26 abril 2009

IOGURTES DE SOJA SOLARES MULTI SABORES

IOGURTE DE BANANA, LARANJA E BOLACHA

E

IOGURTE DE LIMA E CÔCO


ARTIGO RELACIONADO:

Como Fazer Iogurte Soja no Forno Solar

Quem quiser acompanhar a novela dos iogurtes de soja deve clickar o artigo relacionado, por favor, pois hoje não vou explicar os primordios desta descoberta, vou apenas publicar 2 receitas.

Porém, tudo tem uma causa e desta vez o que me motivou a enveredar pelo caminho dos multi sabores foi o desafio da Gasparzinha do blog
No Soup For U. Não é que a moça chega-me aqui aos comentários e "diz-me" assim: Ai com agar-agar, não vale, é batota!

Bem...não me aguentei ! Senti-me desafiada! Batota!!! Ai é! Então vou-te mostrar que consigo fazer iogurte sem agar-agar, sem leite em pó, só no arame, sem rede nem nada :-)) Isto digo agora porque já sei o resultado. Eh eh eh, amiga Gasparzinha aqui tens os meus iogurtes sem leite em pó e sem agar-agar. Ora bê lá.

Antes de ir aos ingredientes e etc, vou só desvendar a fonte de inspiração das minhas invenções. Baseei-me no iogurte (de vaca) com banana, laranja e bolacha que vi neste artigo da
Sandra e no iogurte (de vaca) de limão e côco da Garparzinha.

INGREDIENTES:

IOGURTE SOJA DE BANANA, LARANJA E BOLACHA:
  • 80 gr Bolacha Maria;
  • 1 Banana grande;
  • Sumo de 1/2 laranja;
  • 40 gr Frutose;
  • 1 litro de leite Soja natural (sem aroma);
  • 3 colheres (sopa) de iogurte caseiro natural.
IOGURTES SOJA DE LIMA E CÔCO:
  • 1 litro de leite Soja natural (sem aroma);
  • Cascas de 1 lima biologica inteira;
  • 2 colheres (sopa) côco ralado;
  • 1 colher (sobremesa) Frutose;
  • 3 colheres (sopa) de iogurte caseiro natural.

CONFECÇÃO:

IOGURTE BANANA, LARANJA E BOLACHA:

Pulverize a bolacha durante 10 Seg / Vel 9. Reserve
Coloque no copo a banana, o sumo de laranja, a frutose e triture 5 Seg / Vel 7
Programe 8 Min. / Varoma / Vel 1
Deixe arrefecer
Junte 500 g. leite, a bolacha e programe 1 Min / Vel 7
Adicione o restante leite e programe 4 Min / 50 º / Vel. 4
Adicione o iogurte e misture na vel 4, sem temperatura.
Terminado o tempo distribua por frascos, abafe com uma manta polar ou saco térmico, dentro do forno solar, durante 8 horas.

Nota: O forno solar esteve a aquecer à tarde, ao sol. À noite estava morno servindo assim de estufa ao iogurte.

IOGURTE DE LIMA E CÔCO:

Este é muito fácil e delicioso. Basta ferver o leite de soja com a casca da lima. De seguida, apague e deixe arrefecer um bocadinho. Entretanto, verifique se a temperatura não está acima dos 40º, colocando e suportando o dedo dentro do leite. Assim sendo, junte a frutose e o iogurte, misture bem, distribua em frascos e junte aos outros iogurtes já dentro do forno solar.

DADO NÃO MENOS IMPORTANTE: Escaldei os frascos com a água fervida antes de deitar o preparado. Por um lado para esterilizar, por outro lado para evitar que o vidro frio arrefecesse permaturamente o preparado morno.

Estou a adorar esta minha estufa de iogurtes porque posso fazer uma quantidade enorme de iogurte duma vez só, sem gasto de energia. Desta vez fiz 2 litros mas o forno solar concerteza que leva à vontade 5 litros! Uma vez que é relativamente alto, posso utilizar qualquer frasco. Como tenho cá carradas de frascos, altos, baixos, gordos, estreitos, vou reutilizando os diversos frascos que se vai comprando de salsichas, de polpa de tomate, etc etc...

