26 janeiro 2009

FEIJOADA PRETA VEGETARIANA com cuscuz e couve salteada


O cuscuz do post de dia 20.JAN continuou a sobrar após a soja de tomatada, pelo que inclui-o nesta feijoada de feijão preto com chouriço de soja.

Feijoada:
  • 1 Cebola grande picada;
  • Azeite q.b. para o refogado;
  • Vinho branco q.b. também para o refogado;
  • 1 Chouriço de soja sem pele;
  • Feijão Preto já cozido ou em lata;
  • Água a ferver (pode ser a de ter cozido o feijão);
  • Sal q.b.

Faz-se um refogado de cebola e azeite, junta-se o vinho, deixa-se apurar um pouco. Junta-se o chouriço às rodelas e punhado de feijões. Deixa-se apurar mais um pouco.

Com um garfo, esmigalhar esses poucos feijões para tornar o caldo da feijoada, grosso. Junte os restantes feijões, a água e deixe cozinhar. Tempere de sal.

Couve salteada:
  • Couve olho de boi às tiras;
  • Água com sal para escaldar as folhas;
  • 3 a 4 dentes de alho esmagados;
  • Fio de azeite;
  • Pão duro (de preferência de milho) triturado.

Lave e corte a couve. Escalde-a em água fervente. Para quem não tem sobras de cuscuz, pode fazer um cuscuz com esta água de escaldar a couve.

Na Actifry coloque os alhos esmagados e o fio de azeite. Ligue durante 5 a 7 minutos.

A seguir junte as tiras de couve escorridas. Volte a ligar por mais uns 12 minutos. Tempere de sal, junte o pão ralado da bimby. Actifry ON, novamente.

Dê uma ajuda com um garfo caso a couve comece a amontoar. Espalhe-a e remexa. Quando o pão estiver douradinho, está pronto a servir.

Montar o prato:

Com uma forminha construa os montinhos de cuscuz (aquecido) e de couve. A laranja sabe bem e alegra o prato. Torrei farinha de mandioca e povilhei o cuscuz, a couve e o feijão ao servir.

3 comentários:

  1. Fiquei com saudades da feijoada da minha mãe!
    Ela põe muita couve e feijão (mas com "xixa de bicharoco").
    Pelo aspecto ficou saborosa de certeza, e acredito que se possa fazer de mil e uma formas, com uma ifinidade de produtos de soja e vegetais...
    ...Mas depois colocas as laranjas por cima, fazendo-me lembrar o leitão assado, e a minha mente depressa transita do veggie para o porquinho!
    Bjókas:)

    ResponderEliminar
  2. Mas que bela feijoada!! Sendo vegetariana ou não, já marchava!! :P

    ResponderEliminar
  3. Pois é Mary,

    a feijoada portuguesa leva muitos ingredientes, mas eu tentei seguir a feijoada brasileira retirando as carnes e substituindo o tipo de couve (eles usam a couve de caldo verde).

    Ficou muitissimo boa! Melhor ainda no dia seguinte. Até fiz uma maluqueira e comi feijoada preta com esparguete (ficou um espanto!).

    Outra particularidade que não dispenso é o picantinho caseiro colocado no prato antes de comer. Das minhas malaguetas da horta urbana.

    E ainda a cerveja Corona com 1/4 de lima dentro para acompanhar.

    Por falares nisso das carnes, lembrei-me do que eu costumava dizer à minha mãe sobre as ervilhas com ovos. A minha mão punha pouca carne nas ervilhas com ovos e eu dizia que não queria comer aquilo porque era comida de POBRE!

    As crianças dizem cada disparate! Hoje é precisamente o contrário, a minha mãe chateia-me porque eu não como carne.

    Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.
    ___________________________________

    Isabel,

    se comesses esta feijoada não te arrependerias. E fazias uma digestão muito mais tranquila sem sensação de enfartamento. Ao fim de 1 hora já estávas pronta para outro prato de feijoada LOLOLOLOLOL

    Beijinhos para ambas.

    ResponderEliminar