29 outubro 2009

LASANHA VEGGIE SEM PLACAS DE MASSA

Para desenjoar dos bolos e sobremesas trouxe-vos um prato principal: Lasanha Veggie com courgette a substituir as placas de massa.

A pedra de toque da minha lasanha foi o artigo do MuitoAçúcarPoucoSal.blogspot da Cacahuete:
Courgettes com atum. Assim que bati os olhos neste artigo fantástico, achei que tinha de confeccionar algo parecido e de imediato optei por confeccioná-lo ao jantar. Não me baseei na receita da Cacahuete pois absorvi apenas a essência, o fundamental: utilizar a courgette como substituição das tradicionais placas de massas alimenticias. E depois foi só seguir a lasanha tradicional. Embora a minha não leve molho de tomate (mas podia levar).
INGREDIENTES:
  • 1 courgette de 1 kilo (convém serem courgettes largas);
  • Granulado de soja médio (o calibre que uso é tamanho "ervilha" entre os nacos e a soja fina);
  • 1 lata de cogumelos de paris laminados;
  • 1 porção de tofú fumado aos cubos;
  • Pasta de miso;
  • Molho de soja;
  • Azeite e sal q.b.;
  • 3 a 4 dentes de alho esmagados;
  • Bechamel de soja;
  • Limão e salsa desidratada para decorar.
INGREDIENTES DO BECHAMEL DE SOJA:
  • 750 gr leite de soja (natural sem aromas, sem açúcar);
  • 90 gr farinha trigo;
  • 50 gr manteiga de soja (ou outra manteiga vegetal);
  • 2 colheres (sopa) de azeite;
  • Temperos: Sal, pimenta e noz moscada;
  • Sumo de limão.
CONFECÇÃO:
Hidratar a soja em água durante pelo menos 20 minutos. Espremer a soja da água e temperá-la com pasta de miso castanha e molho de soja. Escorrer os cogumelos da água de conserva e passá-los por água no passador.
Laminar a courgette com casca em placas grossas na mandolina e deixar com sal durante uns 15 minutos.
Numa frigideira refogar a soja com os alhos, os cogumelos e o tofú fumado em azeite. Retificar sal se necessário, embora o molho de soja já seja salgado.
Num grelhador de fogão ou frigideira anti-aderente, grelhar as placas de courgette sem gordura e limpas de sal (retirar a maior do sal com uma faca). Não grelhar até torrar, apenas dê uma grelhadela semi-rápida dum lado e de outro para secar água do vegetal.
À parte na Bimby, fazer o bechamel: todos os ingredientes no copo, programar 8 minutos, temperatura 90º, velocidade 4. Se no final o molho estiver muito espesso juntar mais leite de soja, sumo de meio limão e triturar na velocidade 5 já sem temperatura até misturar bem.
Terminadas todas as partes intermédias, colocar uma camada de placas de courgette num tabuleiro, rechear de soja granulada, cogumelos e tofú fumado, cobrir com molho branco, terminar com camada de placas de courgette grelhada e molho branco decorado com rodelas de limão e salsa desidratada.
Levar a forno forte durante 20 a 30 minutos, ligando o grill quase no fim para gratinar. Não vale a pena colocar queijo ralado. Sem queijo esta lasanha é bem mais light e saudável, amiga do colesterol :))
Peço desculpa de não ter tirado fotos da lasanha cortada mas estávamos cheios de fome e de qualquer das maneiras o molho branco não deixaria ver o perfil do corte. Até porque eu exagerei na quantidade de molho :(( Que em nada prejudicou o prato.

10 comentários:

  1. Uauuuu Rute, que lasanha Veggie tão linda. Super light e saudável. Obrigada por teres revelado a tua fonte de inspiração, mas não precisavas :)

    Ficou com optima pinta.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Rute, isto é muita bom!
    O meu mussaka aldrabado é feito assim: curgete fininha entre camadas, o que resulta num prato bem mais leve e delicioso.
    Com beringela tb fica muito bom, aí sim, um moussaka a preceito!

    Beijinhos e bom fim de semana. :)

    ResponderEliminar
  3. Rute, que sintonia! Anteontem o jantar foi moussaka (com beringela) e a minha receita era muito parecida com a tua: em vez de courgette fiz com beringela, a soja granulada não tinha cogumelos nem tofu fumado, era só soja, com tomate, ervilhas e um temperozinho de caril tipo massala, leve, e também só entremeei com molho béchamel, mas coloquei-lhe "queijo de soja" duro ralado por cima. Ficou delicioso! Desapareceu em três tempos...

    Beijinhos ;) Quando é que almoçamos?
    Isabel

    ResponderEliminar
  4. Rute, gostei muito da ideia. Como deves imaginar, usaria uns ingredientes um pouco diferentes, mas essa substituição pela courgette agradou-me, hei-de experimentar.

    bjs

    ResponderEliminar
  5. Ontem li de fugida o teu "post saído da insónia", e nem tive tempo para comentar. Nem queiras saber o que eu sofro com essas malditas, tens sorte de as tuas serem raras (e proveitosas...): para mim o que é raro é dormir bem, é um suplício :(
    Daquela vez em que me deste conselhos para melhorar a memória e um deles era dormir bem, pensei logo que estava tramada :))

    bjs

    ResponderEliminar
  6. Nos meus tempos de vegetariana comi muitas lasahas sem massa, esta sua está espetacular!

    ResponderEliminar
  7. Também gostei da sugestão da Cacahuete e com beringela também deve ficar muito bem :)

    ResponderEliminar
  8. Isto deve ser muito bom! Gostava de ver o interior às camadinhas...
    E lembrei-me que tenho que procurar o tofu fumado, será salgado?

    ResponderEliminar
  9. Cacahuete claro que precisava de referir a fonte de inspiração. Pois foste mesmo tu a pedra de toque e foi imediato, assim que vi o teu post. Portanto não tem nada que enganar!

    Gasparzinha, quem sabe se aqui também não está alguma inspiração absorvida no teu blog... A verdade é que todos os blogs que visitamos vão ficado registrado na nossa memória e contribuem para a criação de inovações nos nossos blogs.

    Claúdia M. tens de resolver isso das insónias. Isso retira-te energia e anos de vida. Verifica bem o que comes ao jantar. Evita os estimulantes como chocolate, muito sal, café, chá verde ou preto, muito açúcar, etc... Estes alimentos não deixam o corpo sossegar porque aceleram o ritmo cardiaco e conferem energia a mais.

    Alegna muito obrigada pela sua visita. É uma honra tê-la aqui. Já lá fui ao seu blog agradecer e visitar.

    Ameixinha, também gostei do teu sonho à Hulk :)) Só tu mulher! Fazes-nos rir a bandeiras despregadas.

    Mary, O tofú fumado sabe a presunto (mais ou menos). É salgado q.b. Come-se bem simples com pão. Tem sabor e aroma tipico de enchidos.

    Há um (em fatia grossa) muito bom na secção vegetariana do continente e há outro em forma de queijo (redondo) no pingo doce e intermarché. Ambos embalados. Um está nos frescos, outro nas mercearias, respectivamente.

    Ironicamente não acho muita piada ao do celeiro. É menos intenso o sabor a fumado.

    Beijinhos a todas.

    ResponderEliminar
  10. Que aspecto delicioso!! E sem massa, melhor ainda certo? :)

    ResponderEliminar