19 novembro 2010

PUDIM-DOS-CÚS no Projecto Reciclar do D&T

Sempre adorei pudim de pão, no entanto nunca antes havia convencionado um.
Mas eis que dá-se inicio ao Projeto Reciclar na Cozinha do
Delicias & Talentos e vem-me à ideia esta sobremesa tradicional portuguesa. Inclusivamente porque na semana passada tive dias tão intensos de trabalho que compramos pão (de forma em fatias).
Quando isto acontece, comer pão NÃO caseiro (o que é raro), os cús de pão vão restando no saco plástico porque ninguém cá em casa gosta das pontas do pão-de-forma industrial. São achatadas, nada fofinhas e como ficam para último, ninguém lhes pega. Vão para os cães do meu sogro ou para o lixo :(
Desta vez não!! Ao ver 6 cús de pão, "multiculturais", reparei logo na potencialidade de inovar no
Desafio de Culinária Reciclada.
A importância de reciclar comida não está apenas no poupar dinheiro, está também no diminuir desperdício, reduzir o lixo que fazemos diariamente. Preocupa-me imenso o destino de tudo o que deito fora. Como é possível tratar todos os resíduos à velocidade que são criados pela humanidade!?
Por falar em desperdício recordei a
Petição lançada por António Costa Pereira levada à Assembleia da Republica, com o objetivo de alterar a lei portuguesa que proíbe a doação a instituições de caridade, das sobras de restaurantes, cantinas e afins.
Infelizmente a lei não foi alterada, mas foi possível dentro do espirito da lei, entender melhor as obrigatoriedades conseguindo-se reaproveitar as sobras desde que estas sejam transportadas, devidamente acondicionadas e em frio (arcas ou carrinhas frigorificas). Pelo que, daqui para a frente é possível pôr em marcha um movimento de solidariedade baseado na doação das empresas na área da restauração, às instituições de apoio à fome e à precariedade social.
Burocrático, mas possível !! E agora vamos ao pudim-dos-cús :))
INGREDIENTES:
2 cús de Brioche Francês;
2 cús de Pão alemão c/sementes;
2 cús de Pão Rústico Português;
1 punhado de uvas-passa;
6 ovos M;
500 ml de leite de soja;
1 colheres (sopa) rasa de manteiga de soja;
1 lata de leite condensado de soja (marca continente*);
5 bagas de cardamomo (usar as sementes interiores apenas);
Cascas de laranja;
Sumo de 1 laranja;
Caramelo;
Pau de canela reutilizado (de mexer café).

CONFECÇÃO:
Cortar os cús de pão em quadrados pequenos (de 2 cm). Demolhar as uvas-passa num pouco de leite. Aquecer o forno a 180º.
No copo da bimby vazio, colocar os ovos, o leite à temperatura ambiente, a manteiga e o leite condensado. Triturar 2 minutos, velocidade 3/4.
Juntar as sementes de cardamomo, as uvas-passas com o pouco leite que se havia retirado dos 500 ml, e o pão, triturar 2 minutos, velocidade 1/2, temperatura 40º.
Untar a forma com o caramelo liquido, deitar o preparado na forma e depositar cascas de laranja estrategicamente espaçadas. Levar ao forno a 150º em cima dum tabuleiro com 1 dedo de água, durante 40 minutos.
Deixar arrefecer, guardar no frigorifico durante pelo menos 2 horas antes de desenformar.
Para servir, rale um pau de canela reaproveitado por cima do pudim. Tenho o hábito de trazer para casa as canelas que os cafés dão para mexer o café, que lavo, deixo secar e reutilizo.
À parte faça um caramelo mais liquido com o sumo de 1 laranja inteira pois o pudim vai ter pouco caramelo ao desenformar.´
NOTA FINAL:
*Os supermercados Continente já têm à venda na areaviva (vegetariana), um leite condensado de soja delicioso e a preço acessivel. Contém óleo de palma que lhe confere um excelente sabor. Experimente esta alternativa.

32 comentários:

  1. Uma excelente participação. Uma bela sobremesa e muito boA! Adorei a forma como aproveitas-te as sobras. Nunca vi esse leite condensado da marca continente a ver se encontro.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Com muito bom aspecto ficou o teu pudim! Adorei o nome,lol..muito engraçado!!!
    Tambem não me importava nada de comer uma fatia agora mesmo.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. AH AH AH AH HA!!! Quando vi o nome tive logo de vir ver o que seria o pudim dos cús!!! Amiga, que imaginação a tua e que bela participação! Fantástico, o pudim ficou com um aspecto divinal!
    Beijinhos doces e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Ahahah! Não há nada como uma receita com um nome destes para espevitar a vontade de ler numa miúda de 6 anos que agora começa a aprender! As minhas miúdas adoraram ler o teu título e ficaram ainda mais entusiasmada para partilhar no desafio, de que lhes falei ontem.
    Apesar do nome, o pudim tem um excelente aspecto!

