27 março 2012

MIL FOLHAS DE (des)GOSTOS

«19-01-1990 (18 anos de idade)
Querido Diário:
como em toda a minha vida, estou confusa. Por vezes quero ser criança e não pensar em namoros.
Outras vezes tenho medo de perder o Ricardo.
Eu sei que ele não é o ideal para mim, mas dá a sensação que vou amá-lo por toda a minha vida.
Gostaria de ter melhor. Porém, será que alguma vez conseguirei o idealizado?
Deverei ficar com o que tenho?
Demasiada ambição pode ser perigoso...
Mas será que algum dia poderei casar com ele se a toxicodependência (leve) dele continuar.
Tenho esperança que a cura aconteça e como toda a gente fala, a esperança é última a morrer.
No entanto, não vou deixar ele me destruir, trabalhei muito para ser o que sou hoje.»

Isto de gostar de alguém nunca é fácil. Torna-se ainda mais dificil quando estamos em tenra idade, confusas que caminho tomar. Projetamos como todo o mundo, um futuro padronizado, familia, filhos, sucesso na profissão e até ao momento de nos decidirmos pelo SIM, aceito o (...) para meu legitimo esposo, escalamos a custo o nosso lugar na sociedade.
Será que devia ter botado tudo a perder e seguir cegamente a paixão? Não o fiz.
Agi em
consciência
. Este é um dos desabafos de 1001 noites de desgostos ruteanos. Escriturados entre dúvidas e lágrimas num diário salgado de mil folhas.

INGREDIENTES:

  • Azeite para o refogado;
  • Cebola em meias-luas (quarto-minguante);
  • Batatas novas laminadas;
  • Picadinho de alho;
  • Couve-flôr destroncada;
  • Soja texturizada fina;
  • Molho de soja;
  • Cominhos em pó;
  • Pitada de pimenta;
  • Sal fino;
  • Azeitonas verdes;
  • Amendoas laminadas;
  • Hortelã fresca picada;
  • Queijo de tremoço (ou outro);
  • 2 embalagens de massa folhada;
  • Alface para decorar.
CONFECÇÃO:

Muito fácil. Hidratar a proteina de soja. Aquecer o forno a 180º.
Refogar cebola e alho no azeite, juntar a batata laminada, os tronquinhos de couve-flôr, temperar de molho de soja.
Passado um pouco, juntar a soja fina, temperar de cominhos e pimenta. Adicionar as azeitonas sem caroço e cortadas aos pedacinhos. Mais a amêndoa laminada (usei amêndoa com pêle) e a hortelã fresca picadinha.
Conferir paladar, retificar sal.
Num tabuleiro de forno, colocar uma massa folhada por baixo, o recheio dentro, povilhado com queijo ralado, e por fim, a outra massa folhada por cima.
Levar ao forno. De inicio aumentar a temperatura para 200º para que a massa folhe bem. Mais tarde diminua a temperatura para não queimar.
E você? Também tem mil folhas rascunhadas de desgostos? Salgadas com lágrimas e apimentadas com quartos-minguantes de cebola?

Vem compartilhar com a gente uma folha da sua vida no dia 15 ABRIL.

23 março 2012

QUICHE ILUSÃO DE ÓTICA (Chinesa)

Nem tudo o que parece é. Somos constantemente enganados pelos 5 sentidos. No final, ou a ilusão se transforma em realidade, ou em desilusão. Tudo depende dos gostos pessoais, da maneira como olhamos a vida, das expectativas que criamos...

Os mais desconfiados vão "apalpando" terreno, cautelosos, antes de desencantarem daquele cheirinho, aspecto, textura. Os m
ais afoitos mergulham na audácia de se encantarem, sem temerem possiveis desilusões.

Os cautelosos geralmente gostam de sabores tradicionais. Os
audaciosos imploram por viagens exploratórias :)

Quiche? Quiche é um clássico da culinária francesa! On
de já se viu ter recheio de comida chinesa!? Continuo afirmando que a separatividade é ilusória. Aqui na cozinha PPP as fronteiras misturam-se, a dualidade esbate-se, a unificação acontece. Seja mais audacioso na vida, descubra que ilusões se transformam em realidade, e que outras, se transformam em desilusão. O porquê de tudo isto acontecer com você? Se quer saber, vá mais longe, mais fundo. Não se fique por uma dentada, nem por uma fatia. Arrisque!

INGREDIENTES:
  • 1 Base de massa quebrada (usei de compra);
  • Azeite para o refogado;
  • 1 Alho-porro (parte branca);
  • 1 Pimento verde às tirinhas;
  • 1 Pimento vermelho às tirinhas;
  • 1 lata de Bambu aos palitos;
  • 1 Cenoura ralada grosso;
  • Couve Chinesa (pode substituir por repolho branco);
  • Molho de soja;
  • 6 ovos;
  • 1 pacote natas soja (br:creme de soja);
  • 2 colheres (sopa) mostarda (usei caseira);
  • Pitada de sal;
  • 2 colheres (sopa) de pimentas rosa inteiras;
  • Queijo de tremoço ralado para gratinar.
CONFECÇÃO:
Não se assustem com a extensa lista de ingredientes. A quiche é de fácil preparo.Basta refogar os vegetais laminados em uma frigideira anti-aderente.
Enquanto refoga, temperar de molho de soja (substitui o sal).
Abrir a massa quebrada sobre a tarteira e aquecer o forno a 180º (grill off).Bater os ovos com o creme de soja, a mostarda e a pitada de sal.Derramar os vegetais na massa quebrada. Povilhar com os grãos inteiros de pimenta rosa. Cobrir com o preparado de ovos. Distribuir queijo de tremoço por cima e levar ao forno.A meio da cozedura baixar o forno para 150º. Quase no fim, ligar o grill para gratinar o queijo derretido.

