04 setembro 2011

CHANTILLY DE IOGURTE DE SOJA

Ainda estou sem palavras para a magnificência da minha própria criação!
Como é que me lembrei de confeccionar isto? Um chantilly alternativo baseado em iogurte caseiro... Pensei na maionese de kéfir-soja e adaptei-a ao contexto doce, assim sem mais nem menos!

INGREDIENTES:

  • 1 litro de iogurte soja natural;
  • 1 xicara de açúcar branco;
  • 1 colher (sopa) de essência baunilha;
  • Óleo de girassol q.b.
CONFECÇÃO:
IOGURTE CASEIRO:
  • 1 litro de leite soja orgânico;
  • 1 colher (sopa) frutose;
  • 1 colher (sobremesa) alga Kombu em pó;
  • 1 iogurte natural soja ALPRO.
Ferver o leite, dissolver a alga em pó e a frutose. Esperar que arrefeça até aos 40 graus para poder juntar o iogurte natural. Mexer bem. Levar à iogurteira ou confeccionar tradicionalmente, num tacho aquecido ou numa mala térmica.
A alga kombu em pó enriquece o iogurte com cálcio.

CHANTILLY:

Drenar o iogurte num pano de linho, durante umas horas.
Num liquidificador triturar o açúcar até virar pó. Juntar o iogurte drenado e a essência de baunilha. Programar 3 minutos, velocidade 5. Pelo bucal da liquidificadora, adicionar óleo em fio fino. Na bimby , inclinei o copinho do bucal e verti o óleo devagar, deixando escorrer pela tampa para o copo.
A quantidade de óleo irá de 1/2 xicara a 3/4 de xicara (de leite).
Depois de triturar durante os 3 minutos, leve ao frigorifico pelo menos 1 hora antes de consumir.
Delicioso!!! Uma descoberta revolucionária!!!

ARTIGO RELACIONADO:
Chantilly de Cajú

22 comentários:

  1. Olá, Rute!Tu ficas aí quietinha e de repente apareces com uma coisa maravilhosa destas!Estou-te a imaginar igual a uma cientista na cozinha, com tubos de ensaio e tudo!Adorei este chantily!Na minha frente já surge um bolo com ele e morangos!Delicioso, saudável e vegetal!Tamos nessa!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Quietinha não é bem o caso...
    Quando fujo daqui é porque estou em tarefas domésticas ou laborais enfadonhas :(
    Dai estas experiências malucas serem a minha evasão. Planejo-as enquanto aprisionada a fazer o que não gosto para depois satisfazer-me com os belos resultados da imaginação :)
    Isto ficou um espetálico mesmo!
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderEliminar
  3. Oi Rutinha sua receita me fez lembrar que ainda preciso fazer o iogurte, quando estava me dedicando a fazê-lo, o tempo mudou, digo isso,porque quero fazer como vc me ensinou, deixá-lo ao sol, mas essa semana vou ver se faço pois o tempo está melhorando. Que lindas as idéias que vc cria, está com um aspecto super leve e delicado.Quanto a mensagem é a mais pura verdade, superioridade é saber que nunca sabemos tudo, temos muito a aprender ainda..Bjos querida um ótimo domingo

    ResponderEliminar
  4. Pois é Josy,
    estou esperando seu iogurte caseiro pelo método tradicional. Como você vai fazer de leite de vaca não precisa de alga kombu, hein.
    Fico torcendo para que resulte a 100% e que vc pode de seguida experimentar o chantily de iogurte.
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderEliminar
  5. Rute, vindo de ti já espero tudo!:) Isso é que é ter imaginação!!! Parabens.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Olá, boa noite! :)

    Apesar de não costumar escrever nenhum comentário, sou leitora assídua deste blog, pois ADORO as receitas imaginativas que a Rute inventa.

    Gostava de experimentar esta, mas tenho um problema: onde consigo arranjar alga kombu em pó?

    Obrigada e continuação de bom trabalho com a imaginação para nos deliciar.

    ResponderEliminar
  7. Olá bom dia,

    SUSANA,
    obrigada. Eu também já espero tudo de mim (risos).

    ELISABETE,
    que bom ter comentado :)
    A alga kombu em pó vende-se no celeiro.
    Fico feliz de saber de mais uma fã do PPP.

    Espero continuar a agradar.
    Beijinhos e boa semana de trabalho para ambas.
    Rute

    ResponderEliminar
  8. Eu que adoro chantilly, é mesmo excelente.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Rute, que receita magnífica a do seu chantilly! Gosto muito desse creme para fazer sobremesas e cobrir bolos, essa versão mais leve e com menos gordura é maravilhosa! Tira uma dúvida minha? Essa receita rendeu quanto de chantilly? Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Olá a quem chegou entretanto...

    CONCEIÇÃO,
    experimenta que vais A-DO-RAR!

    ADRI,
    eu não fiz a quantidade total da receita pois já tinha utilizado 1/4 do iogurte noutra confecção. Dai que, 750 ml de iogurte com 3/4 de açúcar e etc.. rendeu essa caixinha de vidro que você vê na foto. Digamos que... talvez 450 gr de chantilly.
    Em relação ao manifesto contra o plágio, não vai dar para participar mas irei aos blogs participantes dar a minha opinião, ok. Não leve a mal.

