28 fevereiro 2009

ARRUFADAS BÊBEDAS de vinho do Porto


ARTIGO RELACIONADO:

Cacetinhos de Cerveja Preta

Eu tinha de inventar não é verdade! Então peguei na receita do Pão (Cacetes) de Cerveja e adaptei a um stock considerável de Vinho do Porto que aqui tenho e não sabia o que fazer com "ele".

INGREDIENTES:


  • 2 ovos batidos;
    1 chav. (café) de óleo girassol;
    1 chav. (chá) de vinho do Porto (mal cheia);
    1 colher (sopa) de açúcar;
    1 colher (chá) de sal fino;
    700 grs de farinha trigo T65;
    1 pacote de fermento seco (fermipan);
  • Côco ralado, acúçar, água e cerejas cristalizadas.


PREPARAÇÃO:


Introduzi todos os ingredientes (do 1ºpontinho) na forma da MFP pela ordem enumerada. Seleccionei programa "Massa".


No fim do tempo, a massa não cresceu tanto como a massa de cerveja. Talvez por isso o pão não tenha ficado tão fôfo. Foi nessa altura que a minha cabecinha de cientista começou a supor o seguinte: Será que o gasoso da cerveja fez falta ao pão para levedar?

Isto porque, segundo sei, o fenómeno da fermentação tranduz-se no seguinte:

O fermento (agente vivo) alimenta-se dos açúcares da massa (amido e açúcar propriamento dito) libertando alcool e gás carbonico. Quando o pão é assado, o alcool evapora, dai os pães não serem alcoolicos (mesmo os que são feitos com vinho ou outro). O gás (CO2) libertado permanece na teia de massa se esta tiver o gluten suficiente para ser elástica e não rebentar a teia. O ar dentro da massa é o permite ao pão ficar fofinho.

Portanto numa próxima oportunidade vou colocar metade da chávena com vinho do porto e outra metade de água com gás! (me aguardem).

De seguida, aqueci a Actifry durante 5 minutos. Coloquei lá dentro 5 arrufadas simples e deixei a incubar, desligada, durante outros 10 minutos. De seguida, pincelei com leite de soja e assaram durante 15 minutos. Excelentes! A minha filha comeu logo 2 com manteiga :-) E não ficou bêbeda, hein!

Enquanto a Actifry despachava trabalho, moldei outras arrufadas, e preparei côco ralado com açúcar e niquinho de água, dividindo em tampinhas para depois ser mais rápido de colocar em cima das arrufadas.

Repeti então o processo: Arrufadas lá dentro a levedar sem ligar a Actifry e depois é que pincelei, coloquei o côco e liguei, 15 minutos. Quase no fim pulverizei com óleo (mas foi coisa pouca, só para não deixar secar o côco).

Para terminar, fiz umas arrufadas recheadas com cerejas cristalizadas que sobraram da confecção do bolo rei (ainda!). E o mesmo processo, levedar desligado, assar depois de pinceladas e enfeitadas com cerejas cortadas.

Adorei ! Mas ficavam melhores se a massa estivesse mais arejada pois no dia seguinte estávam muito compactas. (Renderam 12)

6 comentários:

  1. Hahaha! Esta semana tem sido uma festaróla com tanta vinháça! lol
    Gostei muito desta ideia, porque adoro vinho do Porto (só não suporto o vinho tinto e branco), a minha grande perdição é a jeropiga caseira, que tenho sempre aqui...e pensando bem estas arrufadinhas deve ficar sensacionais com a minha jeropiguita...hum, interessante!
    Todos lucramos com as tuas ideias!
    Bom FDS! :)

    ResponderEliminar
  2. É pá! Lembraste-me a água pé! O que é q hei-de fazer com água pé...

    Mary, se testares as arrufadas com jeropiga coloca um pouco de qq coisa com gás, só para ver se a minha ideia se confirma.

    Podes utilizar água com gás (não pedras, algo gaseificado artificialmente), gasosa, coca-cola...

    Julgo que o gás vai permitir ao pão crescer mais e ficar fofinho.

    Beijinhos. Bom FDS!

    ResponderEliminar
  3. Que rapariga com ideias fantásticas!
    Andas sempre a inovar!

    ResponderEliminar
  4. Este fim de semana experimentei os pães de cerveja, ficaram uma delicia e não fiz só com salsichas, fiz com diversos recheios. Ficaram uma delícia!

    ResponderEliminar
  5. Olá Suzi,

    que bom! Será que vou poder ver as fotos dos pães de cerveja no teu blog SE7E PECADOS?

    Já fui ver donde vinhas :-)) E vou voltar lá agora para cuscuvilhar.

    Beijinhos. Obrigada por partilhares.

    ResponderEliminar
  6. mas que maravilha...belas experiencias...

    ResponderEliminar