08 Novembro 2008

ACTIFRY - A Fritadeira que frita praticamente sem óleo




Parece inacreditável mas dá para acreditar! Posso comprovar. A Actifry é espantosa: rápida, automática, com temporizador, ecológica porque economiza óleo ao ponto de não existir desperdício, fácil de limpar (e lavar), com filtros que controlam os odores com muita eficiência.

As minhas primeiras experiências com a Actifry foram:

Batatas fritas, descascadas e cortadas em casa. A foto está um bocadinho desfocada porque a máquina ainda estáva a rodar quando tirei a fotografia. Depois de concluidas não me lembrei de tirar mais fotos :-)) Foi só comer e saborear o excelente paladar, estaladíssas! Confeccionei 600 grs de batatas às quais adicionei apenas 1/2 (meia) medida (colher) de óleo de milho.

Bolinhas de espinafres e de cenoura da marca Capitão Iglo. Lembrei-me destas bolinhas pré-fritas congeladas, acompanhei com arroz de tomate e pimentos vermelhos mais milho doce cozido a acompanhar. A tudo o que é congelado não se acrescenta colher de óleo pois o alimento já tem um banho de óleo. Porém saem sequinhas da Actifry. Mesmo frias são uma delicia. São óptimas para picnic.

Castanhas assadas com 1/2 colher de óleo de amendoim. Foram golpeadas e reposaram uns 10 minutos em água com sal. Após esta étapa, retira-se para um pano, seca-se e vai à Actifry regadas com o óleo de amendoim durante 30 minutos. Convém vigiar porque as castanhas começam a soltarem-se da casca e pode acontecer estarem prontas antes dos 30 minutos. Caso deixe tempo demais podem ficar duras.

A Actifry tem ainda outras potêncialidades que vou ter o prazer de descobrir. Na internet existem algumas receitas. No entanto poucas são as receitas vegetarianas para a Actifry.

Aqui fica mais um video onde se observa uma utilização diferente da Actifry:


9 comentários:

  1. Olá, Rute!

    Parece ser mesmo um aparelho maravilhoso! Aliás, desde a última vez que vim aqui você já compartilhou várias coisas fantásticas! Estou meio afastada dos blogs por causa dos preparativos para o fim do ano. Logo logo a escola em que trabalho entra de férias e para professores isso é sempre uma loucura!

    Voltando ao assunto, eu sempre evitei comer frituras... não sei dizer quando foi a última vez que me entreguei a uma porção de batatas fritas, rs... mas essas suas batatas parecem muito sequinhas e apetitosas! E esses bolinhos de espinafre e cenoura? Nunca vi disso por aqui!

    Muito obrigada pela visita, eu realmente gosto muito de Neruda... Aliás, literatura latina me toca o sangue de uma forma muito intensa. Galeano, García Márquez... Recomendo mesmo o Livro das Perguntas... faz a gente pensar no sentido de tanta coisa, e de uma forma tão poética...

    Eu tinha mesmo reparado que você gosta de Klimt! Você postou duas réplicas maravilhosas que ganhou de presente! :) Gosto muito de "As três idades da mulher"

    Quanto a Guimarães Rosa, Grande Sertão é uma ótima pedida! Também gosto de Jorge Amado, apesar de não conhecer a obra inteira (não li o que mencionou), e de Paulo Coelho, nunca li nenhum. Sempre ouço dizer que ele é mais popular no exterior do que aqui no Brasil.

    grande beijo de além-mar :)

    ResponderEliminar
  2. Milena, bem vinda.

    Gosto de "ver" você por cá. Então é professora... de que disciplina? se diz disciplina em brasileiro? Eu sou contabilista (contador).

    Pois é, também não me entregava a batatas fritas há muito tempo. Evito as frituras por vários motivos.

    Um desses motivos é o ecológico. O óleo depois de usado se for deitado nos esgotos ou nos terrenos é um problema ambiental gravíssimo.

    Este ano já se ouve falar muito em reciclagem de óleos usados em Portugal. Mas ainda o ano passado tive dificuldade em encontrar um OLEÃO (ponto de recolha de óleo) na área em que eu moro. E olha que moro na cidade, na área ao redor de Lisboa.

    Há uns 3 anos atrás, no Natal quando fritei umas filhóses de abóbora caseiras, guardei o óleo para mais tarde deitar no Oleão. Fiquei com esse óleo 2 anos em casa, guardado num garrafão para colocar no oleão quando encontrásse um. Só em 2007 é que consegui encontrar um ecoponto desses.

    Já sei o que você vai pensar: Esta mulher não existe!!!! (é o que toda a gente fala. Que não tem outra igual) ahahahah. Imagina guardar óleo durante 2 anos!

    Beijinho além-mar (chuak)

    ResponderEliminar
  3. Olá Rute!
    Venho então retribuir a visita que fizeste ao meu blog.
    Vejo que já "aderiste" à actifry!
    Eu estou bastante satisfeita com a minha, faço lá imensas coisas!
    Parabéns pelas tuas experiências!

    ResponderEliminar
  4. Olá Luisa,

    Obrigada pela visita. O teu blog é apetecível.

    Malta, no blog da Luisa têm mais experiências Actifry e Bimby também. Para acesso mais directo deixo link aqui.

    Cá fico à espera da Pistola de Biscoitos. Parece-me que estou viciada em ferramentas de cozinha! Será que há cura!?

    Beijinhos, vou ler a tua resposta ao meu mail.

    ResponderEliminar
  5. Amiga acho que esta máquina foi feita para mim! Imagina eu poder comer milhões de batatas fritas ( como é meu hábito..) mas praticamente sem óleo! Estou abismada e ansiosa pelo jantar de Sexta! Xuac gigante x Cat

    ResponderEliminar
  6. Cat, na 6ªfeira ainda vais ficar mais abismada. Tu e todo o núcleo duro porque as batatas fritas são mesmo saborosas, sequinhas, estaladiças, um espetáculo de light!

    Tenho a impressão que nessa mesma noite vais ao site da Pixmania encomendar uma ;-)

    Não me admira nada se a Pat não fizer o mesmo. Ela já se rendeu à Bimby, agora rende-se aos encantos da Actifry.

    Até sexta!!

    ResponderEliminar
  7. Absolutely love the weblog layout, what template are you using?

    ResponderEliminar
  8. Thanks for your words but the layout is a personnal foto. And it a changed template.

    ResponderEliminar
  9. esta fritadeideira e so para residencia nao comercial,achei incrivel

    ResponderEliminar