17 novembro 2008

Invenções Vegetarianas na ACTIFRY #3

Aqui temos mais tubérculos para fritar na Actifry: Inhame e Batata Doce.
A Abóbora Okaido provavelmente também deve de ficar genial.
Mas nesta invenção #3 confeccionei apenas Inhame como se fosse batata "pála-pála".
O Inhame depois de cortado requer mais tempo de molho
(especialmente neste género de corte)
para libertar toda a goma.
Na altura de colocar na Actifry seque bem as folhas de Inhame.
A refeição que se apresenta é Soja Granulada Fina estufada em cebola e tomate com cenoura, pimento e salsão, acompanhada de Arroz branco com sal condimentado (este sal inclui casca da tangerina biológica desidratada) e de Inhame "pála-pála" frito com óleo de amendoim.
DELICIOUS !!!

5 comentários:

  1. Olá Rute. Como sempre, poucos dias sem aparecer e venho encontrar uma quantidade enorme de posts todos eles interessantissimos. Nunca comi inhame e nem sabia que se podia fritar. Aliás desconheço completamente o que se faz com ele. Já comprei mas para pôr na terra e ficar a conhecer a planta.
    Agora a máquina Actifry, o kit para produzir cogumelos, a maquineta para refrescos... é tudo uma "espantação" (como diria um amigo)
    Vou ter que ler com calma cada um dos textos publicados. De qualquer forma, fiquei a pensar que 30 minutos para fritar qualquer coisa talvez seja um tempo um bocado demasiado. Ou não?
    Vou ler tudo de novo e depois colocarei as minhas dúvidas para a Rute me elucidar.
    Até lá, um grande beijinho

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Rute, você realmente não existe, rsrs!! Mas num ótimo sentido... Lhe admiro muito por tanta iniciativa!

    E esse prato parece estar DELICIOSO! Eu adoro inhame! Qualquer dia me convide a almoçar, que prometo levar a sobremesa, rs!

    Quanto ao meu trabalho, eu sou professora de Inglês. Trabalho num curso de idiomas.

    Ah, muito legal isso da poesia, não é? Por enquanto não dá pra disponibilizar no blog, mas assim que der, coloco lá. Foi uma surpresa que me deixou muito emocionada, feita por um amigo muito especial. A poesia que foi musicada foi essa aqui:

    http://pao-de-sol.blogspot.com/2008/06/aborto.html

    Ensaio sobre a Cegueira finalmente estreou por aqui :) Fui conferir e saí do cinema muito satisfeita!

    Beeijos de além-mar, Rute!

    ResponderEliminar
  4. Olá Ana,

    A principio também pensei assim: 30 minutos é muito tempo!

    Mas repare, a máquina é automática pelo que enquanto frita, nós fazemos outra coisa.

    Por exemplo, no 1º dia que experimentei a máquina, enquanto as batatas fritavam, dei banho à filhota, vesti-a, sequei-lhe o cabelo e depois foi só pôr a mesa e sentar para comer.

    Outro exemplo, foi quando levei a máquina para um jantar de amigas. Enquanto as batatas e a mandioca fritaram, nós, na sala, bebiamos um aperitivo e conversavamos sossegadas e cheirosas :-))

    Ser mulher moderna é fantástico!!

    ResponderEliminar
  5. Milena,

    esse poema "Aborto" tá muito bom! Imagino musicado!!

    Você vive mesmo compondo. E suas composições são tão ricas de significado, com tantas entre-linhas. Gosto muito de seus textos. Obrigada por partilhá-los connosco.

    Quanto ao "Ensaio sobre a Cegueira" já vi o trailer no YouTube e tá apelativo sem dúvida. Tou pensado ir assistir neste próximo fim-de-semana (22 ou 23 NOV). Depois le falo o que achei.

    Humm professora de Inglês...não imaginava. Julguei que era professora de literatura.

    Bom mas eu não sou exemplo. A contabilidade e a culinária ou tudo o resto pelo que tenho interesse, nada tem a ver com a profissão.

    Beijinho além mar.
    Rute

    ResponderEliminar