22 dezembro 2009

MEL DIRECTAMENTE DO PRODUTOR E CERA

O meu stock de mel estáva prestes a esgotar-se e à semelhança de anos anteriores telefonei para o fornecedor habitual: - Bom tarde Sr. Angelo! É a Rute, como está? Posso encomendar mel? E cera de abelhas tem? É que ando com vontade de fazer umas experiências com azeite e cera, e lembrei-me que o senhor deve ter para venda, não?
Beleza! O Sr. Angelo tinha tudo o que eu precisava e de um dia para outro aqui chegou a encomenda entregue por mão própria:
Mel de Laranjeira;
Mel de Eucalipto;
Mel de Rosmaninho;
Mel Multifloral;
E uma novidade, Mel de Girassol;
Mais 1 kilo de cera de abelhas.
O mel, é um antibiótico natural. Previne gripes e constipações. Sendo o adoçante mais saudável que existe. Nenhum outro, sacarose, frutose, lactose, maltose, se pode igualar. Contém imensas vitaminas e minerais. É um açúcar completo, integral. Possui propriedades antibactericidas, cicatizantes, anti-infecciosas, energéticas e regeneradoras dos tecidos.
Dependendo do local onde estão situadas as colmeias assim obtemos mel de várias qualidades. Dependendo da flôr onde as abelhas vão buscar o polén, surge o mel de laranjeira, de eucalipto, de rosmaninho, de alfarrobeira, ou de Girassol. Esta é a predominancia, mas claro que nenhum mel é absolutamente monofloral, mesmo que a colmeia esteja situada num pomar de laranjeiras, ou de alfarrobeiras, ou num campo de girassois, há sempre mistura de flores de outras espécies. Porém, essa mistura é insignificante e não influência particularmente.
A cera, é segregada pelas glandulas especiais das operárias e utilizada na arquitectura dos alvéolos hexagonais. Os alvéolos são os "apartamentos" da colmeia. Uns servem como armazém (favos de mel), outros servem como maternidades (fechados com cera são incubadoras de larvas). Estou agora a descobri-la pelo tacto, olfacto, olhar :) Fechei os olhos por momentos e cheirei-a. De repente fui transportada para um campo de altas árvores. Cheira a resina, cheira a natureza, cheira a verde!

Que vontade de ser apicultora na aldeia! Será que há mel de flôr de oliveira??? Um dia ainda faço umas perguntinhas mais demoradas ao Sr.Angelo!!

Aqui vos deixo o contacto, caso queiram comprar directamente ao produtor:

ÂNGELO DUARTE - Areia - Cascais

Telef: 96 5052910

15 comentários:

  1. obrigada pelo contacto.. eu adoro mel... sou suspeita :)

    ResponderEliminar
  2. Nem imaginas o quanto eu adoro mel e quanto gasto por ano aqui em casa!
    Também compro directamente ao produtor, pois os que se vendem nos super e por ai fora em nada se assemelham com o verdadeiro mel!!!
    Uma vez mais adorei o teu post!
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  3. A mim tb me dão mel a torto e a direito que eu estou sempre a distribuir, e mel daquele caseiríssimo e completamente artesanal, entre outras iguarias que recebo...este teu tb é muito bom ....Feliz Natal :*

    ResponderEliminar
  4. Nós cá em casa também somos grandes apreciadores de mel. Mas é daquelas coisas que convém MESMO comprar biológico! Só quando o meu marido começou a ter umas colmeias é que nos apercebemos da quantidade de medicamentos que os apicultores utilizam normalmente, antibióticos incluídos. São remédios para a varroa, são remédios para a traça, para isto e para aquilo... Agora só produzimos mel biológico, e até as ceras são diferentes.
    Gostei muito da reportagem do post anterior, sobre a visita à fábrica de bolos. Que pena estar tão longe, tenho a certeza que teríamos gostado muito de vos acompanhar!

