15 abril 2012

DESENCANTO - No Reino de Espadas ♠

imagem m/autoria
BCAP - 2ªFASE - DESENCANTO

«O Amor é cego e vê, não sei porquê!» assim entoava o cantor Tomás Alcaide na longa metragem "Bocage", em 1936. Os amores, a poesia e o sofrimento, sempre de mãos dadas. Quanto maior a cegueira, maior a tragédia e a veia poética.

Comigo também não podia ser diferente. Vi-me constantemente às cegas, por ruas escuras, becos sem saída, usando o lirismo para aliviar o coração apunhalado (). "Cantigas de amor, de amigo, escárnio e maldizer" em trovadorismo medieval. Monólogos intermináveis, dramas romanescos, comédias sombrias que só mesmo eu entendia e sofria sem mais alguém perceber porquê!

(12-02-1989)
SENTIMENTO tão esquisito é este do amor
Ternura, prazer e alegria e ao mesmo tempo tanta dor

ABANDONADA a palavra que mais detesto e que tanto usei
Amada, respeitada, já o fui, mas de ti nunca o esperei

BELOS dias passados
que juntos apaixonados
juramos nos perdoar

TRISTONHAS as vidas
que não podem mais
se tolerar

PENSAMENTO tão horrendo é este da despedida
Por mais que tente não consigo, ver-te fora da minha vida.

Mas a barca do amor continuou ancorando no meu porto, marinheiros de água doce que quiseram aventurar-se em mar revolto. Eles não sabiam, mas estavam de passagem. Eu não sabia, mas desse modo fui ganhando experiência de desapego, amadurecendo o ego infantil, libertando-me de instintos que me dominavam.

Aos poucos o desencanto revelou seu lado positivo. Sai devagar da sombra, tornei-me algo fria e justiceira. Dente por dente, olho por olho. Fiz jus ao meu signo astrológico, coloquei na balança o amor que me davam, na medida exata do amor que eu poderia dar em troca. Talvez assim, o "comércio" fosse mais justo, sem amor que escraviza, sem mentiras, sem facas ao peito (). A justiça no fio da lâmina, a espada () que põe fim ao duelo amoroso entre dois egos inflexiveis.

É este o momento em que o desencanto com o padronizado acontece. A desilusão acontece quando nos sentimos fora de contexto. Os momentos preciosos perdem brilho, deixam de fazer sentido quando "tudo o vento levou"... Aí, sentamos nas cinzas e perguntamos: "Is that all there is to a fire?" Será que é só mesmo isto que resta de um grande fogo? Um fogo que se consumiu a sí mesmo e tudo o que existia em volta. Que quando não tinha mais por onde arder, se apagou como se nunca tivesse existido.

If that´s all there is my friends, then let´s keep dancing
Let´s break out the booze and have a ball
If that´s all there is

Se isto é só o que existe meus amigos, então vamos continuar dançando
Vamos abrir as garrafas, beber e fazer uma festa
Já que é só isto que existe

Vamos viver o dia-a-dia, sem nos encantarmos com promessas futuras e nem nos desencantarmos com tristezas passadas. Viver em festa aproveitando os prazeres da vida. Foi assim que decidi viver na 2ªfase da minha vida, embora atualmente me encontre em fase diferente. Não devemos confundir quem fomos com o que somos. Todos nós no presente somos o efeito de causas passadas. Resta saber se aprendemos bem a lição e se foi proveitosa a experiência. Se sim, não há hipotese de voltar a repetir erros.
Deixo-vos o Pesto Roxo, a minha participação na Blogagem da Cor
que para mim resultou em desencanto visual.
A expectativa ficou aquém do resultado, ainda que saboroso.

E AGORA OS VOSSOS PEDAÇOS DE AMOR:
2-www.idade-espiritual.com.br; 3-LuzDeLuma.blogspot.com.br
4-AsasDosVersosEreversos.blogspot.com.br; 5-ContosOuFatosSurreais.blogspot.com.br
6-MariaLuizaSaes.blogspot.com.br; 7-TachosVspanelas.blogspot.pt
8-6feira.blogspot.com.br; 9-NãoSeiOqueSeEstavaAfim.blogspot.com.br
10-AromaDeCafé.blogspot.pt; 11-Su-TheBest.blogspot.com
12-CasaCoisasEoutros.blogspot.com.br; 13-InsanidadeTemporariaByGe.blogspot.com.br
14-SaoBanza.blogspot.com.br; 15-ProjetandoPessoas.blogspot.com.br
16-PensandoEmFamilia.com.br; 17-ChicaEscrevePorAí.blogspot.com.br
18-UmaCertaLuz.blogspot.com.br; 19-www.CozinhandoComJosy.com
20-LuluOnTheSky.blogspot.com.br; 21-VozAtiva2.blogspot.com.br
22-OgatoPorLebre.blogspot.com.br; 23-BelRech.blogspot.com.br
24-PensamentosDeUmaMoca.blogspot.com.br; 25-www.Jubiart.com
26-www.PontoLivro.com; 27-LichiaDoce.blogspot.com.br
28-MilaResendes.blogspot.com.br; 29-BlogSimplesEclara.blogspot.com.br
30-Misturao.blogspot.com.br; 31-EvaSabbado.blogspot.com.br
32-ConversasComXunandinha.blogspot.com.br; 33-OculosDoMundo.blogspot.com.br
34-Adsisimplesmente.blogspot.com.br; 35-ConversasCartomânticas.blogspot.com
36-CasaCoisasSabores.blogspot.com.br; 37-FractaisDeCalu.blogspot.com.br
38-AescolaÉbela.wordpress.com; 39-PequenoQuiproquo.blogspot.com.br
40-AhDoQueEuGosto.blogspot.com.br; 41-DemocratizaçãoDaModa.blogspot.com.br
42-MamyRene.blogspot.com.br; 43-007conexãoblogs.blogspot.com.br
44-AvaliandoVida.blogspot.pt; 45-AdaoBraga.wordpress.com
46-EsplendorDaCriação.blogspot.com; 47-LuluExperiência.blogspot.com
48-CrioAminhaVida.blogspot.pt; 49-ArtePensando.blogspot.com.br
50-BlogandoComAvida.blogspot.com; 51-PreservandoOverde.blogspot.com.br
52-JorgeVicente.blogspot.pt; 53-AnjoAzul.blogspot.com.br
54-MsocorroM.blogspot.com.br; 55-SonhosMelodias.blogspot.com.br
56-DiárioDaCrisnane.blogspot.com.br; 57-Gothicbox.blogspot.com.br
58-ParaGarotasQueQueremSeCasar.blogspot.com.br; 59-AlémDosFragmentos24x7.blogspot.com.br
60-Eu-euza.blogspot.com.br; 61-DebbyEuAmoVida.blogspot.com.br
62-MãosDeManteiga.blogspot.pt; 63-ArteLivreVimaje.blogspot.com.br
64-ZildaSantiago.blogspot.com.br; 65-www.sonharEser.com.br
66-FloraDaSerra.blogspot.com.br

58 comentários:

  1. Olá, querida parceira de caminhada no amor

    "Tu és o orvalho que me beija"...
    (Meliss)

    Em pleno período pascal nos reencontramos para tecer o nosso Desencanto... entrelaçar partilhas de coração a coração...

    Hoje acordei cansada... parece que estou vivendo a dor do Desencanto novamente...
    Vc, coim o seu texto muito bem escrito (como sempre), me recordou algo:
    "Que importa restarem cinzas se a chama foi bela e alta?"
    (Mário Quintana)
    Estou muito sem palavras diante de tanto relato de Desencanto, amiga...

    Obrigada por sua participação e nos vemos no próximo mês se Deus quiser!!!
    Bjs de Paz e Esperança junto com o meu carinho fraterno

    "Meu coração orvalhado
    pleno de gratidão,
    agradece a Deus"...
    (Élys)

