11 março 2010

SUPERCALIFRAGILISTICEXPIALIDOCIOUS

de Abóbora

«SUPERCALIFRAGILISTICEXPIALIDOCIOUS sei que o som dessa palavra não é nada doce!
A criança que falar vai parecer precoce!
SUPERCALIFRAGILISTICEXPIALIDOCIOUS! Ta tiriri ta ta ta, Ta tiriri ta ta ta, ...»
Assim como vai parecer muito evoluida para o seu tempo, a mãe que confecciona com consciência, este SUPERCALIFRAGILISTICEXPIALIDOCIOUS de abóbora, sem ovos, sem natas, com açúcares saudáveis, equilibrado em calorias e pobre em gorduras.
A grande novidade é o chantilly (fingido) de cajú! 3 vivas para os meus rasgos criativos!
INGREDIENTES do puré abóbora:
  • 750 gr abóbora;
  • 1 chávena (chá) uva-passa;
  • Sumo de 1 laranja grande;
  • 1 colher (sopa) açúcar mascavado claro;
  • 1 colher (chá) sementes de anís verde;
  • 1 colher (chá) canela em pó;
  • 4 colheres (chá) farinha maizena diluida em água.
INGREDIENTES do chantilly cajú:
  • 1 copo de cajús crús (ou neutros);
  • Água a tapar os cajús para demolhar;
  • Óleo de amendoim q.b.;
  • Leite de soja q.b.;
  • 2 colheres (sopa) frutose;
  • 1 colher (chá) miso branco;
  • 1 colher (café) vinagre de ameixa.
  • Raspas de chocolate para decorar.
CONFECÇÃO:
Cozer a abóbora num tacho anti-aderente, SEM água em lume brando (convém cortá-la em pedacinhos pequenos).
Numa tijela colocar as passas a demolhar no sumo da laranja. A função das passas é adoçar o puré. E desta forma podemos diminuir o açúcar utilizado.
Num copo misturador colocar os cajús a demolhar em água.
Assim que a abóbora esteja cozida, transferi-la, escorrida, para o copo da bimby (ou outra liquidificadora). Não precisa escorrer muito, basta retirar o excesso de líquido.
Juntar os restantes ingredientes do puré de abóbora, programar 4 minutos, temperatura 100º, velocidade 4/5. Quando terminar o tempo, se achar que o puré está liquido demais, programe 1 minuto na temperatura varoma, velocidade 3.
Deite o puré nas tacinhas para arrefecer.
Comece a preparar o chantilly de cajú. É como se estivesse a fazer uma maionese com a liquidificadora de mão. Retire 1/3 da água do demolho. Triture os cajús até formar um molho branco, embora ainda com alguns grumos. Junte a frutose, uma pinga de leite e o miso. Triture mais um tempo e enquanto tritura adicione fio de óleo (pouco). Termine com uns borrifos de vinagre de ameixa, continue a triturar. Por esta altura já o chantilly é espesso e em principio já estará unificado sem pedacinhos de cajú por triturar. Teste com o dedo, rectifique açúcar se necessário.
Deite o chantilly nas tacinhas e leve ao frigorifico a refrigerar umas horas. Sirva, decorado com raspas de chocolate. No meu caso levou 1 grão de chocolate ralado em cada taça (daqueles grãos de chocolate a imitar grãos de café).
Super light não é???? E suuuuuuuuuuuuuuuper bom!!
SUPERCALIFRAGILISTICEXPIALIDOCIOUS :))

27 comentários:

  1. loool!! adorei o nome!! e o sabor. esse deve ser optimo e de facto o look já diz muito !! beijinhos

    ResponderEliminar
  2. E O Óscar para a nomeação de melhor criatividade vai para ...... Rute (Poppins?)!!! Aplausos....E não é que a fantástica Rute surge voando dos ceús com o seu maravilhoso guada-chuva, para receber o seu prémio, ao som deste mágico e contagiante SUPERCALIFRAGILISTICEXPIALIDOCIOUS!!Enquanto saboreio esta maravilha, exclamo em alta voz por entre colheradas VIVA VIVA VIVA!!! E sendo "feed the birds" outra canção lindíssima deste mágico clássico segundo o qual todos os dias os pássaros se vão alimentar na Igreja de S. Paulo, eu só modifico um cadinho a letra, sempre que há novidade, venho alimentar-me de alegria, de sabedoria e de iguarias AQUI!!! VIVA VIVA VIVA!!
    Beijoca Grande Rute!

