20 agosto 2011

DOBRADA DE FRIGIDEIRA C/ ALHEIRA DE CAÇA VEGETARIANA

Pois é! Fui à caça de mais amizadeias, lá para os lados de Alverca. Numa recente reserva natural chamada "Cláudia na Cozinha"!
Isto das boas ideias, é contagioso: a Lina pegou-me a doença boa, eu peguei à Cláudia, fez boomerang, transmitiu-se novamente a mim...
Peço desculpa se entretanto sairem daqui com uma "virose" de boas ideias. O surto de criatividade propaga-se muito rápido. Em pouco tempo podemos estar perante uma epidemia bicontinental lusobrasileira!!
Vou torcer para que sim!!

INGREDIENTES:
  • Azeite q.b.;
  • 1 Alho porro (alho-francês);
  • 1 Tomate maduro;
  • 1 Cenoura;
  • Molho de soja;
  • Espinafres baby da horta de varanda;
  • Feijão branco cozido (usei 1 lata pequena);
  • 1/2 Beterraba cozida;
  • Caldo de cozedura da Beterraba;
  • Pitada de Sal e Pimenta;
  • 1/2 Alheira de vegetais;
  • Folhas de Sálvia da horta de varanda.
CONFECÇÃO:
Cozer a beterraba de véspera. Sem casca, com pouca água.
Aquecer o grelhador para a Alheira. Grelhá-la enquanto confecciona o acompanhamento.
Numa frigideira, deite azeite. Refogue o alho porro picadinho (parte branca). Junte tomate maduro partido e cenoura às rodelas. Regue com molho de soja e deixe refogar até a cenoura estar quase tenra.
Adicione folhas de espinafre e um pouco do caldo de cozedura da beterraba. Enquanto ferve, prepare o feijão, anexe à frigideira. Um pouco depois junte a beterraba cozida, aos cubos e retifique sal/pimenta (pois a beterraba é doce).
Sirva com folhas de sálvia. Muito especial para pratos de "caça" :)
Não serve só para decoração! Corte pequenas tirinhas de sálvia enquanto come.

NOTA:
Chamei ao prato dobrada porque quer o aspecto, quer o sabor, lembra aquele apuradinho da dobrada com feijão.

24 comentários:

  1. Tem um aspecto excelente e ao ler o titulo pensei que a alheira era de carne :))
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. ahahahahah "reserva natural"! )))

    E à conta dos bons hábitos, a balança diz-me que já perdi - aliás, perdi, não, VI-ME LIVRE DE 4 KG de "resíduos" :))
    Está lindo, o teu prato, a beterraba é um espectáculo! Mas essa da "dobrada" ia-me matando! ;) fui a correr ver que espécie de dobrada tinhas tu inventado! Felizmente era "virtual".

    Muito bom, falta-me provar essa alheira, depois de ter aderido às salsichas de soja (muito boas!)

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Que prato bonito além de saúdavel con certeza deve estar saboroso.òtimo final de semana bjs!

    ResponderEliminar
  4. Adorei o título kkkk
    E o prato com certeza ficou prá la de bom amiga, tem vegetais que gosto e o feijão, muito bom, a essas horas me apetecia um pratinho desse. Bjoca Rutinha um excelente sábado

    ResponderEliminar
  5. Olá raparigas,

    CONCEIÇÃO,
    o titulo era mesmo para enganar ah ah ah.
    Mas tu já devias estar habituada às minhas maluqueiras linguisticas. Lembraste do Arroz Doce de Cabidela?

    CLAUDIA,
    isso de emagrecer uns kilinhos era bom para mim, mas não saio deste peso há uns tempos. Também não me considero gorda. Somente Roliça, ah ah ah.

    LÍVIA E LUCIA!
    vosso blog é uma bela montra de criatividade! Passei lá rapidinho porque o tempo é escasso mas não vou esquecer de regressar ao vosso cantinho e de comentar a vossa arte pasteleiro. Muitos parabéns pelo talento!!

    JOSY,
    amiga, este prato daria uma bela 2ªfeira sem carne hein!?
    A diversidade de cores só mostram o saudável que o prato é!

    Beijinhos a todas.
    Obrigada pelos comentários.
    Volto mais logo para vos vistar.
    Rute

    ResponderEliminar
  6. Isto dos "contágios" está a ser uma maravilha!Contágio de ideias, contágio de estilos de vida melhores, contágio de alegria... agora só me falta o contágio de perder uns quilinhos, será que a Cláudia não me passa esse "vírus"!Adorei esta dobrada,tem uma cor linda, já experimentei o chouriço de soja e a salsicha, e essa alheira deve ser deliciosa. Beldroegas, se eu achar um pé com sementes, colho para ti, e junto aqui às outras que estou a coleccionar para te mandar, além da urtiga...O livrinho ainda não chegou, mas se calhar 2ª feira já deve estar cá...Estou ansiosa para começar!Entretanto estou a devorar a "Máquina de fazer espanhóis" do Valter Hugo Mãe, estou viciada nesse autor agora e isto quando pega-me vou de rajada pelos livros todos, como aconteceu-me ao José Saramago, aliás o Valter lembra-me muito a escrita de Saramago, que adoro de paixão!
    Bem, vou indo, fiz uma pausa, pois estou em arrumações e acabei de tomar uma resolução:nunca mais compro revistas!!!raios partam que não sei onde meto tantas!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Olá, Rute

    Td bem??

    Obrigada por me convidar a participar da Teia Ambiental.

    No próximo dia 7 estarei participando .. :) .. já coloquei o selinho no meu blog!

    Bjinhos e um ótimo final de semana.

    Carol

    http://preservandooverde.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Destas "caças" é que eu gosto! São incomparavelmente mais saborosas e amigas das artérias... :))
    Ahhh...e resultou numa cor única, diria quase que inédita! :))

    ResponderEliminar
  9. oi Rute, adoro suas receitas com produtos orgânicos e veganos. Amo tudo isso! Parece uma delícia.

    Bom fim de semana,

    Elaine

    ResponderEliminar
  10. Olá gente!,

    LINA,
    sou hiper fã de Saramago.
    Já podias ter dito que Valter Hugo Mae te recorda o estilo saramaguista. Afinal não é só nas comidinhas que temos gostos similares...

    CAROL M,
    que noticia fantastica saber que vc estará connosco na Teia Ambiental de dia 7 SET!!!
    Por cá tudo óptimo. Agora com sua noticial tudo bóptimo!

    MARYZITA,
    tens toda a razão! As artérias agradecem e a saúde imortaliza-se :)

    ELAINE,
    não mencionei, mas você adivinhou, todos eles eram organicos à excepção da alheira.
    Uma verdadeira delicia, viciante!

    Bom fim de semana também para vocês.
    Beijos*****
    Rute

    ResponderEliminar
  11. Rute Maria, a "alheia" do título foi uma letra comida ou é mais um trocadilho que me passou ao lado? :)

    ResponderEliminar
  12. ahahah Cláudia, não consigo parar de rir :)
    Também não sei o que se passou, se calhar fui eu que comi o R quando publiquei. Sicalhá estáva com fome!
    Obrigada por teres avisado. Não é nenhum rutismo, não :)

    ResponderEliminar
  13. Estou nesta torcida tbém, Rute.Uma epidemia bicontinental assim só trás bons prazeres, da mesa e da alma.
    Ficou uma beleza de "dobrada".E com uma cor incrivelmente chamativa.Opção saudável!
    Enquanto tento a receita, vou entoando cantigas de roda pra acompanhar.Que tal?
    Bjinhos de cá,
    Òtimo domingo,
    Calu

    ResponderEliminar
  14. Bem, tem cá um aspecto... que me põe logo a salivar XD se bem que eu vou mais para o feijão com chispe.. hmmm algo me diz que vou aproveitar o meu novo chouriço/salsicha caseira vegetariana para um pratinho desses :D

    Tenho é que provar beterraba, nunca comi e tou sempre a ver pratos feitos com ela ^^' mas não arranjo coragem! ehehe

    beijinhoss

    ResponderEliminar
  15. OI Rute,
    não é aquela receita
    será que foi no blog da Gina então?
    vou dar uma olhada.
    Obrigada
    bjos e uma boa semana

    se achar venho te contar

    ResponderEliminar
  16. Hummmm... Que espaço mais encantador... Vou repassar as receitas para a Eliane que trabalha aqui comigo... Parabéns! Seguindo seu Blog!

    ResponderEliminar
  17. Rute,que beleza de prato!Parabéns!Bjs,

    ResponderEliminar
  18. A cor é linda e, certamente, o sabor será ótimamente saudável !
    Beijo

    ResponderEliminar
  19. Rute, querida!
    Este título é mesmo à Rute!!! :)

    Olha, um prato vegetariano que parece mesmo a dobrada é fazeres mais ou menos esta receita com feijão branco, míscaros (aqueles cogumelos grandes espalmados e frisados) cortados às tiras e um toque de cominhos. Faço algumas vezes, cá em casa gostam muito, fica mesmo parecido com dobrada, a textura dos míscaros... (não esquecer a pitada de cominhos).

    Posso falar aqui com a Lina?
    Pois também adoro estes contágios!!! Como costuma dizer o Robiyn, porquê só doenças contagiosas e não alegria contagiosa, paz contagiosa, harmonia contagiosa? Bora lá deixarmo-nos todas contagiar por todas estas coisas simples e boas!
    Também quero esse vírus para perder uns quilitos!!! Vocês põem-se para aqui com receitas ainda por cima com as fotos que fazem crescer água na boca e as minhas intenções de andar uns dias a fruta e a saladas vão por água abaixo!!!

    E olhem, também gosto do Saramago (a Rute já sabia, acho que as nossas conversas neste seu blog começaram por aí... pois foi?).

    Mil beijinhos para todas
    Isabel Matos (olha, Rute, não sei o que se passa aqui no blog, mas este teu e alguns outros não me têm deixado comentar através da conta do google, só tem dado no da Paula do Aprender Sem Escola...)

    ResponderEliminar
  20. Olá gente querida dos bons contágios!

    CALU,
    fico à espera de "dobrada" no seu blog!
    Leia o último comentário antes deste meu, a Isabel de Matos deu uma excelente ideia, juntar miscaros.

    MARTA,
    deixo-te aqui outra ideia onde podes usar o chouriço de soja: Feijoada Preta Vegatariana.

    SONIA,
    se achar vem mesmo me contar, onde você viu essa tal receita com maçã...

    Pe. FLÁVIO SOBREIRO,
    seja muito bem vindo ao meu espaço virtual.
    Grata pelo elogio ao blog.
    Divulgue o quanto quiser. Todos os que vierem por bem, são acolhidos por nós neste espaço que já não é só meu, mas coletivo. Dê uma olhada na nossa BCFV.

    ANNE,
    obrigada amiga. Volte sempre.

    FLORA,
    é mais que agradável. É transcendental :)

    ISABEL DE MATOS,
    podes sempre falar com quem quiseres aqui. Sou hiper a favor de comunicação expandida.
    Só não sei se a Lina voltará aos comentários deste artigo...
    Mas tu como és pró em telepatias, talvez a Lina te "oiça" em pensamento.
    Olha, comigo resulta às mil maravilhas. Quase que já nem precisamos de usar email ou telefone. Tu pensas, logo existes (no meu pensamento). Eu penso, logo existo (no teu pensamento)!! E esta hein!!
    Adorei a ideia dos miscaros.
    A ver se experimento.

    Beijinhos muitos, a todas/os.
    Rute
    P.s.-Isso de não conseguires comentar não tem a ver com o meu blog, mas sim com o internet explorer. Tens de passar a usar o Mozila firefox.

    ResponderEliminar
  21. Ah!ah! se bem que te conheço deves estar a amar todo esse criativismo!!Boa amiga, parar é morrer!!

    Dessa dobrada eu comia e repetia, da outra baaaaaa, nunca gostei.

    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Deu!!!
    Pois é! Nós em casa só temos firefox e safari, mas no trabalho puseram-nos o explorer e não nos deixam pôr outro... e como destas últimas vezes comentei do computador de lá... Pronto, só comento quando estiver em casa!!! ;)
    Beijinhos e obrigada por deslindares isto, o Pedro pelos vistos está certo, cá em casa não quer nada da microsoft; aos clientes, ele bem aconselha mudarem, mas há malta que insiste nos programas da microsoft...
    Muitos beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  23. Olá, Rute!Mais uma Amizadeia em acção, a tua dobrada com o comentário da Isabel Matos resultaram na melhor dobrada que já comi na vida! E até o meu marido gostou!
    Viva os vegetais, as amigas e as ideias!
    Beijinhos

    ResponderEliminar