21 fevereiro 2009

VOL-AU-VENT de SEITAN

Tudo começou com uma 2ªfeira de preguiça que resvalou para um auto-curso de alta cozinha francesa!

Os jantares desta semana terminaram em pratos bastante atractivos a nível visual como este vol-au-vent (e vocês ainda não viram os crepes salgados a publicar amanhã).

Vol-au-vents são caixinhas de massa folhada muito fáceis de construir com massa folhada de compra, 2 aneis de aluminio de diâmetros diferentes e a insubstituível Actifry. É como fazer plasticina na escola :-))

Quanto ao recheio, inventado por mim, requer apenas algumas horas de tempero. Assim como o acompanhamento de cenouras assadas.

INGREDIENTES do acompanhamento:
  • Cenouras descascadas e cortadas;
  • Sal condimentado (quem não tem junta sal com especiarias);
  • Azeite.
INGREDIENTES do recheio:
  • Seitan (250 grs);
  • Alhos ralados;
  • Gengibre ralado;
  • 1 pacote de molho branco (Bechamel).

CONFECÇÃO:

Deixe as cenouras a marinar no sal condimentado e no azeite durante bastante tempo. Bastam 4 horas mas se quiser deixe de um dia para o outro.

Faça o mesmo ao seitan. Deixe a marinar em alho e gengibre ralado durante algum tempo. Bastam 2 horas mas pode deixar 24 horas.

Deve iniciar a preparação da refeição colocando as cenouras na Actifry com um cálice de água, durante 30 minutos. Corte o seitan em tirinhas e reserve até terem decorridos 20 minutos das cenouras. Altura em que adiciona o seitan na Actifry. Passados 10 minutos termina o tempo. Reserva.

Estenda a massa folhada de compra e corte circulos conforme as fotos. Vai precisar de base circular larga e 2 anilhas circulares do mesmo tamanho para cada base. O interior da anilha será a tampa do vol-au-vent.

Lave e seque a Actifry, coloque 1 base com 2 anilhas sobrepostas e leve a assar durante 10 minutos (+/-).

Enquanto isto, confeccionei um molho branco na Bimby mas quem não quiser ter este trabalho utiliza Bechamel de compra (Receita Molho Branco p/2 pessoas: 300 grs leite soja; 20 grs farinha trigo; 15 gr manteiga soja; 1 colher azeite; noz moscada; sal e pimenta - Na bimby, 5 min, temp 90º, vel 4).

Por fim é só montar o prato: Encher os 2 vol-au-vents com as tirinhas de seitan, dispor as cenouras em volta, regar com o molho branco e tapar as caixinhas com os chapeuzinhos redondos de massa folhada :-)).

Acompanhei com um creme de couve flôr e acelgas decorado com croustons de pão duro de milho, feitos na Actifry.

Ulálá! C´est trés bon!!

6 comentários:

  1. Aquele pratinho de cenouras está um must!
    O vol-au-vent dá um certo trabalhito, admiro a tua paciência e destreza!
    Ficaram 2 pratos magníficos!
    Que consolo com aquelea sopinha de acelgas (que nunca provei)!
    Estás apta a abrir o teu próprio restaurante!
    A malta lava a loiça! :)

    ResponderEliminar
  2. O vol-au-vent não dá trabalho nenhum acredita!

    Qto ao meu restaurante, isto é tudo muito divertido mas é porque é pouca quantidade (só para 2 pessoas e tal e coisa...).

    Agora se for para muita gente já é uma obrigação e não um divertimento :-((

    ResponderEliminar
  3. Ai ai Rute estou extasiada com conta coisa boa. Mas assim de repende concordo com a Mary (parece dar muito trabalho).
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Não dá mesmo :-((

    Basta deixar as cenouras e o seitan temperados de vespera.

    E para dar menos trabalho comprem bechamel de pacote.

    Se quiserem que seja mais rápido peçam ajuda ao forno para assarem os vol-au-vent, mas não se esqueçam que a massa folhada precisa de 200º!

    ResponderEliminar
  5. És de facto uma mestre na arte nouvelle cuisine, esta receita vou guardá-la para quando tiver os cortadores (pois é, falta-me sempre alguma coisa, nem sei bem onde adquirí-los, enfim...).
    Acho as tuasobras bem giras para jantares de amigos, tenho duas miguitas a quem quero apresentar um jantar veggie para lamberem os beicinhos! É que só falam em carne! Francesinhas, pr'áqui, bifanas pr'ácolá...vão ver como elas lhe mordem!!!
    E tu miga, pensa em criar uns workshops, olha que farias sucesso! :)

    ResponderEliminar
  6. Os cortadores comprei-os há pouquissimo tempo (foram 3 euros, 3 anilhas).

    Mas com um pouco de imaginação inventas uns cortadores ;-)

    Por exemplo, uma garrafa PET de 1,5 lt e uma garrafa mais pequena de 0,5 lt. Com uma faca afiada cortas 2 anilhas. Chegas a diametros maiores que os meus mas se o vol-au-vent for para um almoço, convém serem maiores mesmo.

    Essa ideia dos workshops não é má... Um workshop sobre massa folhada :-)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar