13 fevereiro 2009

SOJA COM MOLHO AGRI-DOCE CHINÊS


Há uns tempos atrás, ao passar pelo blog da

Mary , esclamei: - Que ideia fantástica! Soja chinesa!

Nunca me tinha passado pela cabeça adaptar o porco agri-doce chinês à causa vegetariana. Nem imaginava que o molho agri-doce chinês fosse SO EASY! Dahhhhhh

Felizmente que o vegetarianismo está a ganhar adeptos nestas paragens internéticas, pois deste modo podemos juntar ideias, criatividade, experiências e interajudar-nos com o objectivo de aumentar conhecimento. Alargar horizontes por assim dizer.

Vamos começar pelo molho...

Ingredientes do 1ºmolho:

  • 2 dl sumo de ananás (centrifugado na altura);
  • 3 colheres "sopa" de vinagre de mel;
  • 2 colheres "sopa" de açúcar integral de cana;
  • 2 colheres "sopa" molho de soja (shoyu ou tamari);
  • 1 + 1/2 colheres "sopa" Ketchup;
  • 2 colheres "sobremesa" de farinha maisena;
  • Água q.b. para diluir a maisena.

Ingredientes do 2ºmolho:

  • 2 dl sumo de maçã (sem açúcar) LIDL;
  • 3 colheres "sopa" de vinagre de ameixa;
  • 1 + 1/2 colheres "sopa" de açúcar integral de cana;
  • 1 colher "café" de miso;
  • 1 + 1/2 colheres "sopa" Ketchup;
  • 2 colheres "sobremesa" de farinha maisena;
  • Água q.b. para diluir a maisena.

Confecção:

A razão dos 2 molhos prende-se com o facto de ter feito soja a mais. Dai que ao terminar de saltear a soja percebi que só podia juntar o molho a metade da soja com amêndoas e ananás.

No dia seguinte, foi só confeccionar mais molho e juntar à restante soja:

Num púcaro deite o sumo, o vinagre, o açúcar, o molho soja ou o miso e o ketchup. Leve ao lume mexendo frequentemente. Assim que começar a ferver, junte a maisena dissolvida num pouco de água. Continue a mexer em lume brando até engrossar. Reserve.

A razão da utilização do miso foi ter ficado sem shoyu. Quando não se tem cão, caça-se com gato. Obtive o mesmo efeito.

_____________________________________________________

Agora vamos à soja com amêndoas, ananás e pimento vermelho...

Ingredientes:

  • Soja granulada média;
  • Meio ananás aos cubinhos (fresco);
  • 1 punhado de amêndoas cruas peladas;
  • 1 pimento vermelho;
  • Óleo de amendoim q.b.;
  • açúcar q.b.;
  • Molho de soja q.b.

Confecção:

Demolhar a soja em água durante 30 minutos. Escorrer/espremer, temperar com molho de soja.

Na Actifry povilhar o fundo da forma com açúcar. Deitar o ananás e programar 30 minutos.

Se eu tivesse outra Actifry, untava a forma com óleo de amendoim e deitava para lá as amêndoas para saltearem durante 15 minutos. Como não tenho, fiz este processo na frigideira anti-aderente e reservei junto com o ananás, dentro da Actifry, quando terminado o tempo.

Se eu tivesse uma 3ª Actifry... (keep dreaming!) salteava a soja com o pimento em óleo de amendoim. But... como tenho uma 2ª frigideira... foi mesmo na frigideira.

No fim, é só juntar tudo: soja com pimentos, ananás e amêndoas. Deixar criar unidade de sabores e por fim adicionar o molho agri-doce. Apagar lume.

_____________________________________________________

Acompanhamentos... (este post nunca mais termina)

Ingredientes do 1ºacompanhamento:

  • 1 Cenoura grande;
  • 1 embalagem de rebentos de soja crús Continente;
  • Esparguete cozido;
  • Azeite q.b.;
  • Molho de soja q.b.

Ingredientes do 2ºacompanhamento:

  • Arroz;
  • Ervilhas congeladas;
  • Ovo mexido.

Confecção:

Ambos são fáceis. No 1º caso, coze-se o esparguete. Salteia-se a cenoura e os rebentos em azeite até ficarem tenros. Tempera-se de molho de soja (em substituição do sal). Junta-se o esparguete para saltear também.

No 2ºcaso, coze-se o arroz com as ervilhas no cesto da bimby, em água e sal, tempo 20 minutos, velocidade 4, temperatura 100º. Faz-se um ovo mexido na frigideira e esfarela-se com um garfo antes de colocar por cima do arroz já no prato. Quem não é vegetariano pode juntar pedacinhos de fiambre. É o chamado arroz chau chau.

_____________________________________________________

Considerações finais:

A soja que uso são uns nacos mais pequeninos do que o normal, que não são granulado fino.

Esta soja é uma mistura de 2 pratos tipicamente chineses: porco agri-doce e galinha com amêndoas :-))

No 3º dia experimentei comer com pauzinhos e aí sim, pude degustar com pompa e circunstância o "ex-libris". Só neste dia, ao almoço, apesar de ser uma refeição "requentada", foi uma refeição genuinamente chinesa. Só faltou a músiquinha ambiente e os candeeiros vermelhos. Até fiquei com os olhos em bico!!

Vitória vitória, acabou-se a história!!

6 comentários:

  1. Tenho que experimentar parece-me delicioso...ainda não sei temperar bem a soja ...e os miúdos "cortam-se" lol

    ResponderEliminar
  2. Eu cá, fiquei com os olhos em bico com as tuas imagens tentadoras! Gostei da ideia do sumo de ananás natural, das amêndoas que me escaparam, os vinagres de mel e ameixa (que nunca usei).
    Adoro arroz xau-xau, mas neste caso nem sei que pratinho escolhia, são so 2 tão apetitosos...
    Os rebentos de soja deram-me uma ideia para esta FDS. A minha lampadazinha já está cintilar!
    Bjókas***

    ResponderEliminar
  3. As nossas lâmpadazinhas andam mesmo ao rubro! Parecem as luzes da árvore de natal.

    Cá em casa, terminamos hoje o resto de soja agri-doce. Comemos, todos, com pauzinhos. Foi um fartote de rir.

    Próximo post: DICAS de como comer com pauzinhos :-))))

    Samma, a soja agri-doce não precisa de tempero especial. A combinação do ananás com as amêndoas e com o molho dá-lhe sabor.

    Convém, é, demolhar bem a soja para que não fique rija. E espremer-lhe bem a água de demolhar. Depois temperas com o molho de soja. Mai nada!

    ResponderEliminar
  4. Ficou com muito bom aspecto,os vinagres não conheço será que fazem diferença na receita.
    Bjos

    ResponderEliminar
  5. Se for vinagre de cidra não faz diferença.

    Se for vinagre de vinho, penso que já faz. É mais áspero.

    Bjinhos.

    ResponderEliminar
  6. Rute, passo-te o mesmo desafio da Borboleta!
    Mostra lá esse "frederico"! :)

    ResponderEliminar