20 agosto 2009

VINHO VERDE BRANCO DE KÉFIR-UVA PASSA

ARTIGOS RELACIONADOS:

Champanhe de Kéfir-Laranja
Sidra Champanhe de Kéfir-Maçã

Os grãos de kéfir que separei para trabalharem em sumos de fruta continuam a fermentar com perfeição. Desta vez juntei-os a
passas de uvas biológicas, do meu terreno na aldeia que desidratei no Excalibur.
O resultado foi um vinho branco (sim sabe mesmo a vinho) suavemente gaseificado, nada ácido e muito agradável. Apesar da pouca quantidade produzida ainda deu para acompanhar uma refeição de paelha, bem fresquinho.
Só estranhei o seguinte: As uvas serem pretas e o vinho ser branco. Pelo que procurei na internet a explicação e encontrei este texto no site http://www.etur.com.br/
"A polpa tanto da uva branca como da uva preta é "branca", por assim dizer, quando prensada esta uva dá origem a um suco turvo considerado "branco". O que dá cor ao vinho é a casca da uva preta. Para tornar o vinho, tinto, é preciso que as cascas das uvas pretas descansem no mosto, ou seja, haja maceração. Logo se retirarmos a casca da uva preta e prensarmos apenas a sua polpa extraindo o mosto, colocando-o para fermentar, assim obteremos o chamado vinho branco."
No meu caso, não prensei as uvas pois eram passas. Apenas deixei a fermentar durante 5 dias em água purificada, junto com os grãos de kéfir, SEM adição de açúcar (ou frutose) uma vez que as passas têm uma grande concentração de frutose natural por acção da desidratação. Após o 1ºdia de fermentação já o liquido estáva a fervilhar!
No entanto, nesta experiência não ocorreu maceração das cascas das uvas, dai, o vinho não ganhou cor. Mas o sabor é fantástico, muito agradável dado o grau de CO2 contido. Depois de separar as passas e os grãos de kéfir do liquido, guardei o vinho no frigorifico durante 24 horas, pelo que quando o bebi estáva super fresquinho! E notava-se um certo indice alcoolico... deu-me cá uma "cobra" depois de almoço!

9 comentários:

  1. Realmente só tu!!!

    Para inventares uma destas!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Tenho de concordar com P e M, as coisas que descobres.

    BR

    ResponderEliminar
  3. Com os grãos de kefir as coisas que já fizeste.
    Agora até vinho verde branco, muito bem.
    Fresquinho é uma delícia.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Rute estou sem palavras!
    Só me ocorre uma coisa "Cabecinha Pensadora!"
    :)))))))
    BJs

    ResponderEliminar
  5. Isso já é quase uma cave de vinhos... tens aí um laboratório :)

    ResponderEliminar
  6. Rute,
    Que maravilha o que já fizeste de kefir.Agora até vinho verde:):) branco,e beber um copito bem fresco humm muito bom.


    bjs

    ResponderEliminar
  7. Só sei que com este calor, já bebia o copo de cima! Que coisinha refrescante!

    ResponderEliminar
  8. Eu com vinho é que não me cruzo - não consigo mesmo gostar.
    Mas tu estás uma produtora e tanto! :) :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Vou ter que experimentar uma dessas, até porque o meu kéfir está a crescer a olhos vistos! Mas que belo copinho! E como tem pouco teor alcoolico é perfeito! Se não fico KO! Beijinhos

    ResponderEliminar