20 abril 2010

BRINHOLAS - FILHÓSES OU BROAS DE BANANA?

Sim, eu sei que a culpa é toda minha. Mas ficou uma "culpa" tão saborosa!
Tanto transformo rosas em pão como filhóses em broas! Devia seguir o conselho dum amigo meu que diz sempre: A primeira vez que reproduzo uma receita, nunca invento. Quando repito é que aplico o meu cunho pessoal.
Ahhhhhhhhhh tá bem tá! Como se isso fosse fácil pra mim, não inventar!
Bom, mas de qualquer forma, deixo a receita das duas. A receita original é a das brinholas moçambicanas, ou traduzindo à letra, filhoses de banana. A receita inventada é a das broas de banana e apresento-a de seguida.
INGREDIENTES:
  • 2 bananas maduras;
  • Sumo de 1/2 laranja;
  • 200 gr de carolo de milho;
  • 1 ovo;
  • 1 chávena (café) açúcar mascavado claro;
  • Canela em pó a gosto;
  • Amêndoa partida q.b.;
  • Côco ralado q.b.;
  • Pepitas de chocolate amargo q.b.
CONFECÇÃO:
Esmigalhar as bananas com um garfo, juntando ao mesmo tempo o sumo da laranja para ajudar a esmigalhar. Adicionar um pouco do carolo de milho. Misturar bem e anexar o ovo batido. Adicionar mais um pouco de carolo de milho, açúcar, canela. Misturar bem com o garfo. Adicionar a amêndoa, o coco desidratado. Verificar se precisa de mais carolo de milho. Terminar com a adição das pepitas de chocolate.
A massa não deve ficar seca demais, mas também não deve ficar molhada demais. Com a ajuda de 2 colheres deve conseguir moldar broas em formato de pasteis de bacalhau.
Unte a forma da actifry com óleo de milho, disponha os pasteis sem tocarem uns nos outros e frite-os na Actifry, pulverizando-os de óleo quando necessário.
Fantásticas! Mia culpa, mia culpa, mia tão grande culpa :)
OUTRAS RECEITAS MOÇAMBICANAS:

16 comentários:

  1. Rute,

    Lembras-te de cada coisa. Não conhecia tal receita. Mas achei bastante intrigante. Será que dá para levar ao forno em vez de fritar?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Cacahuete, eu acho que sim, que dá.

    No fundo a Actifry é um género de forno mas com ventilação.
    Beijinhos. Boa noite.

    ResponderEliminar
  3. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos e a vós irmãos que rogueis para que a nossa querida Rute nunca pare de inventar e de nos abençoar com estes picos de imaginação altamente bem sucedidos!!
    :))Adorei o aspecto das broínhas!
    Querida Rute, já te agradeci no meu blog a tua preocupação pela minha ausência mas não posso deixar de o fazer aqui novamente: és uma amiga e pêras, muito obrigada!! Andámos os três constipados à vez...e a bébé foi a última e a mais crítica adoentada! Ainda está a recuperar, mas penso que o pior já passou!!!
    Um grande beijinho docinha amiga, vou ver o que tenho andado a perder!!

    ResponderEliminar
  4. Epá tenho que exprimentar esta delicia.
    Adorei x

    ResponderEliminar
  5. Rute, deve ficar gostoso só pela descrição dos ingredientes.
    Você falava das frutas em que vivo tropeçando. Menina, ainda hoje encontrei 3 pés de mamão carregadinhos. Framboesa americana e morango silvestre, pelo menos uns 10 pés, todos nas calçadas. Fiz sorvete com as frutas vermelhas e publico em breve.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Que maravilha, vou fazer de certeza!!
    bjinhos
    Sandra

    ResponderEliminar
  7. Olá Isabelita! Que saudades!
    Lamento as cosntipações familiares. Causam sempre transtorno nas nossas vidas. Já lá fui ao teu blog ver o pica-pau vaca :)) Ainda deu para divagar nos comentários LOLOLOL

    Ana Powel, fico à espera duma fotos bonitas e duma receita trilingue para as Brinholas :)

    Gina, mal posso acreditar, você encontrou pé de mamão na rua! ó terra abençoada, e sorte a sua de encontrar antes que outras pessoas utilizem. Fico a aguardar os artigos com as frutas apanhadas.

    Olá Sandra, há quanto tempo também! Bem vinda de volta.

    Beijinhos a todas.
    Obrigada pelos comentários.

    ResponderEliminar
  8. Não quero saber do nome, se é filhóses, broas, mas comê-las já não posso dizer o mesmo.Agora ia umas quantas para o lanche.

    Só podia ser da minha terra. :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Ficaram umas brinholas adoráveis!
    Podes trazer para o lanche! :)

    ResponderEliminar
  10. Olá querida Rute, só passei aqui para te dizer que ainda estou a pensar nas tuas favas.. lolol
    beijinho grande.

    ResponderEliminar
  11. Sandra G. se gostaste dos brigadeiros de feijão, também vais adorar as broas de banana. Não são doces parecidos mas requerem alguém com horizontes abertos para os confeccionarem e provares. E tu tens!

    Maryzita, estas broas fazem lembrar as espalmadas, recordas-te?

    Isabelita, boltaste minha linda! As favas estávam uma delicia. Tenho umas publicadas aqui neste link (mas as de hoje eram ligeiramente diferentes, sem rebentos e com farinheira de soja em vez de chouriço de soja):

    http://publicarparapartilhar.blogspot.com/2009/04/scientific-experience-report-episode-6.html

    Beijinhos e até breve!

    ResponderEliminar
  12. E eu que adoro as tuas invenções!!! ès a "inventona" perfeita!

    ResponderEliminar
  13. Rute querida, estou louca para comprar uma actifry. vale a pena né? É que estou pensando em viajar à Orlando (E.U.A.) no próximo mês e vou ver se adquiro lá. Aqui no Brasil não é comum. Parece que vão lançar agora...

    ResponderEliminar
  14. Oi Mónica,
    só vi agora seu comentário.
    Sim, sim, vale a pena. Gosto imenso da Actifry, especialmente porque trabalha sozinha. Você pode estar fazendo outras tarefas que a "bichinha" trabalha sem vc estar lá do lado.
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderEliminar
  15. peço desculpa mas «brinhola de banana» é de CABO VERDE, NÃO DE MOÇAMBIQUE...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou totalmente de acordo, brinhola de banana é de cabo verde com certeza.

      Eliminar