28 fevereiro 2010

SALADA LÍQUIDA PARA A MANUELA

O blog Delicias e Companhia fez 2 anos de existência e para comemorar decidiu desafiar os seus leitores a publicarem uma salada no passatempo "Dás-me uma salada?"
À última da hora senti a veia criativa a latejar e ontem fiz uma salada liquida para o jantar com umas torradinhas barradas com creme de tofú com ervas.
Manuelita, aqui tens uma salada líquida muito saborosa que deve ser bebida como se estivesses a mastigar para dar tempo ao organismo de ficar satisfeito. Apesar de ser um néctar aveludado.
INGREDIENTES (para 2 pessoas):
  • Sumo de 6 laranjas;
  • Sumo de 1 lima;
  • 3 folhas de alface;
  • 1 cenoura;
  • 1 abacate maduro e pequeno;
  • 2 colheres (chá) açúcar mascavado claro.
CONFECÇÃO:
Extrair o sumo às laranjas e à lima. Deitar no copo do liquidificador. Lavar as folhas de alface à torneira e retalhá-las para dentro do sumo com os dedos. Esfregar a cenoura e tirar-lhe as pontas, cortar às rodelas, juntar ao sumo das laranjas. Adicionar a polpa do abacate aos cubos mais o açúcar. Programar 2 minutos, velocidade 8/9.

27 fevereiro 2010

APOIO DOS PAIS EM SEMANA DE BAIXAS MÉDICAS

Duas auxiliares de baixa médica, e agora?


Esta semana que passou (de 22 a 26) viu-se a escola da minha filha com menos 2 auxiliares de acção educativa. Por motivos de cansaço, desanimo e estado emocional abatido, 2 funcionarias entraram de baixa gerando o "panico" entre professores, colega auxiliar e coordenadora.


O Agrupamento preocupado em manter a escola aberta, enviou 1 funcionária doutra escola para assegurar alguma normalidade no funcionamento em periodos isolados. E em conversa com a Associação de pais, no dia 23, Terça-feira, solicitou ajuda aos pais para a hora de almoço.

No dia 24, 25 e 26, quarta, quinta e sexta respectivamente, 2 mães em cada dia, alegraram e vigiaram o recreio das 12h às 13.30, com jogos colectivos entreteram as crianças que ingenuamente perguntavam:

- É dia da mãe? Foi por isso que vieram brincar connosco?
- Olhe, volta amanhã? Quando é que voltam outra vez?

Foi uma experiência muito enriquecedora e gratificante. Um regresso à infância para os pais que voltaram para casa com o coração cheio de carinho. Falo por mim que nunca recebi tantos miminhos e abracinhos como nos 2 dias que estive presente. Até tive umas quantas "cabeleireiras" a arranjarem-me o cabelo :)

Por outro lado, foi uma oportunidade única para dar valor à profissão de funcionária escolar, já que não é fácil gerir 160 meninos num recreio sem nada para brincar à excepção duns traçados sumidos do jogo da macaca, entre outros.

Para nós pais foi fácil entregarmo-nos às brincadeiras tentado não descuidar da vigilância, pois foram apenas uns dias. Até porque não eramos as únicas adultas no recinto, estavamos acompanhadas por 2 funcionárias (uma da escola, outra do agrupamento).

Mesmo assim, ainda assisti no 1ºdia a um confroto fisico feio que me destabilizou emocionalmente, já que não estou habituada a violência. Aqui como em tantas outras escolas sente-se o preconceito racial e a diferença de classes. Apelo aos pais para educarem os vossos filhos de mente aberta. Não cataloguem as outras crianças de acordo com a raça, a deficiência ou o estado social. Ensinem-os a cultivar a paz e a distribuir amor. Sejam vocês pais, o exemplo, antes mesmo de qualquer ensinamento. E aprendam com os vossos filhos a serem melhores seres humanos, a não poluir, a colaborar na reciclagem, etc.

Por último, dirijo a minha palavra ao corpo docente. Numa semana como esta, de baixas médicas, é natural que seja necessário todos nós colaborarmos. "Em tempo de guerra não se limpam armas", dai que uma mãe pode ser uma auxiliar, uma professora pode ser uma auxiliar, uma coordenadora pode ser uma auxiliar. As funções que teriam de ser desempenhadas pelas auxiliares de baixa podem ser distribuidas por todos nós, e se há um quadro para limpar, um recreio para vigiar, um portão para controlar na hora de saída, o mais natural é darmos um pouco mais para colmatar a falta verificada. A união faz a força. E a compreensão move montanhas.

26 fevereiro 2010

ELIXIR DE TOMARILHO E FUNCHO

Andava danadinha para experimentar o tomarilho num néctar. Aprecio bastante o fruto desde a altura em que a minha tia semeou umas sementes no quintal. Sempre o comi partido às rodelas, povilhado de açúcar, na época natalicia. Tem um sabor agri-doce, bastante tropical.

É um fruto que se aprende a gostar. Possivelmente não se morre de amores por ele à primeira prova. Lembra o tomate, suavemente o maracujá...

O
funcho em sumos foi uma revelação muito positiva. Informei-me sobre ele, li que sabe ligeiramente a anis e casei-o com o tomarilho. Muito bom! Vou passar a usar funcho fresco com frequência. Provei-o antes de triturar e é saboroso em crú.

INGREDIENTES:
  • Sumo de 3 laranjas grandes doces;
  • 1 tomarilho descascado;
  • 1/5 de bolbo de funcho;
  • 1/4 maçã real gala;
  • 1 colher (chá) açúcar mascavado claro.


CONFECÇÃO:

Num espremedor retirar o sumo às laranjas. Deitar num liquidificador. Juntar tudo aos cubos: tomarilho, funcho, maçã e açúcar. Triturar 2 minutos, velocidade 8/9.

25 fevereiro 2010

BOLO-REI SALGADO ou MERENDA REAL

Não sei em que blog vi pela 1ªvez a coroa salgada. Na altura pensei: -Oh que giro que fica, mas é uma pena ser com enchidos de porco.

Entretanto, descobri na Biocoop as
mortandelas vegetarianas e rapidamente se fez luz: - Vou poder fazer uma coroa lacto-vegetariana!

Na onda dos bolos rei e das farinhas de brioche, inventei uma merenda real, parecida com as merendinhas da pastelaria.
Já que a mortadela tinha pouca cor, pincelei o interior da massa com pasta de pimentão. E assim até parece que o bolo-rei salgado leva chourição verdadeiro :) Esta cabecinha não pára!!

INGREDIENTES:

250 gr água morna;
500 gr farinha de brioche Nacional;
2 colheres (sopa) vinho Porto;
100 gr farinha trigo T65;
Azeite q.b.;
Pasta de pimentão q.b.;
1 embalagem de queijo flamengo dos Açores (LIDL);
Oregãos em folha secos q.b.;
1 embalagem de
BioSmile Kentucky;
1 ovo e 1 colher (sopa) vinho Porto;
Azeitonas para decorar.
CONFECÇÃO:
Na bimby deitar a água morna e a farinha de brioche. Programar 5 minutos, velocidade espiga. Ao 3ºminuto juntar o vinho do Porto. Verificar se a massa não está húmida demais, caso esteja, adicione farinha branca normal (eu tive de juntar cerca de 100 gr).
Tape com um pano à volta e outro por cima. Deixe levedar 1 hora.
Ao fim deste tempo, aqueça o forno. Enquanto isto, regue a mesa de trabalho com uns fios de azeite. Entorne a massa de brioche para a mesa, unte-a em ambos os lados com o azeite da mesa enquanto espalha em lençol.
Comece a rechear: Pincele com o pimentão; disponha as fatias de queijo; povilhe com os oregãos secos; termine com a mortandela veggie.
Enrole. E depois dobre o rolo sobre um tapete de silicone até formar um circulo. Feche as pontas.
Com uma faca dê cortes sem nunca chegar ao extremo interior da coroa. No entanto esses cortes vão até baixo. Leve ao forno a 50º para levedar mais 30 minutos.
Findos os 30 minutos, pincele com ovo e vinho do porto (utilizei o que sobrou do King cake) e aumente a temperatura para 200º. Em principio demorará 30 a 40 minutos a ficar pronto.

22 fevereiro 2010

SMOOTHIE DE AMÊNDOA COM ALPERCES SECOS

Devido à existência de leite de amêndoa, natas de amêndoa, iogurte de amêndoa e aos 3 kilos de amêndoa com casca que comprei no Algarve na passagem de ano, veio-me à ideia juntar amêndoa a um néctar de fruta, obtendo um sumo leitoso, sedoso, encorpado com paladar amendoado.
INGREDIENTES:
  • Sumo de 3 laranjas grandes doces;
  • Sumo de 1/2 lima;
  • 10 amêndoas peladas;
  • 4 alperces desidratados;
  • 1 maçã reineta;
  • 2 colheres (chá) açúcar mascavado claro.
CONFECÇÃO:
Descasque as amêndoas. Deite-as numa tijela com água a ferver até a pele enrugar e ser fácil de extrair.
Esprema os citrinos. Deite-os no copo da bimby (ou outro liquidificador), coloque os alperces a demolhar dentro do sumo. Junte as amêndoas peladas e a maçã reineta aos cubos sem casca. Adicione o açúcar e programe 2 minutos, velocidade 8/9.
Se preferir, substitua a maçã reineta por um pêro para suavizar acidez. Para mim, prefiro a maçã reineta.

21 fevereiro 2010

KING CAKE ou BOLO-REI DE CARNAVAL

Desde Janeiro que planeava a confecção do bolo-rei de Carnaval. Não pensem que é invenção minha! Ou melhor, é, mas não é. Só posso ficar com os créditos da apresentação e dos ingredientes. O conceito é americano, de New Orleans.

Apesar de em Portugal o bolo-rei ser típico desde a época natalícia até ao dia de reis, nos E.U.A. a tradição manda que o
King Cake seja comido durante as festividades de Mardi Gras (Terça-feira gorda de Carnaval).

Demorei a decidir-me pois não me atraiu, nadica de nada, usar corantes, icing sugar, ou pasta americana. Mas era imprescindível utilizar as 3 cores da
bandeira do Carnaval de New Orleans: Roxo, Amarelo e Verde. Quando percebi que os americanos costumam decorar os King Cakes com colares de pérolas nas 3 cores da bandeira, veio-me à ideia servir-me das serpentinas para decorar o bolo!!

Significado das cores: Roxo - Justiça; Amarelo - Poder; Verde - Destino.

INGREDIENTES:
  • 250 ml de água morna;
  • 500 gr Farinha Brioche da Nacional;
  • 2 colheres (sopa) de vinho do Porto;
  • Azeite q.b.;
  • Creme de Pasteleiro Puratos (500 ml água;160gr pó de pasteleiro;80 gr frutose);
  • Amêndoas com pele laminadas;
  • 8 alperces desidratados;
  • Raspa de 3 limas;
  • 1 ovo com 1 colher (sopa) vinho Porto para pincelar.
CONFECÇÃO:

Prepare o creme de pasteleiro antes da massa de brioche e reserve no frigorifico.

Na bimby deitar a água morna e a farinha de brioche. Programar 5 minutos, velocidade espiga. Ao 3ºminuto juntar o vinho do Porto. Verificar se a massa não está húmida demais, caso esteja, adicione farinha branca normal (pouca).

Tape com um pano à volta e outro por cima. Deixe levedar durante 1 hora. Enquanto isto, descasque as amêndoas (utilizei as que comprei no Algarve na passagem de ano) e laminei-as com uma faca. Não as pele, ficam mais saborosas com pele evitando o desperdicio. São muito mais saborosas quando descascadas na altura.

Quando faltar 10 minutos, aqueça o forno. Deite riscos de azeite sobre uma mesa onde posteriormente irá estender a massa. Espalhe a massa, unte-a com o azeite da mesa de um lado e de outro. Corte 2 tiras compridas e largas. Rechei-as com a amêndoa laminada, os alperces cortados aos pedacinhos e a raspa das limas. Por fim, deposite fatias de creme de pasteleiro ao longo das faixas, numa risca única. Feche as tiras com o recheio ao centro. Suavemente, entrelace as duas "cordas" de massa uma na outra já em cima dum tapete de silicone. Leve ao forno a levedar 30 minutos à temperatura de 50º.

Terminado este tempo, bata um ovo com vinho do porto, pincele a trança e aumente temperatura para 200º. Quando o topo começar a corar baixe a temperatura para 150º. Verifique que está cozido com um palito. Em principio demorará 30 a 40 minutos a estar pronto após a 2ªlevedação.

NOTA:

Pode usar casca de outro citrino, no entanto, a lima dá-lhe um aroma e sabor único! Os meus agradecimentos à
Abelhinha que me ofertou estas limas verdinhas. São óptimas!

19 fevereiro 2010

THINK PINK, DRINK PINK, HAVE A PINK LIFE

Vida cor-de-rosa, quem é que não quer?
Comecêmos então pelo que bebemos, pode ser que ajude :(

Os arandos desidratados descobri-os na secção veggie do Intermarché. São deliciosos. Tenho-os comido com os cereais de pequeno almoço.

INGREDIENTES (para 1 pessoa):
  • Sumo de 1 toranja madura;
  • Sumo de 1 lima;
  • Sumo de 1 romã;
  • 1 maçã reineta sem casca;
  • 8 arandos desidratados;
  • 1 colher (chá) de açúcar mascavado claro.
CONFECÇÃO:

Num espremedor retirar o sumo à toranja, à lima e à romã.

Colocar o sumo obtido no copo liquidificador. Deitar lá para dentro a maçã reineta aos cubos. Juntar os arandos e o açúcar. Deixar em reposo uns 7 minutos para hidratar os arandos.

Programar 2 minutos, velocidade 8/9.

Um pequena maravilha, esta poção de amor, adaptável ao dia dos namorados :)

E como PINK lembra sempre PINK PANTER fiquemos com a sensualidade do genérico:

16 fevereiro 2010

QUICHE ROMÂNTICA DE SALSICHAS E COUVE

Um amor de quiche! Daquelas de se ficar completely in love! You know it´s true, I´m completely in love with you :)

INGREDIENTES:

2 bases de massa quebrada;
Azeite q.b.;
2 cebolas médias (usei 1 branca e 1 roxa);
Couve lombarda q.b.;
1 pacote pequeno de polpa tomate;
Sal, pimenta e cerefólio em pó;
1 cenoura em juliana;
1 frasco de salsichas de soja;
6 ovos M;
2 chávenas (café) de leite soja natural (sem açúcar e sem aromas);
Folhas de espinafre q.b.

CONFECÇÃO:

Num tacho refogar a cebola com o azeite. Cortar e juntar a lombarda em juliana grossa. Regar com a polpa de tomate. Deixar a couve diminuir de volume. Temperar de sal, pimenta e cerefólio desidratado. Ralar e juntar a cenoura em juliana fina. Cortar as salsichas às rodelas. Adicionar ao refogado, incorporar bem e apagar o lume.

Numa tarteira de base amovivel (ou outra) desenrolar a massa quebrada de compra (usei pingo doce). Numa tijela bater os ovos com pitada de sal e pimenta. Anexar o leite de soja, bater bem. Deitar o refogado na tarteira. Regar com os ovos batidos. Terminar com as folhas de espinafre por cima. Tapar com a 2ªbase de massa quebrada rendilhada pelo cortador.

É notório que desta vez consegui ser mais hábil com o cortador. Baseada na minha experiência, aconselho a fazerem o seguinte: cortem faixas à largura do cortador e não tentem aplicar o cortador em toda a base. As faixas após recortadas vão abrir e ficar largas. Decore a quiche com 2 faixas, aplicando do meio para as laterais da tarteira. Aparem as pontas que sairem fora da tarteira.

ARTIGOS RELACIONADOS:

Quiche de Alho Francês e Tofú Fumado
Empanada Galega com Massa de Kéfir-soja

NOTA:

Utilizei 6 ovos porque a minha tarteira é bastante grande (30 cm de diametro). Caso utilize tarteira mais pequena, diminua a quantidade de ingredientes.

14 fevereiro 2010

BLOODY NECTAR - AMORAS, LARANJA E BANANA

Se doas sangue, bebe liquidos. Convém!
E este néctar é riquissimo em anti-oxidantes.
Delicioso. Experimentem!
INGREDIENTES:
  • Sumo de 3 laranjas grandes algarvias;
  • 1 banana da Madeira;
  • 125 gr de amoras maduras;
  • 2 colheres (chá) frutose.
CONFECÇÃO:
Extrair o sumo às laranjas num espremedor. Num copo misturador juntar o sumo com a banana às rodelas e as amoras bem lavadas. Frutose e programe 2 minutos, velocidade 8/9 da bimby.
Beba de imediato.
Se as frutas tiverem vindo directamente do frigorifico o néctar ficará mais fresquinho.

07 fevereiro 2010

QUEQUES DAN CAKE CASEIROS de laranja inteira

Ahhhhhhhhhhhhh, agora enganei-vos! Pensavam que eu publicaria de seguida outra quiche, não é? Dada a minha tendência de produzir em série, tudo apontava para uma variação de quiches no seguimento da primeira (esta frase engraçada foi um comentário da Canela). Não é que me faltasse vontade mas decidi contrariar uma das minhas caracteristicas mais marcantes.

Os queques são uma invenção baseada no bolo de laranja inteira que tenho visto na blogosfera. O último que me impulsionou a agir foi o da
STA, publicado na semana passada. Influências dacoli e dacolá e pumba, sai uns queques de textura super idêntica aos queques Dan Cake da nossa juventude. Porém o sabor destes é intenso a laranja e os Dan Cake tinham um sabor mais a baunilha. Ora reparem nos ingredientes e na maneira de confeccionar para apreciarem as diferenças em relação ao bolo de laranja inteira.

INGREDIENTES:

  • 1 laranja grande;
  • 1/2 chávena de óleo de amendoim;
  • 1 chávena de açúcar branco;
  • 1/2 chávena de açúcar mascavado claro;
  • 1 iogurte natural de soja;
  • 1 chávena de farinha branca;
  • 1/2 chávena de farinha maizena;
  • 4 ovos;
  • 1 colher (sopa) fermento Royal.

CONFECÇÃO:

Lavar a laranja inteira com uma escova para retirar todas as impurezas. De preferência que a laranja seja biológica pois é na casca que ficam todos os pesticidas das que não o são. Retirar as pontas à laranja com uma faca, cortar aos quadrados e triturar na bimby, velocidade 5, durante 30 segundos. Se depois deste tempo ainda não estiver bem triturada, dê um toque de turbo.
Juntar o óleo e o açúcar branco. Triturar mais 30 segundos na velocidade 5.
Juntar os restantes ingredientes à excepção do fermento. Programar 4 minutos, velocidade 5.
Quase no final do 3º minuto juntar o fermento (quando faltar 1 minuto e 15 segundos). Terminado o 3ºminuto, parar a bimby e mudar para a velocidade espiga até terminar o tempo.
Deitar o preparado nas formas forradas com caixinhas de papel. Não untar. Encher quase até a cima. Não estranhe o facto da massa ser algo consistente, ela ficará fofa depois de cozida. Leve a forno a 180º durante 20 minutos.
Estes queques são super indicados para os lanches dos miudos na escola.

05 fevereiro 2010

QUICHE DE ALHO FRANCÊS E TOFÚ FUMADO

Para desenjoar dos néctares, aqui vos trago uma quiche inventada que resultou muitissimo bem. É tão boa que dispensa apresentações.

O rendilhado superior consegue-se com este
cortador que comprei na Puratos. Ainda estou a aprender a lidar com o utensilio, pelo que a cobertura não está perfeita. Mas já dá aquele aspecto, Tcharan!
INGREDIENTES:
  • 2 bases de massa quebrada de compra;
  • 3 alhos franceses (parte branca);
  • 125 gr tofú fumado;
  • Folhas de espinafre q.b.;
  • 6 ovos;
  • 500 ml de leite de soja;
  • 3 colheres (sobremesa) de farinha trigo;
  • Sal e pimenta q.b.
CONFECÇÃO:
Colocar uma das bases a cobrir a tarteira.
Abrir os alhos franceses ao alto e lavar bem em água corrente por dentro. Cortar em fatias de 0,5 cm. Espalhar na tarteira.
Cortar o tofú fumado em cubinhos pequenos. Misturar com o alho francês.
Cobrir com folhas de espinafre cruas, cortadas grosseiramente com os dedos.
Bater os ovos com um garfo, adicionar um pouco de leite e de farinha. Bater bem, temperar de sal e pimenta. Deitar na tarteira por cima do conteúdo.
Amornar o restante leite no micro-ondas e por fim, adicionar a farinha. Bater até desfazer. Derramar sobre a quiche. Abanar a tarteira para unir os dois liquidos.
Cortar a 2ªbase com o cortador, abrir os cortes e cobrir o preparado.
Levar ao forno a 200º durante 30 minutos.

