17 maio 2010

RECYCLING FOOD - BOLO DE PÃO RALADO


Últimamente tenho ficado com muitas sobras de pão, porque se antes a Carolina só queria daquele pão fatiado sem côdea DE COMPRA :(, agora só quer o meu pão de forma para levar para os lanches da escola, mas não prescinde de tirar a côdea!
Muitas côdeazinhas resultam em pão ralado, mas não faço assim tantos panados como isso dai que tive de arranjar solução para as sobras de pão duro.
O bolo de pão ralado ficou extraordinário. Lembra o bolo de mel mas não levou mel. Lembra a torta de amendoa do algarve porque sente-se uns pedacinhos mas não levou amêndoa. Lembra um pão de ló por ser fofinho mas não leva farinha de trigo. É, portanto, um bolo de mentirinha.
O pão ralado caseiro que usei foi dum pão de farinha trigo integral com sêmola de milho. Talvez por isso pareça pedacinhos de amendoa...

INGREDIENTE:
  • 4 ovos M;
  • 3/4 chávena açúcar mascavado claro;
  • 1/2 chávena óleo amendoim;
  • 1 iogurte natural de soja;
  • 1 chávena pão duro ralado;
  • 1/2 chávena de maizena (fécula de milho);
  • 1 colher (sopa) canela em pó;
  • 2 colheres (sobremesa) coco ralado;
  • Raspa de casca 1 laranja;
  • 1 colher (sopa) rasa de fermento Royal.
CONFECÇÃO:
Na bimby, colocar os ovos inteiros e o açúcar, programar 2 minutos, velocidade 4.
Juntar o óleo e o iogurte, mais 2 minutos, velocidade 5.
Adicionar o pão ralado, maizena, canela em pó, coco e raspa laranja, programar 4 minutos, velocidade 5.
Quase no fim do último minuto e sem parar a máquina, deitar o fermento pelo bucal. Untar uma forma com óleo e levar o preparado a forno quente (200º/150º) durante 30 minutos.

19 comentários:

  1. Que excelente aproveitamento,adoro bolinhos simples.
    Tenho uma receita de um bolo com pão ralado e já não faço há imenso tempo,e é muito bom.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Muito delicioso e correto este bolo Rute! Sabe que eu nunca sei o que fazer com sobras de bolo? Da próxima vez já saberei!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Uma ideia excelente, nada se perde tudo se transforma!!!

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. É realmente bem diferente e deve ser delicioso!
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  5. Isso é que é reciclar :)

    Se calhar esse também ainda vai ser reciclado ;)


    Bjocas grandes

    ResponderEliminar
  6. Rute,
    Durante anos esse foi um clássico dos fins de semana em casa da minha mãe. Obrigada por m'o teres trazido de novo à lembrança, vou ver onde anda a receita dela :)
    Beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  7. É uma excelente ideia para aproveitamentos.
    em tempos tinha uma receita que fazia muito, mas que não sei onde pára...
    Gostei desta com iogurte.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Excelente ideia Rute, se não tivesses dito nada, nem se topava que levou pão em vez de farinha. E o bolo ficou bonito.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá a todas, obrigada por aparecerem por cá :)

    Isabelocas, Moira e Gasparzinha, se tem receitas de bolo de pão ralado, venham elas. Quero aprender convosco outras versões.

    Fabiana, gostei desse termo: muito correcto. De fazer com tanta gente passando fome, porque havemos nós de estragar comida não é verdade?

    Sandrinha, aqui em casa nada se perde isso é uma verdade. Mesmo não aproveitando o pão tem sempre outro caminho, como pão para galinhas ou pão para cães. E houve um tempo que eu e a carolina dáva-mos pão às tainhas do tejo, em passeios à beira rio.

    Ana Powell, ainda bem que vc gostou da sugestão.

    Claudia L., ninguém diz que este bolo é de pão ralado caso não seja avisado antes. Vale a pena reproduzir.

    Isa, reciclar o bolo é que já não dá! Já era!

    Cacahuete, eu também não imaginava que ficava assim tão especial. Tropecei numa receita parecida, mas sem iogurte nem coco, há 1 ano atrás, numa revista de culinária. Mas como perdi a receita, inventei uma baseada no bolo de iogurte. Estou fã! E a familia tb.

    Beijinhos a todas.
    Até breve nos vossos cantinhos.

    ResponderEliminar
  10. que aspecto tentador.

    tb conheço uma receita que aprendi num atelier de culinária para miúdos na biblioteca municipal, mas gostei mais da tua receita pois aque tenho é bem simples a atua sempre é mais nutritiva, com o iogurte.

    ResponderEliminar
  11. Por acaso até sou fã de côdea mas esta ideia é excelente :)

    ResponderEliminar
  12. Mas na verdade parece mesmo de amêndoa, o interior carregadinho de amêndoa moída regado com um calda aromática e doce...é melhor não olhar mais! :)

    ResponderEliminar
  13. O bolo está com optimo aspecto, mas o que gostei mesmo foi do nome, recycling, em época de reciclagem nada como reciclar ingredientes também, muito melhor que restos hehe
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Ficou lindo, eu tenho uma receita mas nunca fiz um dias destes experimento.
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Lembro-me da minha mãe fazer algumas vezes um bolo de pão ralado que ficava super fofo. Hei-de cuscar a receita dela mas pra já levo a tua. Já tenho saudades de um bolinho destes. : )

    ResponderEliminar
  16. Se a mentira tem pernas curta, o que dizer desse delicioso bolo de mentirinha??? Que na minha casa terá um tempo de vida curtíssimo!! A receita já está marcada :)

    ResponderEliminar
  17. oi flor.
    já vi tanta comida boa por aqui, que fica dificil resistir a gula, viu....
    amo bolo de pão.
    além de gostoso é sustentável, né.
    bjs.

    ResponderEliminar