02 agosto 2009

PIZZA DE ALHEIRA VEGGIE (MASSA KÉFIR-ÁGUA)

ARTIGO RELACIONADO:

Massa Pizza de Kéfir-Água
Muito boa esta refeição rápida. Assim que faço massa de kéfir-água, só descanso quando termino o conteúdo do alguidar :-))
Como é uma massa que aguenta alguns dias na despensa, a qualquer altura ligo a Actifry, preparo uma bolinha de massa e toca a fazer pizza!!
INGREDIENTES:
  • Massa de kéfir-água;
  • pitada de frutose;
  • azeite q.b.;
  • 1 dente de alho crú;
  • laminas de cebola crua;
  • Alheira vegetariana;
  • 1 ovo.
  • Batata palha e tomate-cereja para decorar.
CONFECÇÃO:
Aquecer a Actifry uns minutos colocando dentro um cálice meio de água para criar atmosfera húmida.
Preparar (amassar ligeiramente) uma bola de massa com farinha e pitada de frutose. Coloquei a frutose para retirar um pouco o ácido que a massa vai ganhando ao longo dos dias. É um ácido género pão alentejano.
Colocar a "flôr" de massa dentro da Actifry (ficou em forma de flôr porque cortei com uma tartelete virada ao contrário). E ao lado da massa, pulverizar a forma da Actifry com óleo onde será colocado o ovo a "estrelar", ao mesmo tempo.
Quando a massa crescer, barrar com azeite e alho picado, sobrepôr as laminas de cebola e a parte da alheira desfeita (sem pele). Deixar assar com a Actifry fechada.
No fim, preparar uma cama de batata palha num prato, retirar a pizza da Actifry, montar o ovo na pizza e servir com tomate-cereja.
Desta vez a massa de kéfir-água levou farinha de milho (moida na bimby) e farinha de trigo sarraceno, juntamente com a farinha de trigo, na fase 3.

17 comentários:

  1. Que lindo! sabe que olhando rápido achei que era algo com morangos...hehehehehe... estes tomates ficaram show!

    bjssssssssssss

    ResponderEliminar
  2. Alheira vegetariana? Eu fico maluca neste blog! :)) Nem sabia que existia tal coisa, por acaso não gosto mto da "outra", provavelmente até gostaria + da vegetariana.
    O resultado ficou mto apelativo!

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia alheira vegetariana, da outra não posso comer, fiquei curiosa.Onde posso comprar?No celeiro há?

    Gostei da pizza, bem original.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que bela ideia, desde que provei alheira vegetariana que nunca mais comi das outras. Gostei da sugestão e ficou bem gira :)

    ResponderEliminar
  5. "trigo sarraceno"

    ADORO trigo serraceno... acho que sou capaz de comer até arrebentar (nunca experimentei, verdade se diga)...

    Tenho de voltar a fazer!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Rute!
    Acabei de ler o livro que me emprestaste do Peter Singer e Jim Mason, "Como Comemos". Gostei muito, é um bom trabalho e tem muita informação. Levo-to para o Piquenique (ou queres vir almoçar antes?).
    Muitos beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  7. Eu nunca provei alheira vegetariana, mas alheira é um daqueles crimes pelos quais não me importo de cumprir pena: adoro!!

    Olha lá, deste-me vontade de comer pizza ao pequeno almoço! :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Que rica! Gostava de ter tanta imaginação para as refeições...:)

    ResponderEliminar
  9. A minha cabeça anda a mil... nem imagino como é que consegues ter tanta imaginação... Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Olá a todas,

    a alheira vegetariana vende-se no supermercado normal, na mesma secção onde se vendem as outras alheiras. Há alheiras vegetarianas só de vegetais e alheiras vegetarianas de granulado de soja.

    o trigo sarraceno é um trigo sem gluten. A farinha de trigo-sarraceno tem de ser misturada com farinha de trigo para fabrico de pães. Caso contrário, a falta de gluten impossibilita o pão de crescer.

    Isabel,

    quanto ao livro, devolves no picnic do ensino domestico, dia 16. Ainda não sei se a Patricia quer levar emprestado. Ainda bem que gostaste. Eu também adorei.

    Quem estiver interessado em saber de que livro falamos, é este aqui:

    http://publicarparapartilhar.blogspot.com/2008/12/porque-as-nossas-escolhas-alimentares.html

    Posso emprestar a quem estiver interessado em ler :-)

    Beijokas a todas.

    ResponderEliminar
  11. Que delícia com alheira vegetariana! É rápido de fazer, adorei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. A Patricia já disse lá no Pés Na Relva que fica com o livro a seguir ;)
    Beijinhos ("gracias" pelo teu comentário lá no meu blogue!)
    Isabel

    ResponderEliminar
  13. Olá Rute,
    Sabes que a pele da alheira vegetariana é feita de tripa de vaca, bom eu como na mesma porque são realmente boas...
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Gostaria de deixar aqui um comentário.
    Alheira vegetariana, pelo menos a que tive o azar de me deparar, esta envolvida em Tripa, logo deixa de ser vegetariana (mesmo que o recheio tenha sido de soja com outros ingredientes).

    Se existe uma alheira Realmente Vegetariana (100per cent animal free) recomende-me o lugar e o producto exacto para que eu possa optar

    Obrigado

    Se puder responder para o meu email agradecia-lhe
    Bretthxc@hotmail.com

    Desde já felicitações pelas suas experiências!

    ResponderEliminar
  15. Tem toda a razão, de facto a tripa da alheira de soja da casa da prisca é tripa animal :-(

    A alheira de legumes que é doutra marca, não refere a origem da "tripa". Pior ainda!

    Quando confecciono alheira "vegetariana" não como a tripa, só o recheio. Mesmo assim preferia que fosse "tripa" sintética. Talvez um dia destes apareça uma alheira 100% vegetariana no mercado.

    Já se pode considerar uma evolução existir uma alheira semi-vegetariana!

    Grata pela visita e pelo comentário.

    ResponderEliminar
  16. Grato pela (rápida) resposta.
    Pois de facto não nos podemos preocupar só com a nossa saúde mas a dos que podemos eventualmente prejudicar.

    É, de facto, incrível a evolução no mercado de alimentação português para produtos vegetarianos, ainda que a sua grande maioria sejam para bolsas da classe média-alta.

    Na Nova-Zelândia todos os super-mercados e restaurantes têem metade / metade de produtos saudáveis vegans na ementa ou nas prateleiras em que são colocadas comidas de origem animal ou transgénica

    :) podiamos chegar lá um dia...

    ResponderEliminar
  17. Eu já me contentava que todas as escolas, hoteis ou restaurantes tivessem pelo menos 1 prato vegetariano.

    Acredito que a "moda" saudável pegue. Ando a ler um livro que refere que estamos em pleno ponto de viragem do materialismo para a sustentibilidade. O ser "verde" vai generalizar-se até como motor económico. Porque já não há como continuar a agir como temos vindo a agir num mundo "Quente, Plano e Cheio" (livro de Thomas L. Friedman).

    É insustentável continuar a comer a carne e peixe que a população em geral come. Quer por motivos de saúde, quer por motivos de poluição, ou até por motivos de consciência que os animais sofrem imenso e transmitem-nos esse "sofrimento" através da cadeia alimentar.

    Vamos crer que vamos chegar lá um dia :-) estou a torcer para que sim.

    ResponderEliminar