25 dezembro 2009

Tiiiiiimber!!! Christmas Yule Log (Tronco de Natal)

O Tronco de Natal ou Christmas Yule Log foi a minha única confecção natalícia de 2009. Nesta época todas querem cozinhar e como nunca pásso o Natal em casa, limito-me a levar algo para juntar à festa. No ano passado fiz as broas vegan mas este ano não deixei ninguém comprar o Tronco de Natal.

A tradição de confeccionar torta em formato de tronco remonta ao tempo em que as pessoas reuniam-se à volta da lareira enquanto queimavam um tronco enfeitado com folhas e laços, benzido pelo chefe de familia com água benta, óleo ou aguardente. As crianças cantavam canções de natal e ouviam histórias contadas pelos avós. As cinzas dessa lenha eram conservadas para protegerem a casa do diabo e dos maus espiritos.

Mas tudo muda com a perda de importância das lareiras na vida doméstica. A lareira que anteriormente servia para aquecer a casa e cozinhar, é trocada por fogões e aquecedores. Assim sendo, a tradição teve que mudar em simultâneo, deixando-se de queimar o tronco de natal para passar a confeccionar um bolo alusivo ao simbolismo do
Festival Yule ou Festival de Inverno.

A receita que utilizei é esta
aqui da Gisa do Forum Bimby.

INGREDIENTES:

6 ovos;
240 gr açúcar;
100 gr farinha fina;
1 colher (chá) fermento Royal.
Recheio de creme pasteleiro Puratos.
Cobertura de creme de cacau trufado Puratos.
Decoração de folhas de espinafre e cerejas cristalizadas.
CONFECÇÃO:
Forrar o tabuleiro do forno com folha de aluminio e untar com óleo. Aquecer o forno a 200º.
Colocar a borboleta no copo da bimby. Juntar os ovos inteiros com o açúcar. Programar 5 min, velocidade 3, temperatura 40º.
Terminado o tempo, voltar a programa 5 min, velocidade 3, SEM temperatura nenhuma.
Retirar a borboleta, juntar a farinha e o fermento, misturar uns segundos na velocidade 5.
Deitar o preparado no tabuleiro forrado e levar ao forno, diminuindo temperatura para 150º. Ao fim de 30 a 40 minutos deve estar pronto.
Virar o bolo sobre um pano povilhado de açúcar. Iniciar de imediato o processo de enrolar em torta, enquanto o bolo ainda está quente. Mas antes não se esqueça de retirar a folha de aluminio.
Desenrolar, rechear com creme de pasteleiro e voltar a enrolar. Cortar um ponta para fazer um tronco em Y. Decorar com creme de cacau em seringa de pasteleiro. Terminar a decoração com folhas de espinafre e cerejas cristalizadas, demolhadas em água para retirarem excesso de açúcar e ganharem brilho.

17 comentários:

  1. Parabéns, está excelente, ainda hoje olhei para esta receita, ficou lindooooooo.
    És uma artista.
    bjsssss

    ResponderEliminar
  2. Rute, essa foi uma bela contribuição para o Natal.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Rute, ficou bem lindo esse tronco.

    Olha eu fiz uma árvore de Natal com o creme de chocolate, realmente o trabalho não é nenhum. :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Rute, ficou um tronco muito bonito!
    Desejo-te a continuação de Boas Festas!
    Muitos ´beijinhos.
    ;)

    ResponderEliminar
  5. Amiga, está lindo!
    Ainda fazes negócio com as artes pasteleiras. :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Não conhecia a história.
    O tronco ficou lindo estás uma perita em decoração.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Este ano não fiz tronco. Optei por um devil's food cake rechadao com creme de pasteleiro.. eheh (e que bom e rápido que é..)
    O teu ficou bem giro e as folhas de espinafres deram-lhe o toque de mestre!
    Continuação de boas festas!
    beijinho

    ResponderEliminar
  8. Espero que tenham passado um Bom Natal em família. Não conhecia a história da origem do tronco de natal. O teu ficou espectacular, decoração de profissional. Num faço tronco de natal cá em casa já que ninguem aprecia muito bolos com cobertura de creme.
    Beijinhos e Bom Ano.

    ResponderEliminar
  9. Este ano pela 1ª vez fiz um tronco de Natal. O teu ficou lindissimo o meu ao pé do teu é uma vergonha!

    bjs
    Teresa

    ResponderEliminar
  10. Pois esta é a única altura do ano em que a minha lareira é acesa :) E que bem que sabe!!! Tronco nunca fiz e nunca comi mas tem um aspecto delicioso! Continuação de boas festas ;)

    ResponderEliminar
  11. Obrigada pelos elogios ao tronco :)

    Abelhinha sabes o que eu estranhei nesta receita? Não levar gordura (manteiga ou óleo). Até estáva com medo que a Gisa tivesse esquecido.

    Gina, também concordo. Foi uma excelente participação mas podia ter dado para o torto. Como sempre fiquei nervosa ao confeccionar!

    Sandra G., eu não te disse!? Os produtos puratos são uma grande ajuda para mulheres com falta de tempo. E os ingredientes são praticamente, apenas, alimentos desidratados, como leite, ovos, etc...

    Marina, obrigada querida. Continuação de boas festividades também para ti e para os teus.

    Anita, você acertou, tive uma pena enorme de o cortar às fatias, mas ainda foi pior na hora de deixar o restinho em casa da mamãe ! Estáva tão delicioso!!!

    Gasparzinha, e tu abres um restaurante pois fizeste um jantar de natal todo XPTO! Desde a ementa até à decoração da mesa, ui ui!

    Conceição, adoro saber as histórias agregadas às tradições culinárias. Por isso fui procurar.

    Margarida, e o red velvet cake??? O problema é usar corante! Mas até acho mais apropriado o red velvet como devil´s cake do que o de chocolate.

    Ana Maria, também não conhecia a história. Encontrei explicação nas pesquisar, a googlar como tu dizes (ih ih ih).

    Teresa, o teu tronco também está bonito só lhe falta as folhas de espinafre e as cerejas cristalizadas para dar mais cor. Por falar em espinafres, sabes que comi juntamente com o bolo. Ah pois é! Alguma vez eu ia deitar fora as folhinhas de espinafre da minha horta de varanda!!??

    Ameixinha também é raro eu acender a lareira. Geralmente é 1 vez por ano. No natal não acendi porque não estáva em casa, mas a minha mãe tinha a dela acessa.

    Beijinhos a todas!

    ResponderEliminar
  12. Que lindo ficou o teu tronco mas, do que mais gostei mesmo foi da história sobre o tronco.
    Espero que tenhas tido um bom Natal.

    ResponderEliminar
  13. Obrigada por me teres deixado o link. Engraçado que não conhecia essa tradição. Tantas coisas que perdemos, não é?

    Espero que o teu Natal tenha sido bom e agora lá vamos nós a caminho de 2010!

    ResponderEliminar
  14. Rute, que lindo tronco. Os meus filhos adoram e a avó faz! Mas depois de passar esta época quero ver se experimento fazer um tronco. Obrigada pela história do tronco porque eles bem que me perguntaram e eu não soube responder! Beijinhos e um Bom Ano de 2010 para ti, para a Carolina e para o Miguel!

    ResponderEliminar
  15. Bem devo dizer-te que este teu tronco está perfeitissimo!
    Ninguem diria que foi feito em casa...parece mesmo,e digo que muito mais perfeito que os das pastelarias.Quanto ao sabor e qualidade... logico que nem se poe em causa!
    Estás uma pasteleira 5* !!!
    Beijinho

    ResponderEliminar