    ResponderEliminar
  5. Eh!eh!eh!, uma das ideias que eu tive para o desafio D&T foi exactamente pudim de pão.Mas depois encontrei outra receita que me agradou bastante.Surpresa.

    Está com um aspecto!!!!yhumm,yhum

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Eh eh eh, até eu me diverti a planear isto. Coisa que já é hábito! Farto-me de rir sozinha com as minhas maluquices :))

    Bem, mas hoje estou a fazer tudo às prestações. Tenho esta participação guardada, desde inicio do desafio, para publicar em dia que ninguém o fizesse. Por forma a alimentar a "chama" do passatempo.

    Porém, logo hoje tive um dia DAQUELES! Dai que só tive tempo de publicar o meu artigo, e só agora publiquei no D&T o link! Ufa!

    Finalmente, vim aos comentários...
    Beijinhos para vcs e fico à espera das vossas maluquices.
    Ana, estou curiosa com a inclusão das miudas no passatempo!!!

    Beijinhos às graúdas e às miúdas :)))

    ResponderEliminar
  7. Rute eu nunca comi Pudim de Pão, mas tenho muita vontade de experimentar.
    O seu ficou super bonito!
    Tb detesto jogar coisas no lixo. Temos que usar a imaginação para evitar o desperdício.
    Quando tenho sobras da ponta dos pães, como vc tinha, costumo cortar em cubinhos bem pequenos e torre para utilizar em saladas e cassarolas, p. ex.
    Fica muito gostoso e não pesa na consciência.
    Parabéns pela participação!
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  8. Pudim de pão era a receita que pensei em partilhar na blogagem !!!

    Agora vou atrás de outra...

    Gosto muito de pudim de pão. Além de saboroso, é uma forma de reutilização.
    Beijo

    ResponderEliminar
  9. Nunca fiz mas em breve sou capaz de experimentar. Só não gosto de passas... blrghhh :)

    ResponderEliminar
  10. Gosto imenso de pudim de pão. Quando vi o nome pensei logo em.......pão(claro):). Um nome bem dado para um bom aproveitamento.

    Cá por casa o pão que sobra, vai para os passarinhos de rua que também precisam de ser alimentados. É uma alegria o fim da tarde no meu jardim, mesmo quando chove.

    Bjnhs

    ResponderEliminar
  11. que maravilha de receita.. e com um nome bem original.

    ResponderEliminar
  12. Ahá!!!
    Minha participação também será com pão, mas bem diferente. Só falta preparar o post e isso depois que voltar de viagem. A semana será intensa e animadora!
    Gostamos muito de pudim de pão, mas a minha surpresa ficou por conta do nome. Ai, Rute...
    Bjs.

    ResponderEliminar
  13. Excelente ideia, parabéns! A iniciativa também é show!
    Ultimamente tenho aproveitado talos de verduras, que antes jogava fora, para fazer sopas e estou amando!
    VIVA A RECICLAGEM
    Um grande abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  14. Que ideia tentadora! :)
    Eu acabei agora mesmo de fazer um pudim para levar amanhã para casa dos meus pais. Receita nova, vamos ver se sai coisa boa!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Afinal, há mais rainhas de pudins...tb fiz um esta semana com as sobras, gosto muito de pudim de pão.
    Parabéns ficou excelente.
    bjsss

    ResponderEliminar
  16. Olá a todas,
    ficou bem e soube bem ;)

    É uma receita inventada, porém teve como base os outros pudins que tenho na etiqueta PUDINS.

    Esqueci-me de referir que provei-o ainda morno e nesta época de inverno julgo que é a melhor forma de o fazer. Estáva ainda mais delicioso morno do que frio.

    Uma excelente sobremesa para Natal, não achas?
    Beijinhos e fico à espera das vossas maravilhas.

