19 março 2009

SCIENTIFIC EXPERIENCE REPORT EPISODE 3:

OBJECTIVE: Bean Sprouts

(Rebentos de soja e 2 aplicações)



Vamos lá chamar os nomes certos aos alimentos! Os rebentos de soja que toda a gente conhece, há venda nos supermercados, são os rebentos de soja verde. Porque a soja de grão amarelo é mais utilizado para fazer leite, tofú, farinha... entre outras utilizações.

Mas há mais! A soja verde na realidade também não existe. O que existe é o feijão mungo, um grão verde mais pequeno do que a soja. É deste feijão que se obtém o rebento de soja.

Resumindo, rebentos de soja, são, rebentos de feijão mungo (moong bean). No entanto, os rebentos de soja de compra são pouco ácidos, enquanto que se tentarmos reproduzir os rebentos em casa, obtemos, rebentos ácidos. Porquê? Porque para o rebento ficar totalmente branco e perder a acidez, tem de germinar em completa escuridão. Caso contrário a luz vai favorecer a clorofila e gerar côr.

Os meus rebentos de soja tinham um amargo médio. Mais acentuado nos ovos mexidos com rebentos do que na salada de grão com rebentos escaldados. Porque eu tapei o germinador Easygreen com uma toalha escura. Mas não totalmente.

O feijão mungo esteve a demolhar durante 5 horas em água purificada. Depois foi depositado no tabuleiro do easygreen e demorou cerca de 7 dias a germinar.

OVOS MEXIDOS COM REBENTOS DE SOJA:

Saltear os rebentos numa frigideira com azeite e sal. Bater 3 ovos, juntar aos rebentos já cozinhados mas ainda parcialmente estaladiços.

Servir com arroz branco, tomate às fatias e salsa picada.

SALADA DE GRÃO COM REBENTOS DE SOJA:

O grão tinha sido cozido no forno solar uns dias antes. Aguardava no frigorifico.

Os rebentos de soja foram escaldados em água e açúcar, para retirar acidez.

No prato colocar o grão, depois os rebentos cozidos, pimento vermelho crú, salsa picada fresca e queijo fresco. Temperar com azeite, vinagre, sal e pimenta.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Ao cozinhar os rebentos tenho consciência que houve perda de beneficios, mas de qualquer forma mais vale comer rebentos de soja cozinhados do que não comer de todo.

Ao cozinhar matamos a maior parte das enzimas e na água fica grande parte das vitaminas. O ideal seria consumir os rebentos crús ou então cozê-los a vapor.

Vitaminas hidrossolúveis, aqui.

23 comentários:

  1. Tá visto que não percebo nada de soja ...olha preciso de te perguntar uma coisa...tens mail ?

    ResponderEliminar
  2. Já enviei correio para ti ;-)

    Hoje já ficaste a perceber mais um bocadinho de soja, ou não?

    ResponderEliminar
  3. Rute, quando quiseres podes convidar-me para um piquenique de "rebentos"!

    ResponderEliminar
  4. Olha que engraçado, estáva eu a comentar no teu blog e tu a comentares no meu :-)))

    Piquenique adoro. É melhor combinarmos em Sintra. No Parque de Monserrate, tem mesinhas e tudo.

    ResponderEliminar
  5. Rute, vivendo e aprendendo.
    O teu blog é uma enciclopédia de alimental natural.
    E eu a pensar que nunca tinha comido moong bean. :) :)

    ResponderEliminar
  6. Gasparzinha, não és a única a pensar assim. Eu também pensava que nunca tinha comido feijão moong.

    Graças ao germinador é que me aventurei nestas pesquisas. Estou a amar descobrir estas novidades.

    ResponderEliminar
  7. Vivendo e aprendendo.
    Este blog é uma enciclopédia de coisinhas saudáveis :D

    ResponderEliminar
  8. Muita saúde por aqui, é verdade.

