04 março 2009

FIAMBRES DE SOJA

Fiambres, mortandelas ou rolos de soja, como queiram chamar. Nunca pensei que o resultado fosse este quando pela primeira vez li a receita num livro (sem fotos) de Cozinha Vegetariana que me ofereceram no Natal.

Para dizer a verdade nem atribui grande importância à receita... Mas noutro dia, quando a simpática Sue veio ao meu blog comentar um post e questionou-me acerca do que fazer com a Okara (residuo de feijão de soja que sobra da confecção do leite vegetal caseiro), é que cheguei à conclusão que o Fiambre de Soja era uma excelente receita para a Okara.

Resultado, facultei o texto à Sue, ela testou, adorou e enviou-me fotos da sua experiência culinária. Fiquei super entusiasmada de fazer o mesmo. Aqui está o resultado!

INGREDIENTES:
  • 1 Cebola;
  • 4 dentes de alho;
  • 3 colheres (sopa) azeite;
  • 2 colheres (sopa) de água;
  • 2 chav. feijão de soja cozido (ou okara);
  • 1 chav. arroz cozido;
  • 1 colher (sopa) molho soja;
  • 1/2 chav. molho tomate;
  • 1 colher (chá) levedura cerveja (Eu substitui por queijo parmesão);
  • 1 chav. farinha gluten;
  • sal, pimenta e colorau q.b.

CONFECÇÃO:

Refogado (triturado) de azeite, cebola e alho. Na bimby, 5 minutos, temperatura 100º, velocidade 4.

Juntar 2 colheres de água, feijão (ou okara) e arroz. Reduzir a puré.Acrescentar os restantes ingredientes e misturar bem. Na bimby, retirar a temperatura, programar mais tempo (7min) e manter velocidade 4.

Colocar a mistura em forma e levar a cozer em banho maria. Eu enrolei em pelicula aderente e levei a cozer ao vapor na varoma durante 1 hora, temp Varoma, velocidade 4 (com água no jarro).

Deixe arrefecer e desenforme.Pode servir como fiambre, cortado aos cubos ou fatia-lo para sandes.

Experimentei ainda, assar um destes fiambres durante 10 minutos na Actifry para lhe dar um aspecto de "fumado" (última foto). Ficou com uma capinha rija muito saborosa ;-)

26 comentários:

  1. Oh minha amiga...a tua receita...alto lá com ela...agora já tenho outra utilização para a okara sem ser os hamburguers.És a minha heroína.
    Que tal o sabor?
    Quanto tempo aguenta no frigorífico?
    Dá para congelar?
    Bjocas

    ResponderEliminar
  2. Rute,
    Mais uma para copiar, estou maravilhada...
    Nunca usei farinha gluten, é fácil de encontrar?
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Borboleta,

    o sabor é muito bom. Aliás se quiseres fazer em formato de hamburguer também podes.

    Quanto tempo aguenta no frigorifico não sei porque só fiz ontem.

    Se dá para congelar, penso que sim mas não tentei, nem posso tentar (na pas de congélateur).
    ___________________________________

    Sandra,

    sim a farinha de gluten é fácil de utilizar. É muito utilizada para fazer o seitan caseiro.
    ___________________________________

    Para ambas,

    provem antes de cozer ao vapor. E temperem com o que vos der na gana: ervinhas secas, mostarda, especiarias em pó...

    Nas próximas vezes vou inovar também.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Bom, perante tamanha grandeza, e tendo já as todas as dúvidas esclarecidas, fico-me pela admiração!
    Fz-me lembrar o salame, "salame de soja e cacau" doce, claro...:)

    ResponderEliminar
  5. Ainda não me atrevi a fazer receitas vegetarianas mas ando muito tentada mesmo. Esta então, deve estar uma delícia!

    ResponderEliminar
  6. Mary,

    salame de soja e cacau até é possivel. É só utilizares bolachas de soja ;-)

    Eu estou a pensar fazer um Tiramissú com bolachas de soja.

    ___________________________________

    G,

    vai devagar. Se nunca tentaste receitas vegetarianas, começa por tofú. É um alimento vegetariano mais versátil e que toda a gente facilmente gosta.

    Este fiambre é bom, mas não é igual ao outro fiambre. Nem nada que se pareça.

    Olha, experimenta as salsichas de tofú que são bem identicas.

    Não quero que desistas das refeições vegetarianas à primeira.

    Fala com a Mary que envredou pela Tofulândia há poucos meses ;-)

    ResponderEliminar
  7. Bem...

    Eu infelizmente gosto demasiado de carne e peixe para abdicar completamente deles. Mas já me aventurei em receitas vegan, mas apenas num restaurante que há aqui perto do meu trabalho.

    Hei-de experimentar as salsichas de tofu lá em casa, para o N. provar...

    Beijnhos!

