05 janeiro 2009

ERVILHAS com ovos e salsichas vegetarianas na Máq.Pão



DIVINAL, simplesmente DIVINAL. Estou pasmada com o sucesso dos cozinhados dentro da MFP!

Verdade que demoram mais do que o normal, mas talvez por isso os alimentos ao cozinharem em calor médio, lentamente, adquirem um não sei quê de especial, dificilmente qualificável com adjectivos.

O único senão foi o tempo. É aconselhavel optarem por um dia que estejam em casa, uma vez que não dá trabalho mas exige iniciar preparação umas 3 horas antes.

Ingredientes:
  • 1 Cebola média cortada;
  • 4 a 5 dentes de alho esmagados;
  • 2 Salsichas de Tofú;
  • 750 grs de ervilhas e cenouras baby congeladas;
  • 2 colheres "sopa" de polpa de Tomate;
  • 2 ovos biológicos;
  • Azeite q.b.;
  • Água q.b.;
  • Sal condimentado (com pimento, gengibre, salva, louro, cebolinho).

Preparação:

Deitei um fio de azeite (generoso) na cuba (não se utiliza a pá misturadora). Juntei a cebola e os alhos esmagados. Liguei a máquina no programa BAKE , tempo 1 hora.

Ao fim de 20 minutos (do tempo inicial) dei uma mexidela com colher de pau e acrescentei, primeiro, as salsichas e, depois, as ervilhas com as cenouras baby que já estavam a descongelar dentro do frigorifico, desde ontem. Pode não parecer importante, mas acredito que demoraria mais tempo se assim não fosse.

Ao fim de 40 minutos (do tempo inicial) dei outra mexidela e juntei 400 ml de água a ferver onde havia dissolvido a polpa de tomate e o sal condimentado. As ervilhas devem ficar quase cobertas pela água. Só a ver-se a água a surgir entre as ervilhas.

No fim do tempo inicial, voltei a mexer e programei mais 1 hora. Isto porque a minha MFP só aceita periodos de 1 hora de cada vez no programa BAKE. Não abri mais a máquina.

Ao fim dessa hora, programei mais 30 minutos sem abrir a máquina. Decorridos 10 minutos, deitei 2 ovos, aos quais juntei 2 claras que tinham sobrado da confecção dos bolos (é uma boa forma de aproveitamento).

Por fim foi só servir com puré de batata. Limitada pelo atraso verificado, fiz um puré instantâneo com leite de soja, água, azeite, sal condimentado, pimenta, noz moscada, e sumo de meio limão no fim.

A parte boa deste processo todo é que não exige a nossa presença na cozinha. Usufrua do tempo à sua vontade para outros trabalhos ou lazer e deixe a MFP cozinhar. É lenta mas perfeita :-))

4 comentários:

  1. Bem, Rute, com esta arrumaste-me! Estás pasmada com o sucesso dos cozinhados da MFP, e eu estou pasmadíssima contigo!!!
    Acho que esta ideia de cozinhar pratos na MFP é inédita no mundo da blogosfera (pelo menos eu nunca vi nada semelhante)! Que audácia, mulher!
    Claro está, que esta jovem aprendiz vai reproduzir a acção, até porque vegetais é comigo e ovos caseiros também (o tofu ainda não comprei).
    Vamos lá ver se encontro a definição para o "não sei quê de especial! LOL :)

    ResponderEliminar
  2. Nã Nã, o mérito não é todo meu.

    Andei no Forum Bimby e lá encontrei uns cozinhados na MFP ou na Chef-o-matic.

    Há até preferências para MFP com cuba horizontal.

    Ontem fartámo-nos de rir com essa de cozinhar na horizontal. Porque já depois de jantar, vi isto na net e saio disparada do escritorio a dizer pró marido: Tenho de experimentar a cozinhar na horizontal, tens de trazer a outra máquina do pão!

    Imagina a cara dele: COZINHAR NA HORIZONTAL???? Essa é nova, deve ser bom! Ah ah ah ah ah

    ResponderEliminar
  3. Caramba, que novidade me deste! Uma cuba horizontal...pois claro que tem lógica, afinal já vi muitos pães compridos, e eis o porquê! E agora? Hum? (estou a pensar em voz alta)...Vou usar esta MFP até à exaustão, porque é recente, mas fiquei com o sentido na cuba horizontal... É melhor não pensar mais nisso para já...Ai! LOL :)

    ResponderEliminar
  4. Sim, há cubas verticais e horizontais. E há cubas com 1 pá e com 2 pás.

    No forum falam duma XXL que tem 2 pás e que faz um pão XXL.

    Eu tenho uma de cuba horizontal mas não me dei bem com aquilo. Foi metade do preço desta Morphy Richards. E fiz lá pão apenas 2 vezes. Não me adaptei. Guardei-a.

    Talvez agora venha a ter serventia para cozinhar. O problema é o espaço na cozinha. As máquinas já se empilham umas em cima das outras :-((

    ResponderEliminar