão lá se vai o crescimento.
No fim o pão terá este aspecto maravilhoso. Preparem a manteiga de soja, o leite de soja com chocolate, ou um chá verde com pau de canela e folhas frescas de hortelã. Humm....Vou comer, já venho ;-)
Aproveito para informar as pessoas que têm máquina de pão Morphy Richards que os acessórios para esta máquina estão à venda na Baixa de Lisboa - já lá fui comprar uma forma nova, a anterior morrer por excesso de uso :-((
Assistência Morphy Richards em Portugal:
Rua dos Correeios, nº60, 2ºandar, Lisboa - Telef 21.3428743

10 comentários:

  1. Olá Rute,vejo que progressos aqui sempre,devo te confessar que estou uma adepta da soja e derivados,optei desde janeiro pelo leite de soja,yogurtes ,manteiga,sobremesas e ainda ando a experimentar novos..
    o meu organismo anda mais equilibrado.pois nao almoço uma refeiçao completa,como uma sopa de legumes variados verdes,fruta,e yogurte de soja,e aguento-me mais umas 3 horas!em casa cozinho com oleo de soja e manteiga e ate á data estou a dar-me bem.
    fiquei cheia de vontade de ter uma maquina de pao como a tua, pois a minha é mt pequena e nem traz instruçoes,até á data serve só para museu!obrigado pelas palavras.Continua aqui a dar ideias,só tenho pena é de um pormenor no artigo anterior...eu cozinho tudo na bimby,posso tentar fazer lá a tua receita do tofu?!
    obrigado,bjs sónia

    ResponderEliminar
  2. Bom diaaaaaaaa (ainda estou a espreguiçarrrrr).

    Fico muito contente de estares adepta da soja. Tenho de te apresentar a iogurteira de soja, sempre ficam mais baratos os iogurtes.

    Quanto à tua pergunta: A parte do arroz claro que podes fazer na bimby. E o preparo da marinada também. Agora grehar, conforme sabes, a Bimby não grelha :-(( Para grelhar terás de usar uma frigideira anti-aderente, ou um grelhador electrico, ou uma pedra de grelhar, daquelas que têm lamparinas por baixo.

    Últimas noticias: ontem inventei uns hamburgueres de soja deliciosos. Em breve publicarei a receita.

    Beijinhos e Boa Páscoa!!

    ResponderEliminar
  3. Sónia, esqueci-me de te dizer o seguinte:

    Este pão podes fazê-lo na Bimby juntamente com o forno normal.

    Antes de eu ter a máquina de pão, fazia o meu pão no forno convencional. Mas dá mais trabalho pois a máquina do pão, amassa, leveda e cozinha o pão sem a nossa interferência.

    Colocas todos os ingredientes da Bimby na mesma ordem que eu indico aqui: primeiro os liquidos, depois as farinhas e etc...

    Programas a Bimby na velocidade Espiga. Deixas bater a massa cerca de 15 minutos. A seguir povilhas um tabuleiro ou uma forma de ir ao forno, com farinha, fazes uma bola com a massa e vai ao forno.

    Não ligues o forno de imediato e tapa o tabuleiro ou a forma com um pano para poder levedar durante 20 minutos. Ao fim deste tempo destapas, colocas um copo de vidro grosso, meio de água, no canto do tabuleiro para manter uma atmosfera húmida dentro do forno e ligas o forno em baixa temperatura.

    Passados 45 minutos, aumentas a temperatura para o pão tostar por fora. Em principio, são só mais uns 15 m para teres o pão pronto.

    Experimenta ;-)

    ResponderEliminar
  4. BOA NOITE,Rute
    pois foi o que eu pensei,fazer o refogado na mesma na bimby e para o tofu utilizar a chapa de grelhar,em breve vou experimentar.
    obrigado pelas dicas do pão,e fico a espera da receita dos hamburgueres de soja.
    bjs e boa pascoa
    sonia

    ResponderEliminar
  5. Olá Rute,

    td bem?????já sei, demorei uma eternidade para responder,mas finalmente estou a faze-lo...

    Fico mto contente pela tua receita de pão de soja. Isto até tem bom aspecto, acho que vou experimentar, apesar de não ser consumidora dos produtos de soja....já experimentei leite e iogurtes, mas ainda sou fiel aos tradicionais.

    Também não tenho feito mtos pães, o tempo não chega para experimentar tudo.....mas vou tentar experimentar este.

    Um beijo grande para ti,
    outro para a carol.....
    ah!e um para o Miguel, senão ele fica com ciúmes.

    Saudadinhas,
    Vanessa.

    ResponderEliminar
  6. Yupi, respondeste!!!

    Finalmente.

    É uma pena não seres mais adepta dos produtos de soja. Acredita que quando conseguires retirar o leite, a manteiga e o queijo de origem animal, vais melhorar dos teus problemas respiratórios.

    Eu nunca mais tive uma crise de sinusite. E a Carolina também melhorou grandemente. Nós bebemos leite de soja, comemos manteiga de soja, iogurtes de soja e só muito de vez em quando é que comemos queijo de cabra ou vaca (mas é qdo o rei faz anos).

    Experimenta fazer este pão.
    É delicioso.
    Beijinhos Vanessa.
    Gostei de saber de ti.

    P.S.- Não é a soja que faz bem aos problemas respiratórios. O que acontece é que os produtos de origem animal podem induzir o teu organismo a produzir mais histamina.

    ResponderEliminar
  7. Tenho que dar uma vista de olhos nos teus pães, para já vou fazer este, mas com nozes (que também tenho em excesso da nogueira dos papás).
    Se ficar giro posto-o. Vou fazer figas!:)

    ResponderEliminar
  8. O excesso de produção agricula é um estimulo para a criatividade. Tendo como objectivo não deixar estragar nada, faz-se mil e uma receitas interessantes.

    Qualquer fruto seco fica bem aqui: pinhões, amêndoas, nozes, amendoins, etc...

    Espero que tenhas sorte. Sei de antemão que vais aprovar o sabor delicioso.

    Há muito tempo que optei por pães doces em vez de bolos com ovos.

    Fico à espera do teu post.
    Beijinhos Mary.

    ResponderEliminar
  9. Rute, adorei o teu pão, vou experimentar.
    Mas não o posso fazer na máquina do pão, pois avariou.
    Vou adapta-la ao artisan bread, pois tenho-me safado com ele.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Vou torcer para que consigas, mas é um bocadinho arriscado: Artisan Bread de soja e pinhões (soa bem!).

    Beijinhos.

    ResponderEliminar