04 fevereiro 2010

NÉCTAR REINHETA COM GOJIMA

Ah ah ah ah, eu até me divirto com isto :) Reinheta com gojima porque é um néctar de maçã reineta com bagas goji, topam!? Ah ah ah, que rico trocadinho, continuo a rir-me com a idiotice, desculpem qualquer coisinha ;)
INGREDIENTES:
  • Sumo de 3 laranjas grandes algarvias;
  • 3 maçãs reinetas pequenas sem casca;
  • 2 colheres (sopa) bagas goji desidratadas;
  • 2 colheres (chá) açúcar.
CONFECÇÃO:
Espremer as laranjas, deitar o sumo no copo da bimby ou no copo dum liquidificador. Retirar a casca e caroços às maçãs reinetas, cortar aos pedacinhos e colocar logo dentro do sumo para não enegrecer. Juntar as bagas goji e o açúcar. Deixar uns 10 minutos a descansar para as bagas goji demolharem. De seguida, programar 2 minutos, velocidade 8/9.
É incrivel mas o néctar não sabe a laranja, nem a maçã, tem um sabor tropical desconhecido. Experimentem. Vão adorar.

02 fevereiro 2010

NÉCTAR À MARTELADA! ANANÁS/LARANJA/COCO

Andáva, há que séculos, para usar coco fresco nas confecções cá de casa. Comer já tinha comido em Itália, pois lá encontramos com frequência pessoas a vender na rua, fatias de coco fresco que estão num género de fruteira onde pinga água gelada sobre os pedaços de coco.

Um pedacinho de coco gelado sabe deliciosamente em dias de verão italiano. O paladar do coco fresco para mim é identico ao sabor da amêndoa crua. Não tem nada a ver com o coco desidratado que muitas vezes contém açúcar.

A ideia do néctar de ananás/laranja/coco é dica da
Gasparzinha partilhada aqui em comentário aos néctares anteriores. Suponho que o dela leve coco de pacote e aposto que é tão delicioso quanto este, mas diferente concerteza :) Thank you ao No Soup For U. É uma benção quando alguém deixa sugestões que me levam a novas experiências. Adoro toda esta partilha reciproca que acontece diariamente na blogosfera.
INGREDIENTES:
  • Sumo de 3 laranjas grandes algarvias;
  • 4 a 5 fatias de ananás natural biológico;
  • 1 pedaço de coco fresco, sem casca e lavado em água purificada;
  • 2 colheres (chá) de açúcar.
CONFECÇÃO:
Partir o coco com um martelo. Utilizar a parte da forquilha do martelo nos "olhos" do coco. Para retirar um pedaço, utilizar uma faca no nucleo do coco.
Espremer as laranjas, juntar o sumo da laranja, ao ananás cortado aos pedaços dentro do copo da bimby. Adicionar o coco cortado. Adoçar com açúcar. Programar 2 minutos, velocidade 8/9.
Convém as frutas estarem muito fresquinhas, torna o néctar mais especial ainda.

01 fevereiro 2010

NÉCTAR NATURAL DE KIWI/LARANJA

Como ainda tinha cá kiwis dos que comprei para a Tarte Trifruti e na onda do Néctar de morango/laranja, surgiu este néctar verde-choque magnifico. Felizmente que os kiwis estávam maduros. Na minha opinião kiwi maduro sabe-me a morango (estranho não é?).
INGREDIENTES:
  • 6 kiwis maduros;
  • 3 laranjas grandes algarvias;
  • 2 colheres (chá) de açúcar.
CONFECÇÃO:
Num espremedor retire o sumo às laranjas.
Coloque os kiwis descascados e partidos no copo bimby juntamente com o sumo das laranjas mais 2 colheres (chá) de açúcar. Programe 2 minutos, velocidade 8/9.
Delicie-se. Escorrega na garganta que é uma perfeição!