    ResponderEliminar
  2. Rute, descreveu lindamente - e perfeitamente - as agruras do desencanto. Que bom que estás em outra fase, uma mais bonita e animadora, espero :-)
    Deixo minha participação http://casacoisasesabores.blogspot.com.br/2012/04/blogagem-coletiva-desencanto.html
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  3. Rutinha,
    Quando pensei em participar nessa fase, me veio à mente usar a foto de um prato que ficou bonito, mas o sabor e a consistência deixaram a desejar.
    Ainda não foi dessa vez que aderi, quem sabe mais pra frente.
    Desencanto dói. Talvez por isso, não gerar expectativas demais pode ser a saída. A questão é que, entre a racionalidade e o coração, há um mundo de possibilidades. Por pior que seja o momento, sempre se pode tirar algo de positivo das experiências de desencanto.
    Pelo que te conheço, decididamente não está vivendo essa fase, ainda bem!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Nem sempre o desencanto é indesejável... Foi sobre isso que escrevi.
    Libriana como eu, conhece bem os danos da Espada da Rainha, que corta como Atropos fios que nos prendem a vivências sem sentido.
    Beijo!
    Minha contribuição: http://migre.me/8GAQW

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Rute!
    Essa fase do desencanto é de fragilidade.
    Cá estou para a minha participação nessa fase.
    Xeros

    ResponderEliminar
  6. Rute, querida amiga, obrigada por partilhares o teu pedaço desencantado de uma forma tão bem escrita, explicada e interligada com outros ramos do conhecimento. Quero inteirar-me destas ligações com As Cartas, aguardo fervorosamente a nossa próxima conversa no nosso próximo encontro.

    Aproveito para te comunicar que acabei de publicar a minha participação: http://escolabela.wordpress.com/2012/04/15/desencanto-_-2a-fase-da-bcap/

    Muitos beijinhos, está no ar mais uma fase desta tão aclamada coletiva! Obrigada (e à Rosélia e Rosa) pela vossa iniciativa.

    Isabel

    ResponderEliminar
  7. Oi Rute!
    De desencantos o mundo está cheio, infelizmente, mas o importante é fazer como você fez, não se deixou sucumbir e deixou esta fase pra trás.
    Belo depoimento!
    Beijinhos e um lindo domingo!

    ResponderEliminar
  8. Rute, acredito que a gente sempre aprende com os desencantos que acontecem na nossa vida. Serve de lições, ensinamentos para nossa evolução pessoal.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  9. Rute

    Amiga são tantos os sentimentos que nos levam ao desencanto, mas ele é o responsável pelo nosso crescimento, amadurecimento e a darmos valor a vida e aos seres humanos.

    Minha participação já está lá na mamyrene.

    http://mamyrene.blogspot.com.br/2012/04/blogagem-coletiva-amor-aos-pedacos-2.html

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Rute, adorei sua forma de ver o desencanto e a analogia feita!
    Parabéns!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderEliminar
  11. "Viver em festa aproveitando os prazeres da vida."
    Ainda ontem escutei em um programa de rádio: "quando você perde o prazer do sorriso, você já morreu para a vida."
    Penso muito sobre isso, pois o des-encanto pode nos levar a pícaros de dor que fica difícil re-começar... mas viver é preciso!
    Estou gostando muito de participar da Blogagem Coletiva e contribuir para assuntos tão diversos.
    Bjkas
    Mila

    ResponderEliminar
  12. Rute, muito bom, adorei o teu texto... fiquei preocupada quando logo pela manhazinha nao o vi... mas no final foi surpreendente mesmo!!!

    Venha a proxima....

    Beijocas

    ResponderEliminar
  13. Rute,
    vc alternou lindamente as emoções, a inquietação, as questões que nos tomam diante do inexplicável.
    Retomada a vida, novas respostas, ganho de atitudes,clareza de posição frente à caminhada.
    Neste 2º tema, cada uma se revisitará.Isto é renovador.
    Obrigada por mais esta importante oportunidade.
    Abraços afetuosos,
    Calu

    ResponderEliminar
  14. Tão lindo seu texto, tão significativo,
    sou nova nesse mundo de blogs, e no acaso resolvi participar da blogagem sem saber ao
    certo do que se tratava, que surpresa, quanta surpresa boa.
    Boa semana
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Ainda bem que são fasess e que os encantos nos retornam aquecidos pela paixão, não a um amor , mas a vida em si mesmo.
    bjs

    ResponderEliminar
  16. Forte seu texto, gostei principalmente quando falou da balança... pena que nunca funciona, não é?
    Impossível mensurar o amor que damos ou que recebemos pra fazermos uma justaposição perfeita.
    Há momentos em que amamos mais, outro em que recebemos mais do que damos...
    Parabéns e até a próxima blogagem.

    ResponderEliminar
  17. Olá Rute
    Não sei o que correu mal, mas afinal o post agendado não foi para o ar. Publiquei agora, porque não tinha vindo à net, só agora é que me apercebi.
    Pois é, o desencanto... eu teria muito para dizer sobre esse tema, mas preferi focar-me em mais uma personagem histórica. :)
    Vou ter que voltar amanhã para ler o teu texto com atenção, porque agora estou num ambiente muito barulhento, não me consigo concentrar. :)
    beijinhos, até breve

    ResponderEliminar
  18. Oi, Rute...

    tbm escolhi ir por esse caminho... viver hoje, sem muitas expectativas com relação às pessoas, vivendo um dia de cada vez. Realmente a gente sofre menos.

    Muito boa sua postagem, como sempre!

    Ótimo final de domingo e beijos...

    ResponderEliminar
  19. Dizem que na vida:

    A em cantos e
    10 em cantos.

    O bom é que tudo passa, tudo sempre passará !

    Tentarei colocar minha participação em outro dia, mais adiante, pois hoje minha postagem teria que ser de encantamento, diante de um milagre!

    Beijo

    ResponderEliminar
  20. Rute, o desencanto acontece, mas isso não qeur dizer que a vida parou. Há sempre outros encantos a nos esperar.
    Que bom que a fase é outra vez de encantamento. Assim é a vida. Nada como um dia depois do outro.
    Beijo, boa semana!

    ResponderEliminar
  21. Interessante Rute,
    Adorei o modo como vc falou do desencanto de uma forma lírica,poética e bem tocante.
    Adorei lê-lo e se Deus quiser a próxima postagem será ainda mais incrível.
    Abraço,=)

    ResponderEliminar
  22. Olá, querida amiga e parceria de Coletivas
    O seu texto foi tão bem feito e já é tão normal que assim o seja que voltei pra saboreá-lo...
    Fui passando parágrafo por parágrafo e confesso que me extasiei...
    Uma sabedoria de anciã, viu???
    Isso é captar as lições de vida pra discernir quando voltarem a se repetir... (encantos e desencantos)
    Siga como nossa capitã... assim do seu jeitinho que me leva pra cima e me deixa o bom astral fluir, amiga!!! Mesmo no Desencanto...
    Obrigado por chamar-me para, com vc, dignificarmos ainda mais o Amor.
    Bjm de encanto e paz

    ResponderEliminar
  23. Olá!!!

    Desculpe a demora ... só consegui postar a blogagem coletiva agora :/

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Ahhhhhhhhhhh... me faz chorar!! Porque amo de paixão Peggy Lee e isso é muito sentimental. Rute, quantos amores deixados porque "acabaram"? Fico pensando na residência desses amores e o quanto nos custa dar-lhes carta de despejo. Será que os varremos de nossas vidas ou os deixamos trancados em um cantinho do coração como um ingrediente que adoça ou salga novos amores? Tenho dúvidas se existe amor além da nossa vontade, pois o que administramos são os amores que residem em nós e quando amamos demais, o desencanto se torna maior. O amor está para nós assim como está o ar que respiramos. Se o sufocamos, morremos nós!!
    Beijus,

    ResponderEliminar
  25. Rute minha querida,voltei e com muitas sauddades de todos, estou desde as 4 horas da tarde apreciando as participações, emocionantes, fortes, algumas me fizeram chorar, outras me fizeram pensar e a sua fez parte da minha vida. A coisa mais pesada que acontece quando tudo já está se acabando, é descobrir que não há mais assunto, não há o que falar com o outro, é como se ele não fizesse mais parte da sua vida. Adorei seu depoimento me fez pensar, refletir muito em tantos desencantos que tive na minha vida, mas que só me fizeram crescer. Linda sua participação. Um grande beijo e uma excelente semana cheias de encantos.

    ResponderEliminar
  26. Rute, emocionante tua participação...Linda sempre e esse desencanto visual, deve ter ficado saboroso...beijos,linda semana,chica

    ResponderEliminar
  27. Queridos/as,
    estou muitissimo agradada pelo convivio saudável que se está vivendo na BCAP.
    Sentir a dinamica da coletiva, é sonho virando realidade. As pessoas precisam socializar mais, exteriorizarem mais, comungar das intimidades umas das outras, conhecerem-se profundamente.

    Uma blogosfera unida e reflexiva impõe-se sobre aquela outra blogosfera fria e superficial.
    Quanto mais me aprofundo nas perpectivas alheias mais saturada fico das aparências sociais.
    Obrigada por serem genuinos, dedicados e interargirem uns com os outros através dos comentários.
    Sem nos apercebermos, estamos a mudar o mundo. A torná-lo mais coeso.
    Continuarei saboreando as participações com calma, deixando meu carinho em cada comentário.
    Me aguardem. Tardo mas não falho!
    Abraços além e aquém mar.
    Rute

    ResponderEliminar
  28. Olá Rute!

    Mas estou participando na blogagem coletiva com DESENCANTOS!
    No wwwanjoazul.blogpot.com
    E aproveito para lhe dizer que o teu post merece tantas e tantas reflexões! Os desencantos são mais que muitos, mas damos repetidamenta a volta com novos encantos!
    Abraço

    ResponderEliminar
  29. Olá, Rute!

    O desencanto nos maltrata, mas, nos ensina. Passamos a ver a vida com novo olhar. Nos tornamos mais seletivas, mais prudentes... No entanto, o processo para se chegar até aí é doloroso demais. Uma grande vantagem, porém, do desencanto, é esse desabrochar da veia poética, sem dúvida, rsrs

    Grande abraço
    Socorro Melo

    ResponderEliminar
  30. Oi Rute, belo post! "tão horrendo é este da despedida", o desencanto é sempre muito difícil. Agradeço muito por poder participar da blogagem coletiva. Ótimo ;)

    ResponderEliminar
  31. Belíssimo, mais que belíssimo post.

    Milhares de abraços pela partilha de ti!

    Jorge

    ResponderEliminar
  32. Rutinha, obrigada pelo carinho. Na verdade mamãe está bem melhor mas acho que eu dei uma baixada nas minhas energias e ando tão cansada, cansada mesmo as vzs não consigo pensar...coisa q adoro fazer.
    Parei todas as atividades para dar uma respirada, parei dança, massagem, parei tudo também estava sem tempo, fiquei um pouco deprimida confesso, por que as vezes a gente quer levar um rumo mas toma outro. Mas o principal mamãe está super bem, e eu vou indo bem devagar, sem me sobrecarregar muito.
    Adoro ler seu blog, mesmo qdo as vezes to sem idéia para comentar, matéria muito boa sobre o encanto, algo que quando já estamos juntos temos de driblar a vida e fazer o encanto continuar vivo e encantando.
    Beijokas de mel e semana de luz e paz profunda.

    ResponderEliminar
  33. Oi Rutinha já postei... vai lá e confere
    http://debbyeuamominhavida.blogspot.com.br/2012/04/o-desencanto.html
    Bjs
    Debby :)

    ResponderEliminar
  34. Rute,um texto prazeroso de ler, com diversas msgs entrelinhas, entrelaçadas...muito linda e criativa participação!bjs e boa semana!

    ResponderEliminar
  35. Oi Rute! Não esqueci da BCAP não... é que a sua listagem ainda é a primeira e eu optei por fazer as coletivas no meu outro blog, no http://avaliandovida.blogspot.com Bloguei ontem mesmo! Seu post está maravilhoso! Bjks Tetê

    ResponderEliminar
  36. Olá, maninha linda!Mais um ponto que temos em comum: o signo, também sou Balança!Quando vi a imagem que criaste, senti algo estranho, quase como se tivesse sonhado com ela, é uma figura com que me identifico muito!Mais uma vez me surpreendes com a tua maravilhosa forma de transmitir sensações, transformando algo mal em bom e ao ler este texto senti-me bem, super bem! Desencanto pelo contextualizado acho uma dádiva!De vez em quando ser extraterrestre pode parecer difícil, podemos parecer que nos sentimos sós, mas pior do que isso é trair as nossas próprias intuições e convicções, nisto apoio totalmente essa forma de desencanto! Embora a minha postagem tenha focado de forma mais óbvia o desencanto, sabes que acho-as parecidas? Porque acho que somos parecidas, não gostamos que nos prendam, que nos tirem a liberdade, principalmente de pensar, nisso não me importo de passar por milhares de desencantos! E quanto mais não seja, o desencanto puxa-nos pela veia artística:da escrita, música, pintura, desenho, concordo inteiramente contigo! Esta coletiva está a ser muito bonita, muito envolvente e criativa!Já li um pouquito, agora, com calma, vou me dedicar a ler as outras maravilhas, saio sempre embevecida! Aguardo ansiosa o que vocês andam a inventar para 15 de Maio!
    Beijinhos mil!

    ResponderEliminar
  37. Olá Rute! Já fiz a minha publicação ;)Mais uma vez atrasada! Obrigada pela atenção e me ires lembrar ^^ não me esqueci, mas não tive oportunidade de postar mais cedo.
    Um grande beijinho, o teu post está lindo*

    ResponderEliminar
  38. Querida, agora voltei para ler a sua postagem e, como sempre, adorei o seu texto!!!

    E sim, vamos viver em festa!!!

    "Viver e não ter a vergonha de ser feliz"

    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  39. Pessoal,
    sou como a tartaruga, vou devagar nos comentários hein.
    Primeiro porque para mim, a BC só faz sentido se for prazerosa.
    Dai não quero stressar. Vou nas calmas, seguindo a numeração para comentar.
    Aguardem minha visita, ok? Ainda estão chegando participações, passem mais tarde para conferir.
    Tem valido muito a pena testemunhar toda a riqueza desta 2ªfase.
    O Desencanto revelou-se uma fase surpreendente.
    Beijo no vosso coração.
    Rute

    ResponderEliminar
  40. Rute, devido ao nascimento da netinha, fiquei meio ocupada e realmente me esqueci da blogagem. Obrigada pela chance de poder publicar com atraso.
    E como sempre sua postagem é de dar água na boca.

    ResponderEliminar
  41. Rute, acho que saber - e aprender seria a melhor expressão - a lidar com os desencantos é a melhor forma de lidar com ele, pois se nos maltratam também servem para nos ensinar algo, ou todo sofrimento não faria muito sentido. É duro, nada fácil, mas que, ao menos, algo de bom fique.

    Grande beijo ;)

    ResponderEliminar
  42. Olá Rute
    Finalmente pude ler o teu texto com calma, no sossego da biblioteca municipal.
    Destaco esta frase: «Fiz jus ao meu signo astrológico, coloquei na balança o amor que me davam, na medida exata do amor que eu poderia dar em troca.»
    Sabes porquê? Porque apesar de essa ser uma atitude muito razoável e cautelosa, ela também é demasiado racional, e como tal não acredito que tenhas tido essa postura por muito tempo, acho que não combina contigo. :) Tu és mais espontânea e impulsiva, acredito que depois dessa fase tenhas passado para uma entrega sem reservas. :)
    Essa atitude da balança é de facto a melhor para nos protegermos, disso não há dúvidas. Só darmos na medida em que nos dão evita sofrimento, mas acaba por ser redutor. Se bem que com certas pessoas seja preciso estar "de pé atrás", desse modo a qualidade da relação tb fica comprometida.
    Isto é um leão a falar, um leão cuja juba tem andado um bocado murcha. :)
    Olha, gostei muito de te ler, e parabéns pelo talento como ilustradora.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  43. Rute, não esqueci da BC não. É que estou cheiiiiiinha de coisas para fazer. =( Agradeço imensamente por sua gentileza em lembrar de mim, viu?

    Fica com Deus!

    ResponderEliminar
  44. Rute,
    passei para agradecer a preciosa conversa deixada lá na minha participação.Tua postura, sabidamente confirma-me, a pessoa e mãe louvável que és.
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar
  45. Rute
    Belo texto, muito profundo e verdadeiro!
    Obrigada pelas suas palavras no meu blogue!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  46. OI Rute,

    Que belíssimo texto. Gostei de ver o 'desencanto, desapego, desilusão' como uma forma de crescimento, de amadurecimento. Acho que o sofrimento seja de que especie for é sempre o momento que aprendemos a ser mais e melhor, não é verdade?
    Obrigada a visita e desculpe a demora também em vir aqui. na ultima blogagem nem pude vir, pois estou com a conexão bem ruim e aproveito o horario de tranquilidade no escritorio para retribuir as visitas e saber mais sobre os 'desencantos' de cada um.
    Grande beijo

    ResponderEliminar
  47. Oi Rute obrigada por proporcinar a participação nessa blogagem. Adorei e o tema dá pano pra manga mesmo não? Através de depoimentos, obras literárias o desencanto pode ser expresso das mais variadas formas. E você também explanou de forma linda. O mais legal da blogagem coletiva é sempre conhecer mais e mais pessoas nesse mundo virtual.
    Bjs

    ResponderEliminar
  48. Oi a quem chegou por último.
    Grata pelos comentários carinhosos.
    Ainda não terminei a visitinha a todos os blogs participantes.
    Estou quase no fim. Por favor, me aguardem e não desesperem.
    Obrigada pela compreensão. Estou adorando o passeio e aproveitando bem para ler com atenção.
    Beiiiiiiiiiiiiijo!

    ResponderEliminar
  49. Oi Rute , cá estou, visitando teu blog e este post lindo, essa BC é ótima, cheia de gente gentil e alto astral, adoro !
    Beijo imenso no seu ♥ !

    ResponderEliminar
  50. Adoro esta música da Peggy Lee e faz todo o sentido não dramatizar demais os amores e desamores da vida, para além dos contratempos e desilusões que acontecem a todos! Let´s keep moving! :)

    Gostei muito! Carpe diem significa um dia de cada vez, e é por aí que devemos seguir, para não perder a nossa sanidade mental perante os desencantos da vida...

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  51. oi amore....
    ah que saudade.
    ontém consegui um jeitinho e li esta e outras postagens
    mas não pude deixar um alozinho.

    Ainda bem Rute que vc está vivendo uma outra fase, porque o desencanto, por mais que nos renda conhecimento e aprendizado, dói muito né....
    Querida, agradeço de coração o convite.
    Estarei postando por estes dias.
    Muitos compromissos na faculdade e eu sou uma tartaruga, custa-me publicar um texto.
    Mas, devagar vou aprendendo
    rs
    deixo um abraço com muito carinho pra vc.

    ResponderEliminar
  52. Só agora deu tempo de vir ler, não gosto de fingir que o faço.
    Gostei do que li e ainda bem que agora está noutra fase.
    O desencanto é necessário para crescermos mas desencanto a mais aborrece e chateia, às vezes precisamos também viver um pouquinho iludidas, ou aceitar que a vida é assim mesmo e fingir que nada nos atinge mais. Mas o amor continua a ser um sentimento lindo.
    Bj

    ResponderEliminar
  53. OI Rute,

    nada melhor que a experiência de viver, sentir e mesmo quando tropeçar continuar pelo caminho, acredito que o amor em si nunca é desilusão/desencanto mas muitas vezes a maneira como nós vivemos o amor com nossas expectativas, que sempre são tantas (e tontas né?!) impregnadas de coisas e idéias que ás vezes nem nos pertencem de fato

    super beijo e obriagada por visitar o blog

    ResponderEliminar
  54. querida Rute
    só hoje consegui publicar minha participação na blogagem....
    rs
    abraço pra você. espero que esteja tudo bem contigo.

    ResponderEliminar
  55. Obrigada a todas as meninas que passaram entretanto por aqui.

    LILIANE, já atualizei a lista com seu link. Obrigada querida.
    Porém, hoje não me sinto com coragem para permanecer no computador.
    Amanhã visito sua participação. Me aguarda.
    Beijos e abraços a todos/as.
    Rute

    ResponderEliminar
  56. Olá Rute!
    Olha só quanto atrazo, ando com pouco tempo para o blog, estou fazendo outras coisas e boas, rsrsrsr, pra mim, mas tbm quanta riqueza estou aprendendo em cada post que leio, vale a pena mesmo nossa BC. Compreendo vc, pois tbm me sinto assim, um tanto light nesta fase, ñ esperar muito das outras pessoas, ter expectativas menores, e viver o presente com mais intensidade! Com o tempo a gente aprende. Adorei vir aqui, bjs, até a próxima. Ieda.

    ResponderEliminar
  57. O tempo é a melhor solução.Aprendemos com nossas desilusões, crescemos e nos fortalecemos...
    Estou com atraso nos meus comentários, me perdoe!!!!
    Paz e bem

    ResponderEliminar