02 janeiro 2009

PÃO DE ÁGUA (aliança entre Maq.Pão e Actifry)


Mais 2 influências: A Luisa (Luisaalexandramarques) experimentou amassar e levedar a receita de pão da Tina (Luadesabores) na Maq.Pão, no programa Massa (um programa que eu nunca tinha utilizado). Fiquei cheínha de vontade de testar as experiências da Luisa, mas acrescentando uma novidade: assei o pão na Actifry!


Ingredientes:
  • 500 grs de Farinha Trigo Biológica T65;
  • 330 GRAMAS de água morna (importante ser peso e não litros);
  • 1 colher "chá" de sal fino;
  • 1 saqueta Fermipan ou outra marca.

Preparação:

Colocar a água morna na cuba da Maq.Pão, o sal, a farinha e por fim o fermento de padeiro. Seleccionar programa "Massa" que na minha MFP demora 1h30m.

Terminado o tempo, aquecer a Actifry, vazia, por 5 minutos. Povilhar a forma com farinha e dispor a massa dividida. Aviso já que a massa é mole, muito mole mesmo. Eu retirei-a às colheradas da cuba do pão directamente para uma alguidar com farinha. Envolvi cada colherada em farinha e só depois é que as depositei na forma da actifry.

Ao fim de 20 minutos tinha 5 bolinhas lindas, quentinhas onde se colocou manteiga a derreter, a derreter, a derreter... ai ai ai foi um pequeno almoço de perdição!

Conforme podem verificar, a receita difere de pessoa para pessoa. A Tina confeccionou com a farinha marca Nacional, rótulo "Pão Caseiro". A Luísa, julgo que fez com farinha normal mas colocou mais sal do que eu. Na realidade eu coloquei o mesmo sal que a Luísa mas achei que ficou salgado, pelo que publico a receita com diminuição de sal. Mas são gostos. Há quem goste mais "puxadinho".

Adoro este brainstorming! Estou-me a tornar numa cozinheira compulsiva!!! I can´t stop it!!!

7 comentários:

  1. Nós agradecemos os teus brainstormings! :)

    ResponderEliminar
  2. E eu agradeço as vossas visitas.

    É sempre mais agradável ter público do que escrever, escrever e não receber feedback.

    ResponderEliminar
  3. Olá Rute

    Nesta tua receita não percebi muito bem a parte do fermento - falas numa saqueta de fermento e mais adiante no fermento de padeiro... é a mesma coisa? O fermento que conheço em saquetas vem granulado e o de padeiro que conheço é em barra. Que dizes sobre isto? (estou a teclar sem óculos.... por isso não repares nos erros hehehe)

    Bom 2009. *
    antonio

    ResponderEliminar
  4. Olá António,

    Ora bem, o fermento de padeiro pode ser encontrado no mercado, fresco ou seco.

    O que tu conheces, que é granulado, é o fermento seco (em saquetas).

    O fermento em barra ou em quadradinhos, é o fermento fresco.

    Mas ambos são fermento de padeiro. Podes utilizar um ou outro. Eu utilizo sempre o seco pois tem maior prazo de validade.

    Vais tentar pôr em prática a receita? No forno solar???? Isso é que era. Tira fotos.

    Por cá o sol anda fraco e o frio terrivel. Mas chegando à Primavera, quero experimentar esta receita no forno solar.

    2009 Beijokas!

    ResponderEliminar
  5. Olá Rute

    Das últimas vezes que utilizei o Forno Solar lembro-me que a temperatura exterior era de 8ºC, e o dia foi por volta de 30 de Novembro - dentro do forno registei, às 13:00 - 103ºC - fiquei encantado. Na verdade os sun cook são mesmo bons. Já também lá cozi pão e ficou bom.

    200 gr farinha de milho + 200gr farinha de centeio + 100gr farinha de trigo + 1 colher de café mal cheia de sal grosso + meia colher de café de fermento granulado + 425 ml de água morna (sal na água e fermento misturado na farinha) batido e fermentado na MFP e depois cozido no forno solar - uma tarde até chegar a casa (ou na MFP). Eu não gosto de pão, mas quem gosta... adora-o :)
    ***
    antoniorosa

    ResponderEliminar
  6. De facto o sun cook é fantástico. Mas nesta época não me atrevo a usar o meu. Vou esperar por dias mais quentinhos. Pois aqui na varanda só consigo sol a partir das 15 e no Inverno esconde-se por detrás dos prédios às 17.

    Obrigada pela receita de Pão de mistura no forno solar. Hei-de experimentar.

    É uma pena não gostares de pão.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Vim espreitar o look dos teus pães e digo-te Rute linda: estão fantásticos!! E que miolinho: adoro ver o pão assim!
    Querida Rute, com esta me despeço...Vou fazer ó-ó mas não sem antes te agradecer tudo o que tens partilhado e tudo o que tenho aprendido contigo!
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar