19 maio 2009

COMPOTA DE CEREJAS COM PASSAS DE UVA E CRAVINHO

Isto é o que eu chamo "casar o pobre com o rico". As cerejas super caras, as passas super baratas, ajudam-se mutuamente para conseguirem uma compota fora de série.
O papel das pássas neste doce é importantissimo. Em primeiro lugar, ajudam a aumentar quantidade de doce. Em segundo lugar, absorvem liquido porque são uvas desidratadas (do meu terreno da aldeia) dando corpo à compota. Em terceiro lugar, todos os frutos desidratados têm superior quantidade de açúcares (frutose) pelo que substituem parte do açúcar que geralmente se põe neste tipo de receitas.
INGREDIENTES:
  • 1 Kg de Cerejas (se forem oferecidas como as minhas, ainda melhor);
  • 1 "mão" de passas de uvas biologicas;
  • 300 gr de açúcar integral de cana (mascavado claro);
  • Casca de 1 laranja biologica;
  • 1 colher (café) de cravinho em pó;
  • 1 pau de canela partido;
  • 1 colher (sobremesa) agar-agar.
CONFECÇÃO:
Corte as cerejas ao meio e à medida que lhes retira os caroços, deite para dentro da cuba da MFP. Não convém colocar num recipiente intermedio (vai perder liquido).
Quando terminar o quilo das cerejas, deite as passas por cima, as especiarias, o açúcar e as cascas da laranja. Programe a MFP no programa JAM (Doce/Compota). Na minha MFP demora 1:30.
Findo o tempo, junte a colher de agar-agar, mexa e deixe a cuba dentro da MFP, desligada, durante uns 20 minutos. Após isto retire a cuba para fora e deixe arrefecer até o liquido engrossar, ou seja, até a agar-agar fazer efeito. Ela só faz efeito quando fria.

29 comentários:

  1. Óptimo aspecto, deve estar delicioso.
    És uma super mulher, parabéns.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  2. Acho que nunca vou conseguir fazer dice de cerejas aqui em casa, a não ser que chegue alguma carregamento inesperado e mesmo assim teria ques as econder. O meu marido devora-as em três tempos..
    Mas acho que vou comprar e escondê-las logo na mfp que assim não há fuga possível!
    Ahh! Além do doce esse "naperon" de cerejas ficou lindo! ; )
    beijocas

    ResponderEliminar
  3. Esse doce deve estar uma delícia, para além de adorar doces também gosto muito quando são de frutos vermelhos! E o cravinho dá-lhe o teu toque sempre muito especial! Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Já somos duas, a esta hora acho que jantava outra vez.. Vou mas é dormir. Boa noite pra ti também! **

    ResponderEliminar
  5. O outro comentário tinha erros, sabes que a esta hora já tenhos os olhos trocados...Rezava o seguinte:
    Andas numa de bordadeira e lambareira! hehehe
    Eu adorava que alguém me oferecesse cerejas (vá lá minha gente, juro que sou bom rapariguinha!), mas acho que as devorava antes de fazer o doce...adoro-as, às vezes com a sofreguidão até me esqueço de lhes tirar o caroço! Marcha tudo, hehehe:)
    Esta receita é muito interessante, vou magicar algo, logo te darei feedback...

    ResponderEliminar
  6. Epah isto não vale! Ja hoje comentei uma compota de cerejas num outro blog e fiquei com agua na boca! Olha agua na boca novamente!!

    So me resta esperar pela fartura de cerejas ( com o preço mais baixo ehhehe).

    Adorei amiga, mesmo :)

    ResponderEliminar
  7. Que belo doce! Será um para fazer, quando tiver muitas cerejas :D bjinhos

    ResponderEliminar
  8. Bom dia comentadoras :-))

    Vocês ficam com água na boca de ver as imagens, eu ainda venho, para aqui, da mesa de pequeno almoço com compota na boca LOLOLOL

    Tá muito boa sim senhora. Recomendo sem sombra de dúvida.

    Comi esta compota em cima duma torrada de pão de alfarroba, com manteiga e compota. Parecia cheesecake de chocolate e cereja.

    Beijinhos e um bom dia de trabalho para todas.

    ResponderEliminar
  9. Uau..muito bom aspecto sim senhora...mas amiga Rute eu so vejo é doces e mais doces....e não te encontro naquele lugar, para queimar as calorias!!!
    Ai a malandra!!!
    Bjs e bom trabalho para ti tambem!

    ResponderEliminar
  10. Amiga Marina,

    não me encontras porque se calhar não vais lá :-))

    ih ih ih mentirinha. Eu só fui na sexta feira passada. E levei uma "coça" tão grande que fiquei com dores até 2ªf.

    Foi o dia dos elasticos!

    ResponderEliminar
  11. Rute, adorei o teu doce!
    Realmente foi mais complicado que o meu de fazer, pois tirar os caroços um a um é trabalho para um bom bocado!
    Mas também acho que vale a pena.
    Reparei que utilizas a agar-agar para dar consistência, eu não utilizei nada mais que as cerejas e o açúcar e ficou óptimo, com uma consistência excelente.
    Penso que os doces feitos na Bimby ficam com muito melhor consistência, pois são mais apurados.
    Experimenta e depois diz-me o que achas.

    Queres trocar um frasquinho??? Eh, eh, eh!!!

    ResponderEliminar
  12. Por acaso não era má ideia, trocar um frasquinho :-))

    Bom, mas vou fazer o que dizes, experimentar fazer o doce na BB.

    Já tenho feito outros doces na BB e gosto mais deles na MFP mas pode ser que com as cerejas seja diferente.

    Beijinhos e obrigada!

