21 janeiro 2009

AZEVIAS (Variações) DE ABÓBORA E CÔCO


A paixão pelas Azevias de Grão foi tal que estimulou o meu cérebro a improvisar variações.

A receita da massa encontra-se neste artigo : Pasteis Massa Tenra Assados

O recheio de Abóbora e Côco é idêntico ao recheio de Grão e Amêndoas (fácil, fácil) mas leva menos açúcar (porque a abóbora já é doce) e NÃO leva ovos (gemas), Yupi!!!

Ingredientes:
  • Abóbora Okaido c/casca - 500 grs
  • Água - 110 grs
  • Açúcar amarelo - 230 grs
  • Côco ralado - 70 grs
  • 1 colher "chá" canela em pó
  • Sementes de Cardadomo
  • 1 colher "sopa" maisena desfeita num pouco d'água
  • Raspa de 1 laranja
  • Raspa de 1 limão
  • Canela q.b.

Preparo:

Cozer a abóbora okaido com casca, cortada aos pedacinhos, numa panela sem água. Apenas em fogo lento para que a abóbora coza no próprio suco.

Como não tinha a peso suficiente de abóbora juntei um xuxu que andáva a querer envelhecer cá em casa. Depois de cozida, a abóbora fica com o aspecto da figura 2, sequinha.

Na bimby, pese a água e o açúcar, programe 9 minutos, temperatura varoma, velocidade 1 e meio.

Junte a abóbora e a parte de dentro (sementes) de 3 Cardamomos ao ponto de açúcar e triture uns 20 segundos na velocidade 5. Junte o côco e 1 colher de "chá" de canela em pó , misture mais 20 segundos na vel 2. Junte a maisena diluida num pouco de água e misture mais uns segundos na velocidade 2.

Retire para uma tijela, raspe a laranja e o limão (figura 3). Mexa e reserve tapado.

Pegue na massa, estique com espessura fina, coloque montinhos de recheio, espaçados, povilhe com bastante canela (figura 4), dobre a massa e corte com uma chávena virada ao contrário (figura 5).

Quando tiver 7 pasteis, asse-os na Actifry. Cada "fornalha" demora cerca de 12 minutos. Não espere para que fiquem tostados. Estes pasteis ficam melhores fofinhos como se fossem almofadinhas insufladas. Se deixar tempo a mais na Actifry ficam muito secos.

Estes 12 minutos dão-lhe para armar mais 7 pastéis. Uma perfeita linha de montagem. Esticar massa é um óptimo exercicio para muscular os braços, pratique ginástica enquanto cozinha ;-)

Alerta: Antes da primeira "fornalha" aqueça a Actifry vazia durante uns 2 minutos (não mais).

Nota: A figura 6 não significa que eu tenha assado todos os pasteis ao molho. Simplesmente, utilizei a Actifry para guardar todos, depois de assados. Pelo que serve como caixa de pasteis, é só premir o botão para tirar um :-))

10 comentários:

  1. Pxa, tanto pastel! Vou testar a tua receita este fim-de-semana e depois comunico o resultado. Claro que vou fazer esta versão de abóbora (nem vale a pena dizer porquê). Bom FDS!:)

    ResponderEliminar
  2. Nem mais!

    Quando os estáva a fazer lembrei-me logo do teu excesso de produção :-)

    Boa sorte! Bom fds!
    Pena não viveres aqui em baixo (Lx), porque amanhã vou a um workshop muita giro.

    ResponderEliminar
  3. 15 kg de batata-doce???!!!
    Ena, é mais do dobro das minhas abóboras, não sei como não te apodrecem! Já sei...desidráta-las! LOL:)
    Tu realmente surpreendes-nos!
    Bom workshop! :)

    ResponderEliminar
  4. Qual apodrecer! Os primeiros 15 kg já estão a terminar. Este fds a minha amiga vai trazer mais 15 kg a 70 cêntimos o kilo.

    A batata doce do pai dela é muito saborosa. Batata doce frita é o máximo. Assada também e cozida para doces é especial.

    A Cachupa que aprendi, por ex, leva batata-doce...

    Agora com a tua ajuda posso dizer que pão de batata-doce é ÓPTIMO!

    ResponderEliminar
  5. Olha lá mas tu não fritaste estas...que porreiroooooo, para a minha dieta.

    E pensar que fui eu que te apresentei o mundoi vegetariano. De facto a aluno superou o mestre!

    Estou para aqui a pensar na bela da entrada...Ai Eu!

    Helder Clemente Inês

    ResponderEliminar
  6. Helderzito,

    capricha nessa entrada de dia 22 Fev!!

    A mim calhou-me o prato principal... :-( Queres trocar?

    And, yes, estas azevias são assadas. As fritas que aprendemos no curso enjoam-me.

    Estas ficam o máximo. A Mary já as experimentou. Podes fazer no forno normal.

    ResponderEliminar
  7. EEEE aqui estão as azevias k quero esperimentar, pois comi umas numa pastelaria k vão ao forno e adorei, as fritas no óleo nem lhe toco.

    Parabéns pelas novas esperiencias :) estão sempre de babar :)))

    Beijinho cheio de luz
    Sue :)

    ResponderEliminar
  8. Sue,

    a tua Actifry já voltou para casa??

    Em breve vou testar azevias de batata-doce nesta versão assadas com massa tenra.

    Beijinho cheio de luz tb para ti.

    ResponderEliminar
  9. Bem uma cabecinha xeia de invençoes e engenhocas :) depois ficam a ser 3 amores e ñ 2 lol :)

    A minha actifry ainda ñ voltou, dia 10 de Fevereiro se ñ a mandarem devolvem-me o € ou uma nova.
    Faz-me tanta falta :(

    ResponderEliminar
  10. Nesta matéria de azevias vão ser muitos mais amores...

    Tenho programadas azevias (ou pasteis) de:

    Batata-doce com nozes;
    Castanhas com chocolate;
    Maçãs com pássas;
    e é só por enquanto!

    Me aguarda!!

    ResponderEliminar