    ResponderEliminar
  5. Há muitos anos que compro mel directamente do produtor e nem preciso andar muito :) Finalmente consigo fazer alguma coisa que recomendas he he

    ResponderEliminar
  6. Eu detesto mel, nao fazia ideia que exitia assim mel de tantas qualidades. Pela tua brilhante explicação até fiquei com vontade de provar um destes tipos de mel ou de cera.

    Adorei ficar com estes teus conhecimentos.

    Bjs e um Santo Natal

    Teresa

    ResponderEliminar
  7. Rute, Obrigada pelo comentário mimoso.
    Adoraria ir ver esse documentário noentanto estou de viagem marcada de visita á família do meu marido pelo Brasil afora, Viajamos depois do Natal e por isso não me será possível acompanhar-vos a ver esse documentário.
    Mas vamos manter a chama acesa até Fevereiro e será um prazer encontrar-te a ti e á nossa Abelhinha querida, se não fôr para ver este documentário, que seja para fazer-mos outra coisa qualquer. Beijinhos e um Feliz Natal.

    ResponderEliminar
  8. Passando para desejar um ótimo Natal, com muita saude, alegrias e coisas boas...

    Que Papai Noel, te traga tudo que vc desejou e mais alguma coisa que tu esqueceu... hehehehehe

    bjs e boas Festas!

    ResponderEliminar
  9. Obrigada a todas pelos comentários e visita. Ainda bem que gostam deste género de artgos. Aproveito para desejar Boas Festas. Feliz Natal. E agora vou às particularidades:

    Pequete, que grande novidade. Não imaginava que o tivesses colmeias. Deixaste-me a pensar nisto do mel biológico. De facto sei que as abelhas são medicadas. Um amiga minha até já me tinha dito que hoje em dia não há abelhas que não o sejam. Mas pelo que percebi as tuas abelhas não são medicadas. Apicultura biológica é super interessante, vou ter de me dedicar à pesquisa. Obrigada pela "pedra de toque".

    Elisabete, vamos sim deixar a chama acessa. Quando voltares a velinha ainda está a iluminar :) Boa viagem.

    Ana J., Cinha, Samma, Ameixinha, Teresa e Anita, é óptimo quando temos a sorte de comprar directamente ao produtor. As que gostam de mel consumam-no especialmente nesta época para aumentarem a resistência do sistema imunitário às gripes.

    Beijinhos a todas.

    ResponderEliminar
  10. Linda!!!!


    Desejo um feliz Natal cheio de coisas boas e uma mesa bem farta!!

    Beijos grandes

    ResponderEliminar
  11. Amiga, que fazes tu com a cera?
    Não percebi muito bem para que serve (só conheço a depilatória)! hehehe:)

    ResponderEliminar
  12. Te deseo con todo mi corazón que estos días de estar con la familia sean días de felicidad.
    Besos

    ResponderEliminar
  13. Fiquei com a mesma curiosidade da Mary sobre a cera.
    Mel aqui em casa fica bem esquecidinho, uso mais nos doces, bolachas do que ao natural. Na verdade, não gosto do sabor puro, é doce demais para o meu paladar. Mas sei que é um excelente alimento.
    Até as bolachas de mel e pães de mel só eu gosto.
    Agradeço demais a sua companhia nesse ano e desejo um Natal de muita paz.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  14. Ora la fiquei sem net devido á rede durante uns dias e perdi algumas novidades...
    QUANTO AO MEL...aprendi a gostar e a consumir mel com o nosso ti-padre que já faleceu (com 99 anos) e que a primeira coisa que fazia ao levantar da cama era comer uma colher de mel..O meu filho adora e come todos os dias,um facto é que raramente fica doente.
    Vou agora mesmo tratar da cera com a senhora que nos arraanja o mel... vou fazer o creme!
    Obrigado pela tua partilha :))
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. O meu pai é apicultor na zona Sintra Cascais e moldamos cera tb o contacto 968179276

    ResponderEliminar