Estes iogurtes ficaram-me ainda mais baratos do que os do artigo relacionado pois não utilizei o fermento de iogurte mas sim, parte do iogurte confeccionado anteriormente ;-) O iogurte confeccionado pode ser utilizado até 20 vezes. Depois disto perde a força. Porém julgo que só se pode reutilizar iogurte natural.

10 comentários:

  1. bem minha querida rute, estás sempre a inovar, fiquei espantada com os iogurtes no forno solar!!! a minha mãe costuma fazer iogurtes na iogurteira, essas invenções nunca eu tinha visto.....

    beijinhos

    raquel MG

    ResponderEliminar
  2. Estou a ter alguma dificuldade em convencer os meus piolhos a comer iogurtes pouco doces (é o hábito em comer os iogurtes industrializados)...
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. E Uma mulher chega aqui e la ve mais uma inovação!!!
    E tu eras lá capaz de nao te desafiares a ti propria!!! Mas ja que tu te "picas" com os desafios...arranja-me la tu uma receita "Bué de doce para iogurtes de iogurteira, electrica!!!Mas com uma condiçao...CHOCOLATE!! Foi o ultimo pedido la em casa...
    BJs

    ResponderEliminar
  4. É esta troca de experiências e saberes que torna a partilha na blogosfera tão rica!
    Minha cara Indiana Jones da culinária, parabéns!!
    Que iogurtes fantásticos. E saudáveis. :) :) :)

    Já fiz os de banana usando maçã e confesso que ainda gostei mais, e os de limão e coco são dos meus preferidos.
    Imagino o que virá por aí...

    A "moça" aqui aplaude e faz a vénia a estes iogurtes 100% naturais - amigos da Natureza!
    :)
    Parabéns. :) :)

    ResponderEliminar
  5. Ando a ficar roídinha com estas novidades, lembro-me de ver a minha mãe fazer iogurtes em casa numa panela que ficava de noite embrulhada num cobertor. Não sei se não me irei aventurar!!! É uma época difícil para isso mas estou a adorar esta tua novela! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Muy sabroso y artesanal, me encanta, seguro que es todo una delicia para el paladar.
    Rute, yo participé en el día vermelho, con "mis tomates al cachondeo", pero se te ha pasado ponerlo en tu blog. Besos

    ResponderEliminar
  7. Very nice, e ficaram bem consistentes :) Quando for grande quero um forno solar! Tenho é que ir viver para aí... o tempo aqui está horrível!

    ResponderEliminar
  8. Posso ser tua cobaia provadora? :)

    ResponderEliminar
  9. Eh eh Borboleta, no arame, no arame mas correu bem. Ouviste o rufar dos tambores na parte da espera...

    Raquel!!! Há qtos séculos não recebia um comentário teu! Vai pedir à tua mãe que faça destes?

    Sandra, no 1ºdia que a m/filha provou estes de banana,laranja e bolacha tive de pôr uma colherzinha de açúcar integral para ela ver que eram doces. Nos dias seguintes ela tem comido sem açúcar mas com bolacha partida como topping. Têm sido os seus pequenos almoços e lanches.

    Marina, ainda bem que já descobriste o blog da Gasparzinha pois ela tem lá iogurte de chocolate. Experimenta.

    Gasparzinha, já andei no forúm a ver o artigo do iogurte de banana, laranja e bolacha, transformado em iogurte de maçã, laranja e bolacha. Gostei da ideia. Inclusive porque lá vocês falam em encontrar fiozinhos da maçã no iogurte e dela ser utilizada com casca. Fantástico!

    Suzi, aventura-te a confeccionar da maneira tradicional, dentro da panela. Ia ser um grande sucesso aqui nos blogs. Vou picar-te: vá, vá, vá, faz lá! Atreve-te!

    Anna, no, no me ha pasado. És a 16ª foto! Está lá desde o dia vermelho. O paladar está magnifico. A minha preferência vai para o de lima e côco.

    Ameixinha, o tempo por cá também não tá famoso mas também não está terrivel. Ontem deu para aquecer o forno com o pouco sol que houve e esta noite fiz mais experiências de iogurte. Ficaram óptimo, novamente!

    Querida Mary, é claro que podes mas moras tão longe... Tu que és toda engenhocas porque não tentas fazer os iogurtes da maneira artesanal? Dentro de uma panela quente enrolada num cobertor durante 8 horas???

    Beijinhos a todas. Até breve.
    Vou tentar postar logo à noite.

    ResponderEliminar