    ResponderEliminar
  3. Olá Sónia,
    andava às voltas com um nome apelativo para colocar como título e lá surgiu este aqui. Também acho que ficou a "matar" :))) ah ah ah

    Olá Isabelinha mais doce!
    3 obrigadas para os 3 vivas cantados por ti, mi miga :) "Feed the birds" é liiindo. Que te alimentes da minha criatividade por forma a sentireste tu própria um ser muito criativo (embora já o sejas tanto ou mais que eu!). Recriar-nos a cada dia que pássa é imperativo. Alimentar os outros com o que temos de melhor em nós, é o dever de cada um. Façamos todos nós do mundo um lugar melhor de partilha e descoberta.

    Beijinhos muitos a ambas.
    Xi-corações :)

    ResponderEliminar
  4. Eu nem acredito que tu fizeste uma coisa destas! Isto é hipercriatividade! Adorei a ideia mas dúvido que tenha paciência para um coisa destas! O nome então nem se fala! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Mmmm, parece delicioso! Mas não pude deixar de notar que usas a frutose como adoçante. Há quem diga que não é assim tão boa como isso, vê aqui:
    http://www.drmercola.info/2010/02/10-reasons-why-fructose-isnt-sweet.html

    ResponderEliminar
  6. que máximo!
    Eu e abóbora, já sabes, é boa onda, mas tudo está perfeito.

    O que eu tb adorei foram essas tacinhas azuis!! :)

    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  7. Mal li o titulo lembrei-me logo da musica da Mary Poppins e para meu espanto anexas-te mesmo a musica ao post. O que posso dizer deste post e que se trata de mais uma criacao tua super brilhante. So tu mesmo para teres estas grandes ideias. Chantilly light...demais.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Bem, a inspiração está a 1000!!!!!!!!!!!!

    Espectáculo total, tanto o título como a receita. Isso deve ser mesmo muito bom!!
    Só não sei o que é miso branco (mas juro que vou descobrir...) mas podes mandar um bocadinho para provar sff. :)
    bjs

    ResponderEliminar
  9. Gosto muito dessa palavra he he A Mary Poppins faz parte do meu universo infantil :) Dispenso as passas e miso branco nunca vi. É uma sobremesa bem diferente!

    ResponderEliminar
  10. Tu realmente não jogas com o baralho todo...mas pronto os grandes génios na História tb não...hehe.
    Lembrei-me logo da Julie Poppins, da minha infância e quanto vibrava com o filme.
    Miso branco...não sei, as passas dispenso, o aspecto fabuloso e claro bem saudável.
    bjssssss

    ResponderEliminar
  11. Sem dúvida que se eu tiver um dia menos bom, posso passar aqui porque vou rir com toda a certeza do mundo. Tu pões-me mesmo bem disposta, é incrível.
    Incrível é também esse nome que tu deste á sobremesa, bem como ela própria.
    Vou dispensar as passas, mas bem que comia uma tacinha dessas, deixáste-me com água na boca.
    Já ouvi falar de miso, o meu Boss é semi-macrobiótico ihihihihih.
    O pior é tu conseguires pôr-me a gastar as horas de almoço á procura de tudo o que colcoas nas tuas receitas.
    Depois dou novidades, mas fiquei cheia de vontade de experimentar este teu chantilly.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Acredito que seja delicioso, gosto muito de doce de abóbora e esse chantilly de caju então! Hummm!
    Só lamento não conhecer alguns dos ingredientes, mas parecem-me facilmente substituíveis...
    Uma dessas tacinhas é para mim, certo?

    ResponderEliminar
  13. Rute, esta sobremesa me parece irresistível! Amo abóbora!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  14. Espera...QUERIA COLOCAR-ME DE PÉ PARA APLAUDIR ESTA GRANDE OBRA!!!!!
    Palavras pra quê?!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  15. Nome bastante sugestivo....
    http://as-receitas-da-sonia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. Bem o nome não diz muito, mas o aspecto parece maravilhoso...