    Beijinhos e boa semana de trabalho a ambas.
    Rute

    ResponderEliminar
  11. Puxa, que legal,Rute! Parece tri legal mesmo! beijos,linda semana,chica

    ResponderEliminar
  12. Bemmmmmmmm sem palavras rapariga!!Mais um para experimentar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Só tu, mesmo, a cientista da culinária. :))
    Agora tenho um preconceito a vencer: algas. Não sei porquê mas ainda me está a complicar um cadito com o sistema...
    Olha, há bocado lembrei-me de ti qdo vi uma reportagem sobre as hortinhas comunitárias na Parede, estava à espera de te ver lá de enxada na mão. :) Quem me dera que fizessem em Alverca. Só de pensar que a minha avó tinha ali uma hortinha ao pé de casa, agora nesse lugar só estão prédios. :(
    Outra coisa: fui ao "Paladares da Isa" à procura da torta, é aquela com arroz, espinafres e atum, não é? Delícia! E os crepes de espinafres com camarão tb estão super apetitosos.
    E pronto, por hoje é só.
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Olá giraças,

    CHICA,
    adorei essa expressão Tri-legal :)

    SANDRINHA,
    também experimentaste o chantilly de cajú não foi?

    CLAUDIA,
    pois...não vi essa reportagem. Foi em que canal de tv? E também não estou "por dentro" das hortas comunitárias aqui da área...
    Humm, com que então tens um estigma contra algas... vou pensar numa maneira de desmistificar essa tua aversão :)
    Quanto à torta da Isa, sim é essa.
    Só depois de comentar o teu rocambole é que percebi que o teu é de nabiças. Melhor ainda. Mais original do que de espinafre. E deve ter aquele travozinho gostoso!

    Beijokas às 3 meninas.
    Rute

    ResponderEliminar
  15. E voilá! Um dos maiores problemas dos vegetarianos, o chantilly, fica resolvido xD ahahah por esta é que não esperava! Saboroso já sei que fica, com esses ingredientes era impossível não ficar. A consistência parece ser parecida. Muito boa receita, obrigada ^^

    beijinhos :D

    ResponderEliminar
  16. Oi Rute,
    obrigada pela sinalização a respeito do trecho que postei sobre os estudos do cérebro feminino. De fato já está ultrapassado ante tantas vertentes pesquisadas mais profundamente.E, como vc disse, muitos fatores ambientais e sociais já fizeram mudanças conceituais marcantes nessa área.
    A título ilustrativo, o trecho desperta ao menos, curiosidade para o assunto.
    Tenho cada vez mais esperanças de um dia podermos nos sentar à sombra fresca e conversarmos sobre todos estes interessantes assuntos.
    Bjos, amiga,
    Calu

    ResponderEliminar
  17. Olá minhas lindas,

    MARTITA,
    por esta do chantilly de iogurte não esperavas tu, pois não? Fico a aguardar "insights" teus. Também muito inesperados :)
    Beijinhos.

    CALU,
    não quis dizer que seu texto está ultrapassado (não me interprete mal). Ainda tem uma grande maioria dividida por sexos.

    Seu texto é uma pérola de reflexão.
    Fico torcendo para um dia ser possivel isso mesmo que vc falou no meu blog, ficarmos à conversa frente a frente, numa tarde de brisa suave. Até que a noite nos separe (risos).
    Conversar contigo é sempre muito estimulante.
    Vc é uma pessoa muito culta, de visão holistica e percepção intuitiva ;)
    Quantas sinapses, meu Deus!!!
    Beijo grandão além-mar.
    Rute

    ResponderEliminar
  18. Como fico contente em poder, mesmo que virtualmente, chamá-la Amiga, Rute.A cada troca de mensagens e comentários sinto maior nossas afinidades.
    Obrigada novamente por tua delicadeza sempre presente. Vamos "sonhar" juntas, pois um sonho que se sonha só é apenas uma sonho. Um sonho que se sonha acompanhado pode tornar-se realidade mais depressa.
    Passarei lá no site que vc me indicou.
    Um grande abraço d'aquém-mar, amiga,
    Calu

    ResponderEliminar
  19. Obrigada Calu.
    A admiração é reciproca.
    Concordo que sonhar junto aumenta a probabilidade de se tornar real!
    Até mais (dia 7, Teia Ambiental, não esquece).

    ResponderEliminar
  20. Também gosto, e se fugimos ao "outro" pelas calorias, acabaste de nos dar a alternativa! :))

    Acho que está na hora de compilares as tuas criações moça...são ideias originais com direitos de autor, dignas de exposição "numa livraria próxima de si"! :))

    ResponderEliminar
  21. Rutinha, se der responda-me no email que vc ira me mandar sobre a aula do Gilberto
    Posso ao invés de bater no liquidificador, bater na batedeira? Será que dá o mesmo efeito? Por que no liquidificador faço a maionese também, já o chantilly caseiro faço na batedeira, será que dá certo? Gostei muito da receita, super fácil. Obrigada amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Josy,
      só agora vi seu comentário. Desculpe a demora mas como não preciso aprovar comentários, nem sempre checko os registros.
      Com a batedeira julgo que não dá.
      Faça exactamente como faz para a maionese. Ou liquidificadora de mão, ou copo-liquidificador.
      Beijinhos.
      Rute

      Eliminar