    ResponderEliminar
  13. Rute,
    Mais uma delicia.Igual às que sempre fazes.
    Quando posso,me descolocar nesta altura,até á zona de Fundão.

    Tenho familiares,por lá.A tia do meu marido que vive lá e onde tem uma quinta,ou seja minha tia tb, que é da zona onde há a melhor,cereja do País.

    Fundão Alpedrinha,Castelo Novo
    toda essa zona.
    A tia,já sabe que quando vamos lá leva uma razia:)é só subir ás arvores,apanhar e comer,nem precisa lavar:) e que belas cerejas,rijas vermelhinhas.

    Por vezes as primas,quando vao visitar a mãe,lá trazem umas cerejas.
    Mas para o doce teria que ser muitas caixas delas:)

    bjs

    ResponderEliminar
  14. Ai meu Deus! Subir às árvores e comer directamente de lá, não é para todos! Só para os sortudos!

    Bem, esperemos que este ano haja muito cereja. Pois há alguns anos a esta parte que as pobres coitadas levaram sumisso ou então estão tão cáras que ninguém lhes consegue chegar.

    A mim, se não me derem mais, também dificilmente comprarei a 6 euros o kilo! Chiça! Até doi.

    Olha, se quiseres companhia para ir apanhar cereja, telefona-me :-) ih ih ih bjinhos.

    ResponderEliminar
  15. Ó gaja boa, que te deu para colocares acento em "passas" e em "caras"? Os açúcares já te andam a fazer mal he he
    Gostei dessa de juntar agar-agar :)

    ResponderEliminar
  16. Ó pá, sito é um problema com os acentos. Sempre pequei por excesso.

    Já não é a primeira vez que quando na dúvida, prefiro pôr a mais do que a menos.

    Vou corrigir. Obrigada!

    ResponderEliminar
  17. Eu é que não aprecio passas e mesmo cerejas, mais ou menos, mas a cor é tão linda que apetece ir lá com o dedo!!
    :)

    ResponderEliminar
  18. Já estou a imaginar como deve ser delicioso este doce...a cor é magnífica e depois cerejas...nham nham :)

    ResponderEliminar
  19. Ai mais cerejas!!!... já não posso, com a água na boca! No Pés Na Relva hoje a Pequete tinha cerejas colhidas por eles directamente da árvore... e agora tu! É a minha fruta preferida, sou capaz de comer uma caixa de cerejas, sem enjoar :)
    E os doces caseiros também são a minha perdição (o meu preferido é o deoce de tomate e a seguir o de melão... em cima de manteiga, também, claro! :) )
    Também uso essa técnica das passas, por exemplo, para cozer maçãs (em vez de usar açúcar, cozo passas juntamente, fica delicioso, e se misturar umas castanhas, cozidinhas também juntamente, é um manjar dos deuses!)
    Beijinhos, cozinheira da Nova Era!
    Isabel

    ResponderEliminar
  20. Ups! Em cima de manteiga de soja, note-se... ;)

    ResponderEliminar
  21. Isto é bom demais :)
    Uma combinação excelente para um resultado fantástico. Tenho que experimentar.
    Beijocas
    Moira

    ResponderEliminar
  22. Isabel...doce de melão nunca fiz!

    Também nunca misturei castanhas no puré de maçã...

    Está-se sempre a aprender. Obrigada pela partilha!

    Obrigada às outras meninas todas pelos comentários. Beijoka!

    ResponderEliminar
  23. Ai que coisa boa! Adoro cerejas, mas por cá quando aparecem à venda são caríssimas. E aqui ninguém oferece, porque não há :(

    ResponderEliminar
  24. Olá Rute

    Finalmente arranjei tempo para vir aqui fora dos dias da cor :))

    E já vi tanta coisa apetitosa que nem sei para onde me virar... mas como ADOOORO cerejas, resolvi ficar já por aqui.
    Nunca fiz compota, pq elas nunca sobram... é engraçado, desde miúda que sempre sonhei ter um quintal onde não podia faltar uma cerejeira. Quem sabe um dia tenho excedente de cerejas, e aproveito.
    Bjs

    ResponderEliminar
  25. Claúdia também adorava ter uma cerejeira. Desde pequena que as árvores que eu mais gostava de desenhar eram aquelas carregadinhas de "brincos" de cereja :-))

    Já estou como tu, talvez um dia plante uma cerejeira lá na aldeia.

    Manuela, as cerejas estão mesmo inalcansaveis. Ainda gostava de perceber porque. Será que as poucas que há destinam-se à exportação??

    Bjokas.

    ResponderEliminar
  26. Lá para 5ª feira...
    Feedback dado!

    (mas o quê? que se passa? que fizeste? Conta, conta...Surprise, surprise!)

    ResponderEliminar
  27. Ai ai tou perdida!?

    Em que contexto estás!? conto o quê?

    ResponderEliminar
  28. Pois é, miguinha Rute,
    tive que vir admirar mais uma receita tua! Adorei a junção dos ingredientes, deve resultar numa compota muito rica em sabor! Vou guardar esta para o tempo das cerejas! A de abóbora vai marchar esta semana, pois minha mãe fornece-me em quantidades abundantes!! Estou em pulgas para estrear a função doces na minha máquina de fazer pão, vamos lá ver como corre a experiência. Depois venho contar-te! Feliz dia que te "conheci" Amiga!
    Beijinho do tamanho do mundo!

    ResponderEliminar
  29. Obrigada :)
    Então vai lá estrear a função doces da MFP. Depois digo-te que outras coisas podes fazer com a bichinha :)
    Por acaso tenho uma experiência para pôr em prática com a MFP. Tá na hora!
    Beijuuuuuuuuuuuuuus.

    ResponderEliminar