    Muito boa criatividade, sim senhora...

    ResponderEliminar
  17. iiiiii vcs vão dar-me tanto trabalho a responder... :) Mas faço-o com agrado:

    Suzi, acredita que não dá muito trabalho a confeccionar. Atreve-te :)

    Pequete, não sabia dessas coisas da frutose. Embora eu não use assim com tanta frequência! Vario muito, desde açúcar mascavado claro, a mel, a frutose, a geleia de milho, etc... Só não gosto é de cozinhar a frutose. Nem sei bem porquê mas prefiro usa-la a frio.

    Gasparzinha, as tacinhas azuis estavam esquecidas no armário, vê lá tu! É o q faz ter muita loiça!

    Cacahuete este chantilly é um ESPETÁCULO! Já dei a sobremesa a provar a várias pessoas e ficaram todas fãs.

    Claudia M., em vez de miso usa leite condensado na mesma quantidade e mantém-se light.

    Ameixinha, a Mary Poppins tb faz parte da minha infância e agora da infância da minha filha. Pois ambas adoramos os classicos musicais.

    Abelhinha, as passas não se notam. Ficam trituradas e nem sabe, pois o sabor da abóbora sobrepõe-se. A função das passas é diminuir o açúcar a adicionar para tornar a sobremesa doce. Por isso é um doce saudável.

    Elisabete que bom! Ainda bem que te disponho bem :) O mais giro de tudo é que até eu me alegro a mim própria enquanto publico. As músicas fazem-me saltar da cadeira.

    Mary, o miso podes substituir por leite condensado, o vinagre de ameixa substitui por vinagre de arroz (não convém usares de vinho ou de maçã, são muito fortes). Mas é bem possivel que nem seja muito necessário levar vinagre. Eu é q pus para ganhar estrutura conforme se faz à maionese.

    Fabiana, esta sobremesa é bem o seu género. Arrisca fazer que vai adorar concerteza :)

    Tininha! Obrigada por aplaudires de pé :) Vénia...

    Sónia Paula, bem vinda ao meu blog.

    Kristininha, obrigada. O nome a mim diz-me...Mágia! :) E um chantilly de cajú é algo mágico, não é? :)

    Beijinhos a todas.
    Obrigada pela visita.
    Até amanhã.

    ResponderEliminar
  18. Chantilly de cajú é mesmo um show.
    Eu adorei o teu molho de caju, por isso imagino o chantilly. O difícil por cá é arranjar caju cru.
    bjs

    ResponderEliminar
  19. O aspecto é bom o nome adequado :-) mas duvido que a minha criança goste, por agora só come coisas mais básicas :-) mas eu comia já uma tacinha

    ResponderEliminar
  20. Rute olha só que maravilha,com abobob dim deve ficar muito bom.

    bjs

    ResponderEliminar
  21. Difícil dizer, mas, aposto, muito facil comer!
    Rute, sempre em alta!
    Desconheço esse chantilly de cajú - que chique! lol
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  22. Bom dia Rute!
    Peço desculpa de só agora responder á tua pergunta, mas tenho andado a tratar da minha quinta virtual, já que não posso ter uma de verdade como a tua, o bolo de mel leva mesmo 4oog de leite mas esqueci-me de mencionar a farinha. A receita agora já está correcta, peço desculpa pelo lapso.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  23. Adorei o nome, o filme é 1 marco na minha infância...
    Super bem escolhido
    1 beijo kida e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  24. olá querida! passei para ver se tinhas novidades... e que deliciosas!!! adorei!
    eu ando a ver se ponho as visitas em dia. :)
    mil bjos e bom fds!

    ResponderEliminar
  25. Rute,
    Que aspeto delicioso
    Embora não conheça alguns dos ingredientes mas decerto deve ser muito bom.
    Adorei o chantilly de cajú
    fiquei com curiosa para
    experimentar.

    Bjinhos,e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  26. Olá Rute
    Há anos que não ouvia a palavra mais comprida que conheci..;)
    Vou ficar atenta, este assunto interessa-me.
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  27. Olá Rute, deve serm bem bom, ehhhh ...
    Bjo

    ResponderEliminar