18 julho 2008

FORNO SOLAR/Solar Oven/Four Solaire/Horno Solar - SUPER APROVEITAMENTO/Getting to the Maximum - GESTÃO EFICIENTE/Half Day Efficient Management

Hoje consegui tirar o máximo rendimento do meu forno solar (até à data).
O sol estáva forte e prometia manter-se até às 19:30.
Dai que comecei às 14:30 a ferver água com sal e fio de azeite.


Enquanto a água fervia, tirei os caroços de 2 maçãs reinetas,
deitei-lhe açúcar no buraco, 2 cascas de limão em cada uma,
e canela em pó à volta. Ao lado depositei alecrim seco (cultivo caseiro).
Assim que água entrou em ebulição, deitei-lhe a massa para cozer.
E juntei as maçãs, ao lado do tacho, para assarem ao mesmo tempo.
É importante que a água seja pouca. Só mesmo para cobrir a massa.
Enquanto isto, lembrei-me que a cozedura da massa ia ser rápida
e que podia aproveitar o sol para ainda assar uns pimentos.
Juntei-lhes cebola desidratada, alho desidratado, sal, azeite e alecrim seco.
Quando retirei a massa, passei-a logo por água fria para não continuar a cozer.
Ao abrir o forno para tirar a massa, meti os pimentos no forno solar.
Bastante rápido para não perder temperatura.
Às 19:30 já estáva tudo pronto.
As maçãs co-habitaram com os pimentos, sem tomarem o gosto um do outro.

Mornas são as melhores maçãs assadas que eu já comi.
Estão assadas sem se desfazerem e os bocadinhos cortados,
molhados no açúcar derretido é de comer e chorar por mais.

Os pimentos com o alho e cebola, sabem bem numa tostinha de sésamo.
Mas em principio vão-se juntar à salada de Verão de amanhã ao almoço.

Estou mesmo satisfeita com a produção de hoje.
Acho que finalmente estou-lhe a tomar o jeito.
Eu e o forno solar já somos "tu cá, tu lá".
Sem segredos ;-)

2 comentários: