15 junho 2011

JUVENTUDE - ENTENDER A GUERRA DOS SEXOS

BCFV - 4ªFASE - JUVENTUDE
Sem dúvida que o que mais marcou este periodo da minha vida, foram as paixões ardentes, os corações destroçados, os encontros e desencontros amorosos!
HOMENS! Não se pode viver com eles, não se pode viver sem eles!
(e o mesmo dizem os homens das MULHERES! Não se pode viver com elas, nem sem elas!)
Há quem afirme que os homens vieram de Marte e as mulheres de Vênus. Dai as naturezas serem tão diferentes! Eu também sempre achei os homens muito marcianos! Uns verdadeiros ET´s! Especialmente porque após o divorcio acabam sempre por voltar para casa da mãe (ET phone home).
Nós venusianas somos sensiveis, amorosas, dedicadas, fieis, estimamos e idolatramos o homem que temos... E eles o que fazem? Basta passar outra venusiana e a cabeça deles já dá a volta completa como no filme do exorcista!
Tenho um amigo que fala que é pena as mulheres não virem de "fábrica" com livro de instruções! Ora... faço minhas as palavras dele (embora eu não costumo ler os manuais dos pequenos eletrodomésticos, ih ih ih).
Caros participantes da coletiva, apesar de estar iniciando este post ao estilo duma stand up comedy, a verdade é que NÃO sou feminista radical. Gosto SIM de igualdade de direitos e oportunidades. Abomino a ideia de mulher submissa mas também rejeito a ideia de mulher autoritária.
No entanto, minha tia-avó sempre recorda uma reação minha de quando eu tinha 7 anos:
- Tia, eu nunca me vou casar.
- Porque filha?
- Porque nunca vou deixar que homem algum mande em mim.
Pela boca morre o peixe! Casar, casei. Não uma, mas duas vezes. E indiretamente aquele genezinho patriarcal herdado do periodo neolítico que todo o homem tem, tentou me dominar concerteza. Sempre que o amor me cegou, pumba, lá eu deixava "moldarem-me". Mas esperneei muuuuuito!
Desde cedo enfreitei a prepotência de meu pai, na época em que ele era o Rei em casa. Lembro dum episódio lamentável em que eu, minha madrasta e minha irmã estávamos a ver TV no quarto. De repente a TV avariou sozinha. E elas as duas logo começaram a tremer de medo: -E agora? O vosso pai vai dizer que fomos nós que avariamos a TV!
Logo após, chega o meu pai que se dirige à TV para tentar "arranjar". Como a TV não dáva nada, começou a gritar, pegou na TV, atirou-a ao chão partindo-a em mil cacos. Eu com a maior das calmas, exclamei: -Pronto, agora está melhor. Se antes não tinha arranjo, agora está irrecuperável. - E ficaram todos com medo que meu pai me desse um açoite, mas graças a Deus, o machismo dele não se sobrepõs à minha razão.

Felizmente que eu não vivia em casa do meu pai. Conforme já falei aqui, meus pais são divorciados. Cada um refez a sua vida com outra pessoa. Caso contrário, minha juventude tinha sido um tormento. Meu pai repetia várias vezes: -Se vivesses comigo, não usavas calças justas, nem mini-saia, nem ias a discotecas... (mas meu irmão podia fazer tudo...é homem! é diferente!).
Ah, esqueci de informar que a 1ªfoto é do casamento dos meus pais, e a 2ªfoto é do meu casamento com 24 aninhos. Uma jovem inconsciente na altura! Como é que alguém se casa sem entender bem o sexo oposto?
Uma vez Libra, signo de ar, regido pelo planeta Vênus, alimentei o fogo de Marte.
Dificilmente ficaria solteira e dificilmente evitaria a combustão.
Amor é fogo que arde sem se ver
É ferida que doi e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer.
(...)
É cuidar que se ganha em perder
É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence, o vencedor
É ter com quem nos mata lealdade
E como este blog é de culinária, vamos terminar com outro tipo de chama, a do bico do fogão :)
Para a fase da Juventude escolhi a massa caseira, pois era com ela que eu conquistava os estômagos dos namorados. Uma confecção que surpreendia a todos.


Participações (conforme vão chegando):2-
CanelaMoida.blogspot.com 3-AescolaÉbela.blogspot.com
4-EsplendorDaCriação.blogspot.com 5-AromaDeCafé.blogspot.com
6-MariaLuizaSaes.blogspot.com 7-PensandoEmFamilia.com.br
8-PereiraPequeno.blogspot.com 9-SementesDiarias.blogspot.com
10-www.NacoZinhaBrasil.com 11-Espiritual-idade.blogspot.com
12-NaBiroskinha.blogspot.com 13-CaféComLetras.blogspot.com
14-Clima65.blogspot.com 15-Mamyrene.blogspot.com
16-LucinhasDreamGarden.blogspot.com 17-Mariazinha.blogspot.com

18-ArteLivreVimaje.blogspot.com 19-ContosOuFatosSurreais.blogspot.com
20-CvsSempreJovens.blogspot.com 21-BlogDeDoraRegina.blogspot.com
22-CasaCoisasEsabores.blogspot.com 23-MSocorroM.blogspot.com
24-AnaCristinap.blogspot.com 25-OlharesEsaberes.blogspot.com
26-DomingosIrio.blogspot.com(abordagemGeral) e DomingosIrio.blogspot.com(abordagemPessoal)
27-FractaisDeCalu.blogspot.com 28-EnsinoRegular.blogspot.com
29-CrioMinhaVida.blogspot.com 30-RumosLibertadores.blogspot.com
31-007bondeblog.blogspot.com 32-AsasDosVersosEreversos.blogspot.com
33-LuluExperiência.blogspot.com 34-ConhecerKardec.blogspot.com
35-SonharEser.blogspot.com 36-AnabelaEmBlogagensColetivas.blogspot.com
37-Gilmara-AlmaEmFlor.blogspot.com 38-AleiDaCaridade.blogspot.com
39-BelRech.blogspot.com 40-EoutrasCoisitasMais.blogspot.com
41-AcolherComAmor.blogspot.com 42-FazendoMeuCaminho.blogspot.com
43-LarEncantado.blogspot.com 44-MarliBorges.blogspot.com
45-EuEosTachos.blogspot.com; 46-TrioMaravilhoso.blogspot.com

49 comentários:

  1. Rute, a que nos leva o arrebatamento dos amores. Se formos levantar uma lista de mulheres com histórias parecidas às nossas, não caberia nos site do blogger(rs).Ah, juventude impetuosa regada a temperos fortes e muitas invenções.Mas, é tudo isso que faz girar a roda do mundo, né?

    Obs:tem selinho p/ vc lá no Fractais.Minha participação na BCFV vem a seguir, viu?
    Bjkas,
    Calu

    ResponderEliminar
  2. Olá, Rute, a minha participação já está, e é um pouco o oposto da tua ou talvez não...afinal também sou Libra, com ascendente Escorpião, mas encontrei alguém especial...é claro que o gene está lá, de vez em quando tem de haver uns lembretes correctivos para o gene mandão ficar no seu lugar, mas nada de grave. Adorei as fotos. Beijocas e agora vou dormir.

    ResponderEliminar
  3. Rute! Andamos a par!!! ;) Pois, quem casa cedo, como nós, deve ter amores e casamentos e homens no post da Juventude!!! :) Estas tuas fotos são sempre o máximo!!! Pois essa do mandarem em nós... ainda me lembro de ter ficado com os cabelos em pé quando a mãe do pai das minhas filhas ter dito a ele, à minha frente, quando nos preparávamos para casar, "Agora vê lá, no casamento quem manda é o homem!" Ela deve ter percebido que eu era uma enguia que escorregava por entre as mãos de quem quer que fosse...

    Muitos beijinhos! Já postei, fica já aqui o link:
    http://escolabela.wordpress.com/2011/06/15/colectiva-fases-da-vida_-juventude/

    Grata por tudo e até mais ver! :)
    Isabel

    ResponderEliminar
  4. Olá, querida Rute
    Nossa, menina!!!
    Que explosão!!!
    Confesso que não esperava tanta combustão!!! rsrsrs...
    Se os posts forem assim tão sinceros como devem ser... vivenciaremos muitas emoções no ar no dia de hoje...
    Época boa a da juventude que é imperiosa, cheia de energia e que marca um modo de ser independente daqui pra frente...
    O casamento, a começar pelo do meus pais, é um "jogo" misterioso... ficar 56 anos casados (depois de namorar e noivar 10) mesmo "separados na cama" (dormindo no mesmo quarto) depois de um certo tempo, eu não consigo compreender nunca...
    A santidade do meu pai me será exemplo sempre...
    Ele foi um homem cem por cento fiel...
    mesmo na rejeição da esposa ( por problemas orgânicos,não mais).
    A vida tem mistérios e o casamento para mim é um deles (senão o maior)...
    Coragem!!! Em frente, amiga... que as vitórias ainda estarão por vir, certamente!!!

    "O verde só vinga com o Orvalho de Hermon, nas Montanhas do Sião".

    Que o seu dia a dia seja amortecido pela força da juventude que habita em vc!!!
    Bjs juvenis e de paz

    ResponderEliminar
  5. Oi Ruteeee

    temos histórias parecidas (já te falei isso varias vezes).. penso exatamente como você, portanto, A.D.O.R.E.I o seu post.
    Parabéns!
    Bom e essa massa de milho parece deliciosa!

    Beijinhos green

    ResponderEliminar
  6. Eu juro que se eu não tivesse chegado até a explicação, as duas fotos eram do mesmo casal. Você e sua mãe são parecidíssimas e muito lindas! Lendo seu post, lembrei-me de um dizer: os homens são como relógios; uns adiantam, outros se atrasam, nunca regulam bem! Muito legal a sua postagem coletiva. Parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Rute

    Vou colocar minha participação hoje às 00.00, pois pela manhãa tenho que postar sobre perdas.
    Muito próprio o seu post pois fala do csamentom na formação do seu nucleo familiar. As fotos estão lindas.
    bjs

    ResponderEliminar
  8. que textos lindos amiga adorava saber escrever assim para participar...bjokinhas grandes

    ResponderEliminar
  9. oi Rute, ja postei minha participação. Durante o dia volto com mais calma pra ler e comentar o seu post e as outras participações. bjos

    ResponderEliminar
  10. rute, to participando....de noite quando voltar do trabalho venho visitar e comentar as particiapçoes, bjo

    ResponderEliminar
  11. Olá Rute, kkkkkkkkkkkkk, explico o porque das risadas, foi que "amei" a postagem sobre a Juventude, embora tenha Eu cá minhas opiniões sobre os "marcianos" e as "venezuanas" kkkkk (não sei se é assim que escreve), e estou aqui novamente para informar que estou a participar desta campanha e postei no seguinte endereço o TEMA/ASSUNTO sugerido, http://domingosirio.blogspot.com/2011/06/juventude-e-o-novo-tempo_15.html , quando tiver um tempinho passe por lá, Há em relação a sua sugestão de falar algo de mim, se der tempo publico ainda hj dentro desta proposta e lembre-se sempre estamos abertos a sugestões/ideias e criticas. Abraço Forte Irio Domingos/Boy of Faith

    ResponderEliminar
  12. Ola Rute, olha Eu de volta, (kkkk) estou passando para lhe avisar que aceite o desafio e postei algo sobre mim, dentro desta proposta (juventude), e que vou mais longe após ter postado tive a idéia de criar um blog sobre minhas xperiencias particulares dentro do Aprendizado da Vida e do Universo, vou amadurecer essa idéia e te aviso. No momento eis o endereço http://domingosirio.blogspot.com/2011/06/juventude-ii-eu.html , quando tiver um tempinho de uma passada por lá e comente se possivel (kkk). Irio Domingos

    ResponderEliminar
  13. Rute

    Olá estou aqui mais uma vez e encantada com sua história de vida. Grandes verdades que aprendemos no caminhar de nossa estrada. A vida a dois é muito complicada.O machismo dominou por muitos anos e ainda tem muitos casamentos que isso impera. A vida a dois é um acordo que tem que ser bom para ambas as partes e caso contrário o remédio é a separação.
    Sempre bom compartilhar novas experiências.
    Beijos no seu coração

    ResponderEliminar
  14. Ainda bem que mudam-se os tempos mudam-se as vontades. As mulheres cada vez tem mais independência e a malta está a casar cada vez mais tarde. Para mim as massas também me lembram a minha adolescência.

    Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Ola tudo bem ?
    Estou a vender uns livros de receitas no meu blog , se tiveres intressada passa por la.
    beijos

    ResponderEliminar
  16. Olá Rute, ri muito com o post de hoje, e gostei de saber que sou uma venusiana..rsrsrs!
    Graças a Deus encontrei meu marciano logo e novinha também (20 anos) me casei, hoje estamos com 31 de casados e muito felizes.
    Ao passarmos por todas etapas de uma vida a dois, vamos compreendendo melhor um ao outro e isso amadurece o relacionamento, não sei se nos dias de hoje me casaria tão nova, mas o que importa isso agora, não é mesmo?!
    Mas que eles (homens) ainda são um mistério, lá isso são...rs!

    Bjuss

    ResponderEliminar
  17. Minha amiga,
    Vamos pelo mesmo caminho mais uma vez... Também casei aos 24 e esse foi o foco do meu post.
    Não tem como falar em juventude sem lembrar das paixões.
    Você só se esgueirando, para ver se de fato ele assinava...rs!
    Olhe, temos as nossas diferenças, mas o saldo é muito positivo no casamento.
    Não conquistei o marido pelo estômago. Quase não fazia nada na cozinha quando casei, mas o amor é lindo e tudo se aprende.
    Esse post ficou divertido, afinal, quando os problemas fazem parte do passado, ficam amenizados.
    Você e sua mãe são muito parecidas.
    Que tenhamos todos um dia de muita emoção, como das outras vezes!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  18. Rute, que bom que conseguiu um tempinho na vida corrida para mais uma BCFV! Seu texto passeia entre o cômico, o sério e o romântico, uma montanha-russa de emoções. E nós, bruxinhas do fogão que somos, sabemos bem o feitiço que sai das nossas panelas :-)

    Deixo minha participação:

    http://casacoisasesabores.blogspot.com/2011/06/quarta-fase-da-blogagem-coletiva-fases.html

    Beijos!

    ResponderEliminar
  19. Oi, Rute!

    Nossa! Adorei cada assertiva sua. Ficou muito legal essa forma bem humorada com que você nos presenteou. Essa sua saída com relação a TV foi maravilhosa, kkk
    E essa volta completa(de cabeça) igual ao filme do exorcista foi demais.
    Concordo com você, é complicadíssima a vida a dois. E sempre somos nós, mulheres, que devemos renunciar... ora, ora. Também já esperneei muuuuuito...
    Seu texto ficou excelente. Leve,divertido e cheio de verdades. Parabéns! Gosto de como você escreve.

    Um abraço
    Socorro Melo

    ResponderEliminar
  20. Ruteee!
    Mulher, não te imaginava nesses propósitos... quero dizer, cheia de véus! :)) Mas estás lindaaa, nada de confusões! :)
    Gostei muito do teu texto. O que me entristece é ver homens bem jovens e já cheios de machismo, acho que em certos aspectos houve uma regressão na nossa sociedade. :( As miúdas dizem-se muito independentes, muito senhoras do seu nariz, mas depois casam-se e é tudo (quase) igual ao tempo das suas mães: tarefas diferentes, direitos diferentes... pelo menos tenho-me apercebido de alguns casos e é triste.

    Acabei de publicar a minha participação, que vai num sentido muito diferente, afinal de contas, eu sou solteira! ;)
    bjs

    ResponderEliminar
  21. Primeiramente amiga que lindas fotos, sua mãe era linda, e vc teve a quem puxar, igualmente linda. Adorei a história de Marte e de Vênuns, infelizmente existem ainda muitos marcianos machóes e que adoram um rabo de saia, mas como vc, penso da mesma forma hj em dia direitos iguais prá tudo. A massinha está com um aspecto delicioso

    PS: até agora nada amiga, sera que extraviou-se?? bjokas

    ResponderEliminar
  22. uau!! pensei ser voce nas duas fotos! Um resfriadinho chato me tirou do trabalho hoje a tarde, entao vou aproveitar para visitar e comentar as coletivas! Depois da uma passadinha la na minha participacao! Bjo

    ResponderEliminar
  23. Rute,me identifico com vc. Tb casei e descasei, meus pais tb são separados. Meu pai não era de por medo como o seu, mas era chantagista, quando não queriamos fazer o q ele queria q fizéssemos, ele nos ameaçava de tirar algo q gostávamos. Isso fez com q eu saisse de casa com 19 anos. Enfim, isso acabou sendo uma boa coisa em minha vida. Muita paz!

    ResponderEliminar
  24. RUTE, ME DELICIEI AQUI A TE LER.QUE LINDAS FOTS E COMO FALASTE BASTANTE.ADOREI! FICOU LINDA TUA PARTICIPAÇÃO. parabéns!!! BEIJOS,CHICA

    ResponderEliminar
  25. Olá Rute...tal como da outra vez em que publicaste duas fotos, estive na dúvida em afirmar qual delas serias tu...até porque a tua mãe, além de muito bonita,é tão parecida contigo (ou ao contrário, como será natural)e daí a dúvida. Pois é...casamentos, paixões, desentendimentos e outros sentimentos fazem parte da vida... mas espero que não da JUVENTUDE, porque nessa fase é muito cedo para casar! Tinhas 24? Eu só casei aos 27 e até hoje acho a idade ideal...porque deu tempo de conhecer outras realidades e viver outros momentos antes desse passo, que embora hoje esteja reduzido a um papel, não o é, de facto.
    Mas é tema que dá "pano para mangas"...
    Beijos
    Paula Pessanha

    ResponderEliminar
  26. Já dizia o outro que "uma mulher é insensível porque ainda não conheçou o homem capaz de lhe falar ao coração" :) Eu sou uma insensível na questão homens, enquanto não vier aquele que eu acho "certo" pra mim, mantenho-me quieta. Chama só conheço a do fogão mesmo mas ainda não me atrevi a fazer caseira, deve ser muito melhor :)

    ResponderEliminar
  27. Adorei, amei e ri...Quando fui morar fora, descobri que podia usar mini saia...hahaha
    Que tinha meu dinheirinho e que podia sair sem o controle do meu pai...
    Paz e bem

    ResponderEliminar
  28. Rute amada,

    Na Juventude trazemos as marcas dos acontecimentos dos nossos pais para a vida adulta.
    Quantas experiências você teve, e por isto que você falou para sua tia-avó que nunca iria casar.
    Eu falava quase igual a você também, só que o que eu falava era que até poderia chegar a casar, mas que não levaria a vida que minha mãe teve.
    Meu pai sempre foi um boêmio, de ficar nas noites tocando nos bares e chegando de manhã.
    Apesar disto, ele nunca deixou faltar nada para mim e minha irmã.
    E lógico que sua fama de paquerador era enorme e infelizmente minha mãe não agüentou (que você sabe o que aconteceu né!).
    E eu sempre pensava comigo, porque ela agüentava tudo aquilo, então, prometi a mim mesma que se me casasse seria para ter um amigo, companheiro para compartilhar uma vida em comum, em que a sinceridade e o respeito estariam presentes em nossas vidas.
    Senão, ficaria muito bem sozinha.
    Mas o Universo foi tão generoso comigo, que colocou em meu caminho um pessoa mais que especial, temos tanta afinidade que já chegaram a pensar que somos irmãos, tamanha a nossa sintonia.
    Mas acredito que tudo que passamos, seja na infância e juventude, não devemos carregar em nosso interior mágoas e ressentimentos, pois tudo é uma lição e um aprendizado para nossa própria transformação.
    Eu não culpo meu pai de nada, ele sempre foi assim e até hoje é, e não vou conseguir mudá-lo.
    Todas as suas experiências foram necessárias para você estar exatamente aonde está hoje, se foram boas e algumas ruins, fizeram parte deste processo.
    E acredito que homens e mulheres não devem viver tentando se entender, são as diferenças que fazem cada um ser especial.
    Devem sim, se unirem e compreenderem suas particularidades.
    Nem todos os homens tem este instinto de caçador, assim como tem mulheres que não dão valor ao homem que tem.

    Foi muito bom conhecer mais um pedacinho de sua vida minha amiga, és uma mulher de muita personalidade.....te admiro muuuuito.

    Sua massa de milho está de encher os olhos e dar água na boca, eu ainda, que aaaaamo massa!!!

    Um grande beijo em sua ALMA!!!

    ResponderEliminar
  29. Olá Rute.
    Quantas histórias de vida temos a oportunidade de conhecer. Linda a sua.Adorei. Bjs.

    ResponderEliminar
  30. Olá Rute e a Todos :o)
    ... pois é .... vais-se na onda .... na onda da nossa própria visão ... :o)
    ... e como é bom ter tanto para contar :o)
    Obrigada Rute ... :o)
    Obrigada a Todos os que Participam .... :o)

    p.s.
    ... e eu?!
    ... eu, eu estou ainda, um pouco, "sem visão" :o)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  31. Você e a tua mãe são muuuuuito parecidas!
    Querida, é incrível como a nossa historia de vida se parece!
    Sei bem o que é ter machismo em casa e pais separados (ah, dois casamentos também - hehehe, essa ninguém sabia)!!!
    Um grande abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  32. Rute,

    Nossa, se você não conta, eu ia continuar pensando que é você nas duas fotos. Risos
    Nossas histórias são um pouco parecidas. Mas eu não era muito rebelde. Eu era uma idiota.kkkkk que tinha até medo da abrir a boca com meu ex-marido. Risos
    Eu também disse que ninguém nunca iria mandar em mim. Ele mandou.., e mandou muito..kkkk Só rindo Rute.
    Estou surpresa como as histórias da juventude, nos blogs onde passei, serem desse tipo. Talvez da mesma geração. Sei lá.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  33. adorei, você sua mãe muito lindas....beijos

    ResponderEliminar
  34. Na juventude tudo é vivido com uma intensidade fora do comum.As paixões, as amizades.....eu acho que vamos aprendendo muita coisa na vida à medida que vamos vivendo, encontros, desencontros, amores, desgostos...tudo isso no faz crescer!!
    Agora uma coisa amiga, casar aos 24 anos, nossa tão cedo!!! Eu já era trintona!! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  35. Olá gente querida,

    estou mais atrasada do que costume nos comentários nas vossas participações. Esperem por mim mas não deseperem :)
    Distribuirei meu carinho e atenção por todos.
    Obrigada pela vossa presença em mais uma fase de blogagem. Mais ainda, os meus agradecimentos por comentarem a minha prestação.
    Mil beijinhos,
    Rute

    ResponderEliminar
  36. Lindo, lindo, lindo, amei! Adorei a forma descontraida e engraçada que você referiu sua vida na juventude! É tudo isso mesmo e nunca ninguem nos prepara para essa situação, apenas vamos colecionando vitórias e derrotas e vamos aprendendo.

    Abraços equilibrados,

    Elaine

    ResponderEliminar
  37. Rute, o Lar Encantado pode participar ainda? Já está tudo pronto. Esqueci do dia 15. Estou numa semana um pouco corrida, mas já fiz a postagem.

    Grata,

    Elaine

    ResponderEliminar
  38. Pode sim!
    Força aí Elaine. Publica mesmo fora de data.
    No fundo o tempo é uma ilusão!
    Abraços 50% yin, 50% yang :)
    Rute

    ResponderEliminar
  39. Amei todo o texto e o fechaste com chave de ouro; Luiz Vaz de Camões é surreal!Maravilha.bjs e muita paz.

    ResponderEliminar
  40. Olá,
    Adorei sua forma de descrever a vida. Acho que realmente viemos de planetas diferentes.
    Você parece muito com sua mãe, se não falasse nada parecia que eram seus 2 casamentos de véu e grinalda,rs,rs,rs,
    Um abraço,
    Angela
    http://eoutrascoisitasmais.blogspot.com/2011/06/blogagem-coletivajuventude.html

    ResponderEliminar
  41. Você é muito parecida com sua mãe :)
    "Como é que alguém se casa sem entender bem o sexo oposto?"
    - Ah, os hormônios!! Junto com o coração, eles regem a nossa vida!
    Vi que tinha entendido errado o lance da "fritadeira" e deixei um comentário no post antigo.
    Bom fim de semana! Beijus,

    ResponderEliminar
  42. Rute,
    Primeiro quero falar das fotos, pois adoro fotos antigas, e se for de casamento, melhor ainda.
    Sua mãe é linda, e vc também...uma princesa, com direito até a coroa.
    E a princesa achou um principe e não um sapo, não é mesmo?
    Adorei o seu post, e acho que as histórias são mais ou menos parecidas.
    Meu pai também era rigido, e fazia questão de irmos todos os domingos a missa, mas a tarde ele sempre deixava eu e minha irmã ir a uma matinê(baile). Ele segurava, mas entendia que com a nossa idade, só restava confiar.

    amiga, queria tanto ter participado dessa blogagem, e eu que participei das ultimas 3.
    Confesso que cheguei a escrever alguns rascunhos, entrava um dia, escrevia...outro dia e escrevia, e não consegui finalizar.
    mas vou aproveitar e visitar os amigos para ler mais sobre essa fase de paixão, de caminhos escolhidos.....
    beijos

    ResponderEliminar
  43. Rute,que texto mais interessante e cheio de coração!Adorei sua foto de casamento e a de sua mãe!Vc se casou tão jovem quanto ela!Lindas as fotos!Uma história de vida dificil,mas vc mostrou ser bem corajosa perante a vida!Parabéns pela magnífica participação!Bjs e bom fds,

    ResponderEliminar
  44. Olá Rute!
    Obrigada pelo carinho. Quero participar sim. Ainda não entendi,vou pedir ajuda para a Ana e participo. Beijos

    ResponderEliminar
  45. Excelente!!Somos bem parecidas,com ideais de ter a cidadania respeitada desde sempre.Enfrentei meu velho pelos meus direitos sempre que necessário,até que um dia ele entendeu!!!Bjksssssssss

    ResponderEliminar
  46. Oieee!!!
    rindo a beça com manual de pequenos eletrodomésticos....mais é peixe morre pela boca sim...adoro fotos antigas...
    Receita fácil, gostei!!
    Bjss e boa semana, já tava sentindo tua falta^^

    ResponderEliminar
  47. Olá Rute, Como vai ? Espero que bem. Passando para agradecer pela visita e para dizer que estou estudando a possibilidade de criar um Blog para a finalidade de Ciencias e Filosofias Ocultas voltado para todas as pessoas, uma vez que mantenho um site no ar para essa finalidade, mas só para Estudantes/Iniciados dentro dessa area. Contudo as "divisas" ou qualificações são meros "rótulo" ou "classe/setor" que nos qualificam para determinados "trabalhos/rituais/palestras" dentro dessa area. Mas como Sempre Digo "Devemos Ser Eternos Aprendizes, mesmo Graduando-se" e como Você diz, Abraços alem Mar. Irio Domingos

    ResponderEliminar
  48. Olá Rute o seu Blog está ótimo!

    Beijo grande

    ResponderEliminar
  49. Obrigada Neide!
    Fiquei contente que você tenha vindo espreitar ;)
    Mil beijos além-mar, amiga.
    Rute

    ResponderEliminar