    Gasto algum dinheiro em máquinas mas pelo menos não gasto na farmácia :-))

    Manuela, se, forno solar é uma novidade para ti, clicka na etiqueta "Forno Solar/Solar Oven" no partilhar por tema da coluna da direita. Tens lá toda a saga.

    ResponderEliminar
  9. Quando fizerem o pique-nique façam favor de me convidar porque a quinta fica perto da Sintra... Prometo que levo bolos... lol, e posso levar-te uma estacazinha de physalis!

    ResponderEliminar
  10. Eu acho que estes rebentos não geram só vida dentro da estufa!

    Geram também vida e relações humanos no blog :-)

    Sandra e Suzi para quando é mesmo esse picnic????

    Muito obrigada pela estaca de physalis!!! Fiquei toda contente com a oferta!

    ResponderEliminar
  11. Obrigada pelo chapéu, dá sempre jeito hehe :D

    ResponderEliminar
  12. Então, nós comemos rebentinhos de soja monga, e aquele feijão de soja amarelo, seco e duro de roer (do qual tenho umas receitinhas todas cool), é só para leite e tofu...
    E esse feijãozinho mongo só serve para rebentos? :)

    ResponderEliminar
  13. Obrigada pelo selinho.
    Um chapéu com este sol dá mesmo jeito e, como este até é grande, ainda faço lá dentro um forno solar! :) :) :)

    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  14. Mary,

    há de facto receitas com feijão de soja amarelo, mas segundo consta não é muito saboroso.

    No entanto, o feijão depois de nos dar o leite e por sua vez o tofú, resulta na Okara = puré de feijão e que pode servir para pão e hamburgueres de soja.

    Bom e há ainda a farinha de soja que é do feijão amarelo.

    Hummm parece que vou alterar um niquinho o meu texto...pois da forma que escrevi parece que a soja não dá pra mai nada :-((

    ResponderEliminar
  15. Já alterei o texto :-))

    Agora em relação ao feijão mungo, a chamada soja verde dá para fazer tudo o que um feijão dá.

    Inclusive existem uns pacotes de soja congelada que são para cozinhar. Já viste nos supermercados?

    Mas, quanto aos rebentos, o que eu li é que rebentos de soja, só mesmo de feijão mungo.

    ResponderEliminar
  16. Pois, eu tenho feijão de soja amarelo seco, já fiz sopa e vou fazer um doce com ele (é um bocadinho duro, e demolhou uma eternidade)! Mas agrada-me...
    O verde acho que já vi por aqui num blog...mas hei-de reparar nos congelados dos hipers...
    Então, é preferível usar o verde em termos nutricionais? (mas olha que as revistas veggies têm muita receita com o yellow!)
    Adorei esta aula, Rute...excelente serviço público! :)

    ResponderEliminar
  17. Amiga, vou transcrever o que diz nos pacotes que aqui tenho.
    ___________________________________

    Composição Nutricional por 100 gr (Soja amarela):

    Valor energético - 413 kcal
    Proteinas - 38 gr
    Lípidos - 20 gr
    Hidratos de Carbono - 22 gr
    Vitaminas e Minerais (tens de procurar)
    ___________________________________

    Composição Nutricional por 100 gr (Soja verde):

    Valor energético - 347 kcal
    Proteinas - 23,8 gr
    Lípidos - 1,2 gr
    Hidratos de Carbono - 46,3 gr
    Vitaminas e Minerais (tens de procurar)
    ___________________________________

    No entanto, a comparação pode NÃO ser importante. Cada tipo de feijão vale por si próprio.

    No contexto dos rebentos, que é o contexto deste artigo, tu podes germinar qualquer tipo de feijão no entanto por algum motivo, que desconheço, o mercado optou por escolher os rebentos de feijão mungo para comercializar, dando-lhe o nome de rebentos de soja.

    Suponho que a preferência relacione-se com o facto do feijão mungo germinar rápido, ser de cozedura fácil e textura macia, sabor suave e doce semelhante às ervilhas.

