25 junho 2009

FALSO COUSCOUS C/PIMENTO E AZEITONAS

Fui traída pela batata!! Era suposto a batata-doce utilizada ser alaranjada por dentro, dando um couscous identico a este que descobri no blog Daily Raw Café.

Não obtive a cor pretendida mas obtive um óptimo falso couscous de batata-doce crua.

No curso de crudivorismo que fiz com a
Márcia tinha aprendido que a batata-doce crua é bastante agradável (já não é o caso da batata normal roxa ou branca). Dai que foi só aplicar conhecimentos daqui e d´acolá para inventar este Raw Couscous.
INGREDIENTES:
  • 1 Batata-doce grande;
  • 1 tira de pimento verde;
  • Azeitonas pretas q.b.;
  • Cebolinho fresco q.b.;
  • Azeite, vinagre de ameixa e sal;
  • Açafrão em pó.
CONFECÇÃO:
Descascar e partir a batata-doce dentro de água para evitar que escureça.
Picar a batata-doce na bimby (5 toques, espaçados, de turbo).
Colocar a batata-doce picada de molho, em bastante água filtrada ou água engarrafada. É importante não ser água da torneira por causa do cloro. Nesta operação a batata-doce vai perder a maior parte do amido. Mudar a água pelo menos 1 vez.
Escorrer bem. Picar o pimento, as azeitonas e o cebolinho com a faca (fininho). Juntar à batata-doce escorrida e temperar de azeite, vinagre de ameixa (ou outro) e sal fino. Povilhe de açafrão em pó para dar cor. O sabor do açafrão não se nota (mas não exagere na quantidade).
Deixar absorver paladares antes de servir.

Esta parte do artigo já não é crudivora!

No entanto, quis mostrar que o falso couscous é um excelente acompanhamento para qualquer tipo de alimentação. No caso presente, servi com chili de soja.

O chili de soja não é crudivoro, foi cozinhado (receita). Tive em atenção deixá-lo arrefecer até ficar morno para não matar as enzimas do "couscous".

A batata-doce crua é muito saborosa com estes temperos. Tem propriedades farmacologicas. É óptima para úlceras no estomago. Facilita a digestão.

11 comentários:

  1. Exquisito este falso cous-cous, seguro que es toda una delicia. En mi blog te he contestado la pregunta que me haces sobre la lecitina, pero te pongo la respuesta tambien aquí:

    -La lecitina, es junto con la leche lo que le da ese sabor caracteristico del pan llongets, pero si no tienes, puedes sustituirlo por una cucharadita de miel.
    Espero haber resuelto tus dudas. Besos.

    ResponderEliminar
  2. Gracias Anna :-)

    Penso que vou comprar la lecitina. Besos.

    ResponderEliminar
  3. Isto está a bombar, eu sou batateira mas batata crua é daquelas coisas que nunca pensei comer :) O aspecto é bom e esse chilli deve ser uma maravilha!

    ResponderEliminar
  4. Rute,
    Que lindo e tão colorido.
    esse chilli, deve e ser bom!!



    bjs

    ResponderEliminar
  5. Amiga, deste pratinho só ficava mesmo com o chilli...
    Mas estou a espreitar o blog que linkaste e a gostar muuuito! :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Rute, acho que era capaz de experimentar a batata crua se me dessem a comer, tenho uma tia minha que comia batata crua, abobora e nabo e lembro-me em miuda, ela dizer que era muito bom, ela bem que tentava convencer-me mas não conseguiu,também acho que quando somos mais miudas, somos mais esquisitas, se fosse hoje experimentava só para saber se gostava.

    Vou seguir o teu conselho, quanto ao falso arroz, vou experimentar, obrigado pela explicação

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Gostei bué, vou já provar as minhas batatas-doces cruas, a ver se marcha!
    Se for o caso, bem se for o caso...darei notícias...
    O aspecto é excelente, comia tudo e não chegava! hehehe:)

    ResponderEliminar
  8. O aspecto está fantástico. Estou sempre a aprender contigo :))
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Olha acredito que seja optimo de se comer e chorar por mais!!
    gostei

    ResponderEliminar
  10. Tem muito bom aspecto, gosto imenso de ver os teus "cozinhados".
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Pois é amiga, andas a contagiar-me hehehe :)

    Esta já esta na lista também... gostei :) E agora com o descaroçador de azeitonas...! hehhe

    ResponderEliminar