14 agosto 2009

SIDRA CHAMPANHE DE KÉFIR-MAÇÃ E SEU PÃO

ARTIGO RELACIONADO:

Champanhe de Kéfir-Laranja e seu Brioche

A Sidra é uma bebida fermentada de sumo de maçã (alcoólica e gaseificada) muito popular na Região Autónoma da Madeira. É considerada um espumante que mata a sede, pobre em álcool (4% a 5% de teor alcoólico), bastante saboroso e benéfico à saúde.

Consoante as maçãs utilizadas (ácidas, amargas e doces) assim se obtém diversas variedades. Na Madeira não há o hábito de engarrafar a sidra. Esta é normalmente vendida a copo ou a granel. Dai que dificilmente conseguimos comprar sidra nacional em Portugal Continental. No entanto, outros paises têm uma grande tradição de fabrico de sidra e comercializam-na engarrafada.
Julga-se que a sidra teve origem no norte de França, embora haja relatos muito anteriores, de fabrico de sidra em Espanha. A colonização italiana e alemã na região sul do Brasil tornou o fabrico de sidras uma das caracteristicas economicas mais marcantes.

Veja estes comerciais, são um "estoiro de festa":




E agora vamos à festa do home made! Por aqui a felicidade também fermenta cada vez que as experiências correm bem, como é o caso da Sidra de Kéfir-maçã.
Basta centrifugar 3 a 4 maçãs e colocar uns grãos de kéfir no sumo obtido, dentro de um pote com tampa semi-hermética. Ao fim de 4 a 5 dias temos a sidra pronta. E não é necessário juntar açúcares. A maçã é poderosa em frutose e o kéfir trabalha muito bem, apenas com o sumo produto da centrifugação.
Depois? Depois é utilizar. Ainda provei a sidra ao natural e é bem agradável. Fresca deve ser o máximo, mas logo a inclui num pão para aproveitar o "fermento" natural. As bolhas de CO2 tornam o pão muito arejado e leve.
INGREDIENTES:
1 banana;
1 chav. (chá) de sidra;
1/2 chav. (café) de óleo girassol;
1 colher (sopa) de açúcar;
1 colher (café) de sal fino;
3 copos (medida MFP) de farinha T65;
1/2 pacote de fermento seco (fermipan).
CONFECÇÃO:
Triturar a banana com a sidra. Deitar na cuba da MFP pela ordem enumerada. Seleccionar programa Massa (Dough) e start!
Vigiar a formação da bola. Se necessário juntar mais farinha ou líquido.
No fim do programa Massa, seleccionar programa Cozer (Bake) durante 45 minutos.

9 comentários:

  1. Lá estou eu de queixo caído! Tu não tens uma cozinha, tens um autêntico laboratório!!
    Tão bom, sidra! E tu fizeste! É mesmo um estoiro! :)))

    e ainda pão... se não visse, não acreditava.
    Parabéns pelas experiências de sucesso.

    bjs

    ResponderEliminar
  2. Rute, endosso as palavras da Cláudia, é um verdadeiro laboratório!
    Assisti a um programa ontem e lembrei de você. Falava sobre dieta de emagrecimento através de alimentação viva, em duas experiências, uma no Rio outra em São Paulo.
    Quanto ao slow motion, a 1a. foi a do pastel de vento, a segunda do biscoito-fralda, no aniversário da filha, a terceira será dia 19. Esse slow está very slow...rsrs!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Rute, contigo estou sempre a aprender! Deve ser delicioso!
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Bem lindo o pão e original, mas queria provar a sidra, fica igual ás de compra engarrafadas, ou fica muito ácida pelo kéfir?
    Tenho andado para experimentar no fim de ler no Wild Fermantation.

    ResponderEliminar
  5. Rute, es muy original, siempre me sorprendes. Que tengas un buen fin de semana.

    ResponderEliminar
  6. Sempre a bombar!
    Adorei o pão. :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Olá Ruteeee

    agora foste tu que me fizeste rir! :))
    Pois, a massa cozeu em 13 minutos, MAIS o tempo antes da fervura... senão o jantar tinha sido feito em 13 minutos!! LOL

    antes da fervura não contei, mas deve ser uns 5 minutos, não?

    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Ora cá estou eu, eu que ainda não consegui encontrar sidra à venda, eu que tanto quero fazer pão com sidra, eu que não tenho centrifugadora, eu que não tenho grãos de Kéfir, eu sei lá mais o quê :)
    E agora? Também queroooo!!

    ResponderEliminar
  9. Olá a todas. Obrigada pelos comentários.

    Ameixinha, os grãos de kéfir ainda te arranjo, agora a centrifugadora... escreve ao pai natal. Há umas baratinhas na worten por 15 euros :-)

    Um bom começo de semana para todos. Os que me fizeram perguntas já respondi nos blogs proprios.
    Beijokas.

    ResponderEliminar