23 maio 2009

FALAFEL DE GRÃO E FAVA COM ARROZ ÁRABE

Tinha-me cruzado com o Falafel em Fevereiro no blog da Isabelocas (Pantagruela). E nessa altura ainda julgava que Falafel e Hummus eram a mesma iguaria. Mas não! Falafel é feito com grão de bico crú e Hummus é feito com grão cozido.

Mais tarde relembrei-me do Falafel quando a Gasparzinha publicou a sua receita original de
Falafel com courgette. Mas foi o Falafel de Favas da Pimenta Verde que um par de dias mais tarde, conquistou-me por completo.

Não é que os outros não sejam bons e originais, mas courgette eu uso constantemente e fava, são poucas as receitas. Até porque o "mirido" odeia favas!!! O que vale é que ele não sabia o que estáva dentro dos pasteis e comeu com satisfação, aprovando a 100%.

INGREDIENTES:
  • 1 cebola pequena;
  • 3 dentes de alho;
  • 250 gr de grão previamente demolhado;
  • 150 gr de favas frescas;
  • Azeite q.b.;
  • Sumo de 1 limão pequeno;
  • 2 colheres de sopa de molho de soja;
  • 2 colheres (sopa) de coentros picados;
  • 3 folhas de menta picada;
  • 4 pézinhos de cebolinho picado;
  • 1 folha comprida picada de alho ou cebola*;
  • 3 colheres (café) de cominhos em pó;
  • 1 colher (café) de coentros em pó;
  • sal e pimenta preta q. b. (cuidado com o sal pois o molho de soja já "salga")
  • Sementes de sésamo.

CONFECÇÃO:

No copo da Bimby coloque: a cebola cortada, os alhos descascados, o grão demolhado de 1 dia para o outro, as favas frescas, os liquidos, as aromáticas, e os temperos. Triture 1 minuto na velocidade 8, sem temperatura.

Faça baixar os residuos com a espátula e depois volte a triturar durante mais 1 a 2 minutos até conseguir um paté sem residuos.

Leve ao frigorifico durante pelo menos 30 minutos. Após este tempo, molde pasteis com 2 colheres de sobremesa e leve à Actifry, pulverizada previamente com óleo de milho (ou outro). Pulverize também os pasteis depois de colocados na forma da Actifry.

Enquanto os falafel simples assam, prepare outros falafel com sementes de sesamo. Molde da mesma forma, e deposite-os num prato com as sementes. Coloque sementes em cima e molde-os no formato de bolinha achatada. Isto porque a massa não é muito sólida.

INGREDIENTES DO ARROZ ÁRABE:

  • 2 colheres (sopa) óleo de girassol (ou outro óleo);
  • 1 copo de arroz carolino biologico;
  • 1 chávena de café de amendoim crú com casca (sem ser torrado e sem sal);
  • 1 chávena de passas de uva biologicas;
  • 1 colher (café) de açafrão;
  • água a cobrir.

CONFECÇÃO:

Num tacho anti-aderente frite o arroz no óleo, junte o amendoim crú e o açafrão. Quando o arroz estiver vidrado, junte as passas. Deite a água já a ferver. Tape e deixe cozinhar em lume minimo tapado.

Nos meus tachos AMC, só preciso colocar água a cobrir ao de leve o arroz. Depois espero que chegue ao ponto de fervura (tem indicador na tampa), após o qual apago o lume e deixo a cozinhar já sem gás. Têm fundo térmico, mantêm o calor.

Quando destapo é só separar com um garfo e colocar sal fino, a gosto.

*Como tenho alhos plantados na minha horta de varanda gosto muito de colocar a folha do alho (ou da cebola) nos cozinhados. É uma óptima aromática e deste modo não se perde esta preciosidade. Assemelha-se à folha comprida do alho francês (isto para quem nunca viu).

13 comentários:

  1. Pois eu ainda gostei mais destes do que dos que fiz!
    Adorei a utilização das favas. :)
    Eh, eh.

    ResponderEliminar
  2. Rute, nunca comi falafel, nem fava!
    Hummus comi apenas uma vez e não chegou a me agradar..., mas aquele seu verdinho ficou um arraso e provaria com gosto!
    Engraçado que gosto de grão-de-bico. Acho que está na hora de acabar com a cisma em experimentar esses pratos.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Gasparzinha, entretanto, já depois de publicar andei na pesquisar internetica e descobri Falafel de grão crú com batata crua.

    Bom, como deves calcular, não parei mais de pensar, imaginei Falafel de tudo e mais alguma coisa. A facilidade de juntar tudo crú no liquidificador e depois ser só moldar e assar fazem destes pasteis, sem ovos, um prato rápido e espetacular.

    Gina, a fava tem um gosto muito particular mas no Falafel quase não se nota. Julgo que é uma óptima receita para você se iniciar na fava.

    Noutras receitas de Falafel de grão e fava, utiliza-se a fava seca em vez de fava fresca. A fava seca é demolhada juntamente com o grão, de um dia para o outro, e depois é só triturar.

    Quero deixar aqui um à parte:

    O meu grão foi demolhado como falei mas depois deixei 2 dias a germinar ao ar. Assim o grão aumentou seu poder nutritivo. Para germinar grão não precisa de germinador. Basta deixar sem água e refrescar 1 vez por dia.

    ResponderEliminar
  4. Realmente com favas nunca comi. Mas vou experimentar depois conto como ficou. :))

    ResponderEliminar
  5. Aposto que gosto de todos, inclusivé do arroz! (ha, boquinha santa!)...

    ResponderEliminar
  6. Ai ai ai, eu nunca comi falafel nem hummus e adoro grão de bico. Não sei quando me vou atrever mas também tenho uma paixão por favas :)

    ResponderEliminar
  7. Mas que bela ideia amiga...sai já uma remessa (como dizem os algarvios) aqui para o nosso jantarinho faz favor...

    ResponderEliminar
  8. Desconhecia, pela combinação de sabores deve ser muito bom sim!

    E arroz arabe ja se sabe... seja pinhão, amendoim, amendoa... é sempre muito bom!

    ResponderEliminar
  9. Até eu ando intrigada com esse falafel e humus e não sou nada fã de grão hehe o aspecto é convidativo :-)

    ResponderEliminar
  10. Também fizeste o falafel com formato de pastel de bacalhau... Gosto muito de falafel! Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Não conhecia falafel com favas, mas pelo o aspecto parece bom.
    Fiz 2 vezes como é frito evito, mas com Actifry sempre ficam mais saúdaveis.
    Bjos

    ResponderEliminar
  12. Olá,

    gosto quando cozinho algo para alguém que diz que não gosta dum ingrediente com esse ingrediente sem ela saber e depois a pessoa diz que adorou a receita!
    às vezes são apenas preconceitos, como vegetariana passo a vida a ouvir "não gosto de tofu e soja!" mas depois adoram a comida.
    Tenho de experimentar com o teu molho da próxima vez que fizer.
    bjs

    ResponderEliminar
  13. Obrigada a todas pela visita e pelos comentários.

    Pimenta, cá em casa o facto de ele não gostar de favas não é esquisitice. Ele não gosta mesmo apesar de já ter provado antes. Mas no falafel não disse nada (ih ih ih).

    Eu às vezes também não digo logo o que tem quando é jantar de visitas, pois há pessoas que nem testam porque dizem logo: ah, eu disso não gosto!

    Experimenta o molho que liga muito bem com os pastelinhos.

    Beijinhos a todas.

    ResponderEliminar