    ResponderEliminar
  8. Claúdia,

    aí é que tá. Ninguém deve abdicar de nada. Fica ao critério de cada um.

    O que se pretende é diversificar a alimentação. Sem abdicar pode introduzir-se alguns alimentos novos na alimentação do dia a dia.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Rute, tu não me espantes ainda mais... não usas congelador??? Está avariado, verdad?
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Não :-)) Há 2 anos que está desligado (por opção própria).

    O meu congelador serve para arrumação de latas, frascos e embalagens vazias, e caixas de ovos.

    Cá em casa utilizamos só frescos e secos. Quando quero algo congelado vou à mercearia da esquina e consumo na altura.

    Comecei a usá-lo pouco quando me tornei vegetariana e depois o espaço vazio no congelador era tanto que resolvi tentar viver sem ele. Resultou e a electricidade baixou considerávelmente.

    ResponderEliminar
  11. Rute,
    Tens um miminho no Iguarias.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Estou sem palavras... com a vida que tenho seria impensável abdicar do meu congelador.
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Finalmente vou comprar os ingredientes que me faltam para fazer este "fiambre". O arroz que utilizas-te era integral?
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Se queres q te diga, já não me lembro :-S

    Mas julgo que utilizei carolino normal (branco).

    Isto porque eu tenho integral, semi-integral e branco biologico.

    Por vezes compro ainda carolino (branco) de produção integrada.

    ResponderEliminar
  15. Uffff, finalmente consegui fazer os fiambres de soja. Ficaram deliciosos, fiz umas pequenas alterações só para dar um paladar mais ao meu gosto. Receita a repetir sem duvida nenhuma.

    ResponderEliminar
  16. Hoje utilizei um dos rolinhos que congelei. Fiz uma receita no forno, triturado com cenouras, massas e queijo ralado. O sabor estava igual, mas para ser novamente utilizado como "fiambre" eu seguia a tua sugestão de "fumá-lo" (salvo seja)- deixei de fumar à 6 anos - deixava-o um bocadinho no forno para ficar com ar de "fumado" :-)
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Rute é só ideias para o okara!!!
    Fiquei super curiosa com esta receita.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Ruthe
    sou do Brazil, e fiquei encantada com as suas receitas de legumes e vegetais, gostaria de lhe enviar algumas receitas que tenho, com vegetais e legumes

    abraços Andreia

    ResponderEliminar
  19. Oi Andreia,

    bem vinda aos meu espaço. Grata pela sua disponibilidade e simpatia. Pode enviar para irstubal@clix.pt.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  20. Olá boa tarde.

    Esta receita realmente despertou bastante a minha curiosidade pela sua utilidade e aspecto.Mas tive algum problema que gostaria de tentar perceber qual: ao confeccionar os fimabres,de acordo c a receita, n obtive o aspecto retratado nas fotos. Ficou,sem duvida um pasta, mas nao tao maleavel como o suposto e os rolos nao ficaram tao compactados, apesar da utilizaçao do papel aderente a envolve-los antes da cozedura em banho maria. Se alguém me poder tentar ajudar qnto a isto agradecia.

    Obrigado

    ResponderEliminar
  21. Olá Ricardo,

    reparei que disse: cozedura em banho maria?

    Eu cozi ao vapor. Será essa a diferença?

    E depois de cozer ao vapor ainda assei um na actifry por 10 minutos para lhe dar um aspecto "fumado".

    De qq forma se o paladar estiver agradável pode utilizar nesta confecção por exemplo:

    http://publicarparapartilhar.blogspot.com/2009/03/quadrados-mistos-folhados.html

    Abraço.

    ResponderEliminar
  22. Olá Rute e obrigado pela resposta.

    Eu na parte do cozer usei a Bimby com a água no recipiente principal e o aplique para cozedura superior para cozedura, creio que a vapor. Dái não entender o porquê do aspecto diferente dos das fotos.

    Vou tentar congeccionar mais e ver se dest vez sai qualquer coisa mais semelhante.

    Abraço

    ResponderEliminar
  23. Ricardo,
    a parte de embrulhar em pelicula aderente antes de cozer a vapor não ficou esquecida pois não?
    Fico a torcer para que dê certo na próxima vez ;)
    Abraço.

    ResponderEliminar
  24. Estive pesquisando na Internet tentando encontrar idéias sobre como obter o meu blog pessoal codificado, o seu atual estilo e tema são maravilhosos. Você código de sua própria ou você contratar um programador para fazê-lo para você pessoalmente?

    ResponderEliminar
  25. Sim, foi tudo personalizado por mim, inclusive a foto de inicio é minha.
    Obrigada por gostar.

    ResponderEliminar
  26. Oi amigão ou amiga, sejas mais objetivo, passe a receita num português que todos entendem.
    tá falado!

    ResponderEliminar