25 fevereiro 2011

BIOGÁS NA TEIA AMBIENTAL

Uma careca ali no pólo norte, imensa flatulência vulcanica, ferida com curativo no Atlântico... será estação petrolifera desativada que causou desastre ambiental? Uiiiii nuvens de tempestade, chuva ácida, uma ligadura enorme sobre a Ásia...será por causa da crise respiratória aguda?

Os sintomas poderão denunciar alguma velhice mas é assim tão velho o nosso mundo!? Não, não me parece. Dizem os entendidos que a causa foi o efeito de estufa, a diminuição da camada de ozono. O mundo deixou de usar sombrinha, cobertura para se proteger dos raios ultravioletas. E a culpa é de quem, é de quem? Nossa!

Olha aí! Pode parar! Pode parar de dar puns prá atmosfera! Os seus gases juntamente com os gases dos animais que alimentam a humanidade, estão levando-nos à RUÍNA! Verifica no gráfico, 28% - criação de ruminantes.

Brincadeira à parte, vamos lá somar o que diz, Esgoto, Esterco, Aterros e Lixões. Igual a... 27%.

E foi aqui que os cientistas pensaram, porque não utilizar o gás produzido pela decomposição dos residuos organicos (fezes, urina, residuos alimentares, natureza morta, etc...) para gerar combustivel natural. Deste modo a atmosfera não será sobrecarregada com dioxido de carbono e com metano, e nós humanos, teremos uma alternativa ao Gás Natural ou ao GPL (gás de petróleo liquefeito), ambas energias NÃO renovaveis.

Dá para crer? Só mesmo quem nunca fez, em criança, o teste do pum inflamável, com chama de isqueiro! Eu não fiz, hein, mas, sei quem fez! É...parecido com este filme aqui, mas neste caso é gás da decomposição de natureza morta que está presa no gelo.


Tudo isto para mostrar que os processos são iguais e que tudo está a contribuir para destruir a camada de protecção da terra contra o sol. Sim, os raios solares são nossos amigos, trazem muita vitamina D ao nosso corpo, aquecem, permitem a fotossintese das plantas, mas quando filtrados! Caso contrário, são mortiferos.

Voltando aos processos que estão na origem de CO2 e de Metano, o sistema de digestão da Terra é idêntico ao dos seres vivos. Para obter o Biogás, a matéria organica é transformada pela acção das bactérias num biodigestor anaerobico.

Dá para ver aqui, um biodigestor ainda no começo, e um outro, completamente insuflado pela mistura de gases produzida. Parece uma barriga inchada! Anaerobico quer dizer sem Oxigénio, pois é letal para as bactérias que fabricam o Biogás.

Todo este bubbling lembra os refrigerantes não é? Gaseificar uma bebida é introduzir CO2 alimentar no liquido. E lembra ainda a fermentação do pão, dos bolos, das bebidas alcoolicas... a única diferença é que as bactérias que trabalham na fermetação da cozinha, são bactérias que toleram o oxigénio. A exemplificar temos o vinho feito com kéfir, uma colonia de bactérias visivel a olho nú, que transforma a frutose do abrunho desidratado libertando CO2 que gaseifica a bebida.

Vinho Rosé de Kéfir-Abrunho

Conclusão, o Biogás é uma boa solução para diminuir a libertação de CO2 e de Metano para a atmosfera, até porque é uma energia renovável mas convém não descuidar das outras fontes de carbono, e em especial, diminuir o consumo de carne na nossa alimentação, fará diminuir o número de animais ao cimo da Terra e consequentemente baixará a % de flatulência libertada na atmosfera.

OUTRAS PARTICIPAÇÕES QUE VALE A PENA CONFERIR:
Alma Mater
Flora da Serra
Espiritual-Idade
Espiritual-Poesia
Dicas Green
Essência Estrelar Maya

19 comentários:

  1. Saudações ambientalistas, amiga Rute:
    As grandes cidades, com um pouco de capricho, já poderiam estar transformando em energia, grandes volumes do gás liberado pelo lixo.
    Algumas cidades brasileiras já o fazem. São Paulo tem um projeto antigo para a produção do biogás, e quero crer que Curitiba, sempre pioneira na área ambiental, não deva ficar para trás.
    Essas atitudes ambientais terão de ganhar força queiramos ou não, pois precisamos delas para a nossa sobrevivência.Muito bom chamar a atenção para essa forma de se conseguir energia. Visitamos a fazenda de um casal amigo que obtinha gás de cozinha do seu lixo, com um método extremamente simples. Aqui em S. Lourenço, um conhecido criou um sistema também simplório para obter gás do esterco.
    Quando o homem quer, tudo é possível.
    Abraços ecológicos e um viva à Teia Ambiental!
    Gilberto.

    ResponderEliminar
  2. Cara Rute:

    Você mostrou na sua postagem a solução para um dos grandes problemas da humanidade.
    Eu sei que a solução existe. Sei também que o mundo não acabará em 2012, mas sei também que o Homem só faz as coisas certas no último minuto, quando muitos já foram penalizados e o momento é de desespero.
    Enquanto não chega esse momento final, continua tudo como está, alguns tirando proveito da situação e muitos sofrendo com a falta de alimento e de água.

    Quando o Homem começar a pensar grande e agir pequeno, pensar global e agir local, aí sim, estaremos caminhando para um mundo melhor, uma vida mais simples, feliz, saudável.

    Enquanto isso, vamos tecendo nossa Teia Ambiental...

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Olá Rute minha amiga da Teia Ambiental,

    Obrigada por suas palavras sobre a minha postagem, infelizmente as coisas ainda continuam difíceis.
    Por incrível que pareça eles estão revezando, tem dias que recolhem o lixo do cesto e tem dias que fazem os "montes"(inclusive hoje de manhã eles fizeram os montes e estava uma chuva muito forte, já viu né, sacos sendo arrastados...um terror! mas na hora liguei o computador e mandei outro email, e vivo assim, vendo se venço pelo cansaço).
    Sabe, não fui acostumada assim.
    Está para fazer dois anos que me mudei para Goiânia/GO, vim de Indaiatuba/SP.
    E não é para fazer média não, mas Indaiatuba é um modelo de cidade bem planejada e ficou entre as 12 cidades do Estado de São Paulo com melhor Qualidade de Vida.
    É uma cidade com muitas praças, muito verde e áreas de lazer, sempre bem cuidadas e com manutenções.
    A limpeza pública é tratada com muito respeito, com funcionários treinados e conscientes da importância do seu trabalho.
    Não tenho nada contra Goiânia, mas quando cheguei aqui fiquei abismada com muitas coisas que ví: desde caminhão da coleta abrindo um compartimento do próprio caminhão e soltando o chorume em vias públicas, até os próprios cidadãos que varrem quintais, calçadas e juntam tudo na rua e ao invés de recolherem este lixo, simplesmente colocam fogo.
    E fazem isto bem naquelas épocas secas, em que a umidade do ar está baixíssima, ainda fazem estas queimadas.... olha, estou desanimada aqui.
    Só mudei para cá devido ao emprego do meu marido, que foi indicado para trabalhar numa empresa... senão sinceramente não estaria aqui.
    Mas, percebi que muitas coisas já fazem parte da "cultura" daqui, mas, vou fazendo o que posso.(desculpe o desabafo!).

    Quanto á sua postagem, ADOREI!!!
    Puxa vida, para tudo existem soluções é só o ser humano arregaçar as mangas e parar com a preguiça.
    Porque com todas as modernidades do século 20, o homem se acomodou....
    Como era bom aquele tempo dos nossos bisavós em que se comiam frutas tiradas dos pés e verduras e legumes tirados da própria horta.
    Tudo era tão simples e tão gostoso.
    E hoje vivemos numa loucura diária, em que tudo está industrializado, privando muitas pessoas de fazer seu próprio alimento, comprando-os prontos.
    E o que falar do nosso "AR", que está cada vez mais doente.
    Sua postagem foi muito oportuna e com idéias a ser colocadas em prática desde "ontem", o Planeta está pedindo isto.
    Além de você dar uma agradável pitada de humor, adorei!!!

    Um grande beijo em seu coração!!!

    ResponderEliminar
  4. As soluções existem pena é não ser muito utilizadas :(
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Saudações ambientais, amigo Gilberto,

    fez muito bem em referir a possibilidade de implementar um biodigestor caseiro. Quando eu for viver para a aldeia, irei concerteza testar estas energias alternativas.
    De fato a solução passa por lincar todos os processos, evitando o desperdicio. Quando os ciclos encadearem uns nos outros, deixará de haver excedentes. O que parece ser os residuos dum processo, logo logo será a matéria-prima do outro, e tudo estará a funcionar em pleno.
    Esperemos que os governantes não demorem muito para acordar!!
    Aqui em Portugal, a coisa vai evoluindo com alguma rapidez actualmente, concerteza por influência da UE que está apostando fortemente nas energias alternativas. Mas será uma evolução com consciência ambiental? Ainda não deu para entender!
    Temo sempre os interesses economicos por detrás de todas as biodescobertas.
    Abraço ecologico,
    Rute

    ResponderEliminar
  6. Amiga Flora,

    a palavra que me surgiu ao ler seu comentário foi, pró-actividade!
    A humanidade é demasiadamente reactiva e insuficientemente próactiva. Vejamos a situação do Petróleo: todos nós sabemos que ele é finito, todos nós sabemos que irá acabar, todos nós sabemos que muitas guerras irão surgir em consequência da escassez do ouro negro.
    Mediante isto, desde o 1ºminuto desta consciência, deverião os governantes optar por apoiar a investigação e implementação de energias alternativas. E as populações deverião valorizar as bioenergias porque servem 2 objectivos importantes, menos poluentes e renovaveis.
    Mas tal e qual como tu referiu, o homem só reage no último minuto, quando o tempo é escasso e as soluções em menor número.
    É assim com tudo na nossa vida humana. Não se pensa na solução, antes do problema. Nem se pensa na consequência antes da causa.
    Felizmente a minha ideologia de vida é ser próactiva em vez de reactiva e espero contagiar todos com ela.
    Beijo sempre sentido e carinhoso,
    Rute

    ResponderEliminar
  7. Olá Lú,
    recente amiga da Teia Ambiental,
    muito obrigada pela receptividade calorosa.

    Estou vendo que a novela da colecta de lixo na sua região tem dias de avanços e de recuos. Oh céus!, isso é um looping de altos e baixos, de entusiasmo e desilução, não só pela situação em si, como pela estupidez humana! Credo!

    Cá em Portugal surgiu há pouco tempo uma figura colectiva nos bairros das cidades. As prefeituras estão apoiando a criação do Tutor de Bairro, um municipe que fica responsável por comunicar à prefeitura os problemas e sugestões relacionados com a limpeza pública da sua zona.

    O projecto compreende até, dar um telemóvel e números de acesso directo ao Tutor para que este entre em contacto com a prefeitura sem passar pelas vias directas.

    O Tutor será a ponte entre a prefeitura e as associações de moradores. Ou até mesmo poderá criar a teia de informação com a Administração de condóminos de cada prédio. São tudo entidades pequenas, mas que todas juntas, dão formato pertinente à intervenção pública, permitindo que a cidadania seja mais eficaz.

    Não existe aquela coisa de, eles e nós. Estamos todos na minha sociedade. Não existe a separação ESTADO e cidadãos. Somos todos Estado, somos todos cidadãos em algum momento da nossa vida.

    Está na hora de consciêncializar ainda mais o povo e alguns de nós vão ser os lideres da rebelião contra os costumes ERRADOS instalados.

    Lú, sem dúvida que vc é uma lider mas vai ter de descobrir de que forma diplomata, criativa, transformadora, e até espiritual, tu vai conseguir iluminar a mente dos mais inflexiveis. Não vai ser um trabalho fácil mas vc é a pessoa indicada. Há sempre um sentido oculto em tudo. Há que descobrir o porquê de ser obrigada a viver nesse local.

    Isso já aconteceu comigo, na escola da minha filha, sem saber como, tive de criar a Associação de Pais e ir para frente com o projecto. Depois de criado e após 1 ano de intervenção, passei o testemunho. Mas ali ficou a semente. Agora posso continuar semeando organizações sociais e passando testemunho sem cessar :)

    Beijo grandão, muita luz, muita paz.
    Foi gostosa esta nossa conversa.
    Rute

    ResponderEliminar
  8. Querida Conceição,

    Portugal é como o caracol, devagarinho chegamos lá nas soluções. Só espero é que ainda se vá a tempo de cortar a meta. Não vá a corrida contra o tempo já ter acabado :(
    Beijinhos,
    Rute

    ResponderEliminar
  9. Rute querida,

    Obrigada por suas palavras de força e otimismo, porque tem horas que sinceramente o desânimo toma conta de mim.
    Já pensei muito sobre o que você comentou, que há um sentido oculto em tudo e do porquê somos obrigados a viver neste local.
    Inclusive eu e meu marido já conversamos muito sobre isto, porque ele também é uma pessoa de muita consciência.
    Na empresa mesmo, ele está ajudando a implantar vários recursos de econômia de materiais e produtos(ele trabalha numa área química), como também mudando a visão de muitos sobre questões ambientais.
    No começo ele chegava nervoso e inconformado com tanta ignorância, mas hoje as coisas melhoraram muito, a empresa está passando por transformações muito positivas, e quem não acompanhar ou pelo menos se esforçar em mudar seu padrão de consciencia, é rua...

    Mas voltando aonde parei, conversamos muito do porquê estarmos aqui! E lições preciosas estando tendo, inclusive de ter muita paciência com pessoas que estão adormecidas e paradas em sua evolução.
    Ah! muita paciência!!!
    Mas suas palavras foram preciosas para mim, te agradeço muito de coração!

    Estou na BCFG e vamos ver se dou conta do recado....rsrsrs
    Brincadeira, vai ser muito gostoso pois é uma proposta muito Linda.

    Quanto ao que você comentou do nosso amigo Gilberto, gosto muito da numerologia e quando vi á respeito da numerologia da Alma achei interessante.
    Mas, comentei com ele que não teria condições agora porque vai ser bem numa época em que estarei mudando de residência(vamos para um bairro mais próximo da empresa).
    Então estarei na correria procurando um imóvel, depois encaixotar tudo, e mudança com 3 filhos é duro depois colocar tudo em ordem.
    Eu não teria muito tempo para dar atenção ao curso entende?
    Mas futuramente não faltará oportunidades.
    E ele foi de uma atenção e uma delicadeza tão grande, que me deu até umas dicas da numerologia para esta mudança.

    Enfim, foi muito bom conversar contigo...
    Obrigada por suas palavras e por tudo.

    Um grande beijo em seu coração!

    ResponderEliminar
  10. Lú,

    sem dúvida que só deve cursar o numerologia da alma quando estiver dedicada de corpo e alma. Enquanto a sua vida não serenar convém, de fato, ter muito juizo e não prometer o que não pode cumprir. Inscrever-se no curso é comprometer-se com o Mestre, com os colegas, com tudo e com todos. Não se pode ser leviano nos nossos actos.

    É tremenda a responsabilidade da iniciação. Eu pelo menos me comprometi por inteiro e tive meu retorno mais do que satisfatório. Só não esquece a oportunidade que está surgindo e quando lhe for possivel, retorne a ela, reequilibrada, reorganizada, predisposta a tratar do seu plano espiritual.

    O plano E é tão ou mais importante que o plano M :) Mas isso vc já sabe.
    Continuemos nosso caminho cheio de desafios, experiências e própositos.
    Estou cá se precisar de mim.
    Abraço apertado.
    Rute

    ResponderEliminar
  11. Querida Rute

    Que rica postagem! Uma das melhores que eu já li.
    O gráfico convence qualquer um sobre os cuidados com o lixo e também sobre a carne vermelha!
    As plantações de arroz!

    Fiquei com vários pensamentos.. pena não poder expô-los todos aqui agora. Estou no trabalho.
    Espero que muitas pessoas leiam seu artigo.

    Enfim, agora só me resta parabenizá-la e me deliciar com algumas receitinhas suas...

    beijos fresquinhos

    ResponderEliminar
  12. Amiga Renata,

    fico-lhe muito grata pelas palavras de elogio. É sempre tremenda motivação sabermos que as pessoas acharam util nosso esforço. E que germinam na sua mente, pensamentos relacionados.

    O artigo pretende ser isso mesmo, pedra de toque para muitas reflexões. Motor de arranque para pesquisas.

    Não era meu intuito apresentar o trabalho todo feito, mas sim, iluminar o caminho. Agora compete aos demais, aprofundarem o tema.
    Beijos verdes :)
    Rute

    ResponderEliminar
  13. Só espero não termos acordado tarde demais para recorrermos às energias renováveis como esta. Acho que fazes muito bem tentar alertar para este grave problema que temos em mãos e tudo graças à nossa ganância, comodismo e falta de etica.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. olá linda!! Só para dizer que estou viva, vi a tua mensagem, quero participar, e tudo, e tudo, e que não sou uma grande mal-educada, só que tenho andado a mil! :) O que é bom, mas tb é mau. Enfim!
    Olha, já tinha visto hje esse "boneco" do estado miserável do planeta. estive a preparar um powerpoint sobre Cidadania, e um dos temas é o ambiente. Nas minhas pesquisas tinha visto essa imagem triste :(
    Olha, vou ali até Sintra mas já venho, prometo. :)
    beijocas, até breve

    ResponderEliminar
  15. Querida Cacahuete,

    eu interpreto-nos como uns culpados ignorantes ou inconscientes.

    Não quero de todo levar as pessoas a pensarem que estou a chamar nomes a alguém!! A palavra ignorância simplesmente quer dizer desconhecimento.

    Eu assumo-me como ignorante em multiplos contextos que não domino ou que nunca tive interesse em aprofundar.

    Graças à Teia e ao compromisso com o ambiente, vou descobrindo as alternativas, as soluções para os problemas ambientais. E tal como dizes, espero não termos acordado tarde demais. Mas...enquanto há vida, há esperança :)

    O objectivo da Teia é dar a conhecer, depois, de conhecer a "culpa" já não é assim tão inocente... Já não morre solteira... anda lado a lado com a irresponsabilidade :)

    Beijinhos e obrigada por te manifestares nestes temas que considero de grande valor humano.
    Rute

    ResponderEliminar
  16. Querida Claudia,

    que boa noticia vens tu transmitir!!! Fico muito feliz por quereres participar na BCFV!

    E que coincidência engraçada, no mesmo dia encontrares o mesmo boneco do estado miserável do Planeta.

    Fico à espera que voltes e que contes mais sobre esse projecto de cidadania.
    Beijinhos voadores que te apanhem enquanto vais e voltas, a mil.
    Cuidado com as multas de excesso de velocidade :)
    Rute

    ResponderEliminar
  17. Olá, querida amiga
    Estive ausente muitos dias e só hoje passo por aqui pra conferir sua postagem tão adequada!!!
    Parabéns!!!
    Aos poucos vamos nos conscientizando de que temos que tomar outra direção(atitude)...
    Bjs ecológicos

    ResponderEliminar
  18. Obrigada Orvalho,

    eu sabia que vc tinha ido pra roça, não tem problema.
    Obrigada por não falhar na visita da Teia. Olhe, desta vez vou acertar o passo com vcs, já no dia 7 MAR pretendo cumprir calendário.
    Desculpem ser tão "fora de tempo", embora como o Mestre fala, todos os dias são dias do ambiente e de nos preocuparmos com ele.
    Beijinhos,
    Rute

    ResponderEliminar
  19. Muito bom esse post, um convite a reflexão!

    ResponderEliminar