    ResponderEliminar
  17. Bom, ainda não chegou...
    *leia-se nesta época de Outono :))

    ResponderEliminar
  18. Rute,
    Ficou com um excelente aspecto este pudim de pão. Nunca comi pudim de pão, mas acabei por ficar com uma excelente receita para aproveitamentos de pão. Tens aqui uma boa participação no passatempo, sim senhor!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Fartei-me de rir so com o nome do pudim/ Sim, senhora Dona Rute, trouxe-nos uma receita original e que apreoveita sobras de pao. Excelente.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Rutinha, nem outra coisa eu esperava de ti! Como é possível que 6 rabiosques rejeitados, resultem num pudim tão perfeitinho e salivante?
    Acredito que em muitos lares a sobra dos cús seja uma constante (as crianças não gostam muito e os adultos nem por isso, lol) e a brilhante ideia é uma contribuição super criativa para os aproveitar!
    APLAUSOS (e bis, se possível)!!!
    Hihihi:)

    ResponderEliminar
  21. Esse nome desperta a curiosidade de qualquer um ehehehe

    Também gosto de experimentar receitas vegetarianas e já vi que no teu blog posso tirar umas ideias :)

    Boas receitas!!

    ResponderEliminar
  22. Olá olá!

    Carla, se nunca provaste, não percas pela demora! Há sempre pão a sobrar em todas as casas.

    Cacahuete, também fiquei satisfeita com o resultado mas depois pensei que podia ter sido ainda mais criativa :(

    Maryzita, essa de rabiosques rejeitados fez-me rir a "potes". Adoro os teus comentários, ah ah ah.

    DocesMinutos, também já andei a navegar no teu blog. Gostei muito da entrevista à nutricionista sobre a soja.´

    Beijinhos a todas e voltem sempre.
    Mais em baixo encontraram outras receitas recicladas, no artigo Sustento Habilidade da Teia Ambiental.

    ResponderEliminar
  23. Minha querida Rute, pelo que saiba aqui no nosso país tbm não se podem doar sobras de restaurantes aos asilos e instituições afins...sabe-se lá que medo é esse...não vão ficar mais doentes do que já estão, mas sim, mais alimentados e felizes, desde que observadas as condições hiogienicas logicamente...

    Quanto ao seu convite de participar do projeto da reciclagem de alimentos, ainda não tive oportunidade de pensar em algo para aproveitameto das sobras, mesmo pq em casa quase não há sobras, costumo fazer meus quitutes na medida certa...mas quem sabe qualquer dia possa acontecer não é?

    O pudim acima, não há mais que elogiar, está perfeito, divino!

    Um abraço pra voce,
    Tenha um ótimo dia!

    ResponderEliminar
  24. Esse nome é do melhor! O teu pudim tem óptimo aspecto, fiquei fã do pudim de cú... lol... Bjs

    ResponderEliminar
  25. Olá, adoro o teu blog, tem receitas muito criativas.
    Estou doida com a potencialidade do kefir agora que sou intolerante ao leite.
    Podes arranjar-me alguns grãos por favor?
    Margarida

    ResponderEliminar
  26. Renata,

    pelos vistos cá em Portugal está-se conseguir dar volta à questão. Talvez seja possivel também aí no Brasil passar a doar as sobras às instituições. Vou torcer para que sim.

    Suzi, o pudim é bom, mas o nome realmente é apelativo, ah ah ah.

    Margarida,
    infelizmente, de momento, não tenho grãos. Com a falta de tempo geral abdiquei do meu kefir pois estáva dificl cuidar dele todos os dias e até mesmo aproveitar a produção.
    Quando eu tiver mais grãos aviso num post.

    Beijinhos a todas.

    ResponderEliminar
  27. Adorei este teu pudim.
    Desconhecia por completo que existia leite condensado de soja, já está na minha lista de compras.
    Obrigado pela partilha.
    Bjs

    ResponderEliminar
  28. Sabes que no feriado fiz uma refeição reciclada e lembrei-me do desafio, mas como pensei q já tinha terminado nem uma foto tirei... bolas... Vou tentar novamente! Estou, outra vez, com emprego novo, como sabes e não tenho tempo para nada, mas consigo um tempinho para um almoço, e tu andas mto ocupada? Bjs

    ResponderEliminar
  29. Olá,
    desculpem o atraso na resposta!

    Teresa, o pudim é divinal. Propicio às sobras de pão das festividades natalicias. O leite condensado de soja tmabém é muito bom. Experimenta!

    Suzi, amiga, peço muita, mas muita desculpa mas ainda não consegui um tempinho para ir almoçar contigo! Sempre que vou a Lisboa é de fugida! Sinto-me extremamente em falta mas por enquanto não posso combinar nada.

    Beijinhos a ambas.

    ResponderEliminar
  30. Rutinha
    escolhi esta receita para compartilhar lá no Dicas Green, por ter ingredientes simples, por parecer delicioso e porque o nome é engraçado pra gente aqui no Brasil, seria o equivalente a asshole, heheehehe

    adorei e muito obrigada!
    beijinhos green

    ResponderEliminar