    Acho que já li qq coisa sobre o facto dos rebentos de soja amarela serem super amargos e fibrosos, de dificil digestão em crús. Dai que, talvez, se tenha generalizado os rebentos mungo pois é mais fácil as pessoas gostarem deles.

    O feijão amarelo é super proteíco comparado com outros feijões, dai fazer-se leite e derivados dele. Assim como se faz a soja texturizada do feijão amarelo. Mas será aconselhavel sobrecarregar uma refeição com proteína?

    Por exemplo, numa feijoada de tofú, mesmo que vegetariana, que coloques chouriço de soja, farinheira de soja, salsichas e tofú, será aconselhável juntar grão de soja amarelo?

    Na minha opinião não. É preferivel optares por um feijão menos rico em proteína, lípidos e hidratos de carbono.

    Mas as revistas não ligam muito a este cuidado. O que interessa é utilizar alimentos pouco usuais, pratos que dêem lindas fotos e que aos não vegetarianos dêem a sensação que não vão ficar com fome ou desnutridos.

    Cabe-nos a nós fazer escolhas e utilizar alternativas correctas apesar de tirarmos ideias nas revistas.

    Mas eu não quero que fiquem com a sensação que eu tenho a mania que sei tudo! Como sou muito curiosa, pesquiso muito e aos poucos vou evoluindo. Há pessoas muito mais evoluidas do que eu e é nos blogs/sites delas/deles que eu vou beber informação.

    Por vezes tem a ver com a nossa idade, sermos mais velhos uns do que os outros. Outras vezes tem a ver com o estar mais alerta e experimentar mais inovações. É só isso.

    Se publico aqui é para partilhar, e NUNCA para me exibir.

    Beijinhos querida. Sempre às ordens para "serviço público" LOLOLOL

    ResponderEliminar
  18. A vida é tão cruel...então terei de optar por um ou outro...
    O verde tem menos calorias, mas tem mais hidratos de carbono...acho que vou ter sempre dos dois em casa (quando descobrir o verdinho, claro), e alternar o seu consumo...
    Muchas gracias muchacha! :)

    ResponderEliminar
  19. Sempre pensei que os rebentos de soja fossem de soja, ainda bem que dizes que não são. Também já usei os de alfafa, mas achei-os amargos, realmente eram verdes. O feijão moong comprei para encher um frasco de leguminosas para decoração, não sabia eu que dariam os "rebentos de soja".

    ResponderEliminar
  20. Infelizmente é mesmo assim, a vida é feita de escolhas e caminhos :-(

    Mary, deste-me ideia de comparar todos os feijões que conheço. Fazer uma tabela comparativa de feijões (eh eh eh até parece que eu não tenho mai nada pra fazer LOL).

    Pão, Bolos e Cia, os meus rebentos caseiros de alfafa não ficaram nada amargos. Talvez pela toalha escura em cima do germinador.

    Quanto aos feijões mungo de decoração, proponho o seguinte, só por brincadeira tenta germiná-los artesanalmente. Demolhas e deixas ficar sem água num pote de boca larga, com uma rede por cima.

    Na internet tens várias imagens. É tão giro vê-los germinar :-))

    ResponderEliminar
  21. Bem...

    Rute, és uma enciclopédia no que diz respeito a alimentação vegetariana!

    Fazeres uma tabela de propriedades dos feijões... :P

    Acho muito engraçado o teu gosto e dom para com tudo o que envolva cultivo, e produção de alimentos!

    Sinto o teu entusiasmo que colocas nos diferentes posts e é bom ver alguém feliz com o que faz.

    Eu gosto de comer os vegetais caseiros, mas não me metam numa horta a tratar deles... Não tenho apetência para estar no campo.

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  22. Eh eh eh, uma tabela nutricional de feijões, hei-de fazer só não sei quando :-))

    Cada maluco...sua mania!
    Até mais.

    ResponderEliminar