Por falar em ilusão, desilusão, encanto e desencanto: Venha derreter-se connosco dia 15 Abril na BC mais emocionante do momento:


17 março 2012

BCAP - 2ªFASE - DESENCANTO - 15_ABR_2012

Meu mundo caiu e me fez ficar assim. Você conseguiu e agora diz que tem pena de mim.
Não sei se me explico bem, eu nada pedi. Nem a você, nem a ninguém. Não fui eu que cai.
Sei que você me entendeu. Sei também que não vai se importar. Se meu mundo caiu,
eu que aprenda a levantar (cante connosco).



Anteontem foi um dia de Encantamento puro... do mais autêntico...

O amor visto com óculos cor de rosa... como nos contos de fadas...
Eis que, de repente, pode vir uma bruxa malévola e quebrar o Encantamento como que para surpreender-nos... desinstalar-
nos...Recebemos até uma provável sugestão mascarada de "feitiço": aceitar o novo que nos é oferecido... ou relutar????
Fácil???
Difícil??

Possível???

Permanecer no apego desordenado... no orgulho ferido???
DESENCANTO PURO!Somos convidados na próxima fase, dia 15 de Abril, a trocarmos experiências de Desencantamento... o mais "natural" possível...
Seria isso possível??
?
Pois o encanto se foi...
Há que se continuar vivendo, não é assim???
Desencontros acontecem... Desencantamentos também...
Assim é a vida!!!
Isso pode significar perdas... dor... desilusão... lentidão nos pensamentos e ações amorosas...
Mas pode também
sugerir: crescimento... ascese...permuta de vivências mais ordenadas...
É hora de compartilharmos as nossas dores da alma em se tratando de amor...
Podemos abordar feridas... marcas... traumas... desintegração da nossa essência...
O que mais nos chama
atenção no Desencantamento?
Entornamos o caldo?
O leite derramou???

A união não faz mais a força???
O amor se despedaçou???
Pela primeira vez?
Uma vez mais???
Tenhamos coragem de assumirmos nosso Desencanto com a vida... com a familia... com as pessoas de um modo
geral... com o poder divino... com as relações perto ou mais distantes de nós... ou connosco mesmo???
DES ENCANTAR...

DES ENCONTRAR...
DES INTEGRAR...
Embarque connosco nessa aventura e descubramos que poderemos não ser os únicos náufragos do amor.
Vamos nessa???A sua valiosa participação nos ajudará no processo do "não desecantar" da equipa e do grupo envolvido na coletiva. Sem vocês não há permuta de vivências nesse sentido.
Estamos muito honradas com a presença solidária de vocês em nossa proposta de amor e lhe aguardamos com MUITO carinho fraternal.
Até lá então!!!
Luz de Luma, Yes Party!
Espiritual-idade
Publicar Para Partilhar
NacoZinha Brasil (Membro Honorário)
NOTAS IMPORTANTES:

  • Os participantes não são obrigados a seguir todas as fases, podem participar apenas nas que desejarem.
  • É permitido trazer para o dia de publicação qualquer artigo já publicado que se adapte ao tema.
  • O artigo participante pode servir mais do que uma blogagem coletiva, desde que não fuja à temática.
  • No dia 15, uma vez publicado seu post, deixe um comentário. Divulgaremos na lateral do blog que estão participando, para que todos possam ler!

15 março 2012

ENCANTAMENTO - No Reino de Copas ♥

Imagem da m/autoria
BCAP - 1ªFASE - ENCANTAMENTO

Assim é chegado o dia festivo da partilha de perspectivas em torno do amor(). Por certo, não o olhamos todos da mesma forma. Uns olham-no com os olhos do coração, outros com os olhos da razão, egoismo ou interesse financeiro... mas todos evoluem dentro do , vencendo desafios, experiênciando emoções positivas e negativas.


Na coletiva anterior (BCFV), subimos degrau a degrau, a escadaria da vida. Em cada patamar crescemos em tamanho e entendimento. A proposta atual é que façamos o mesmo: vamos subir juntos no ? Escalar a íngreme montanha da sabedoria?

Aparentemente, observamos uma linha do tempo. No inicio da linha temos o nascimento de algo, nova realidade, novo . O mistério conduz-nos à descoberta da novidade que alimenta o imaginário. Ansiedade, curiosidade e expectativa, instalam-se, ganham controle sobre nós, o encantamento comanda nossa vontade.

Ah como é bom, deixarmo-nos ir. Quem não gosta de ficar na plateia, assistindo o mágico transformar bengalas em flores, lenços em pássaros, papelinhos em flocos de neve? Tudo parece fácil. Nesses momentos julgamo-nos numa redoma de vidro, protegidos, amados... daquelas redomas que é só agitar um pouquinho para logo encher o ambiente de magia.

Palavras mágicas que sopram no meu ouvido e que me delicio a ouvir. Ilusões em que participo ativamente sem me cansar. Imaturidade? Aí é que está, não considero que o encantamento aconteça apenas em tenra idade. O encantado para mim é um salto quântico na linha do tempo. A paixão tem a capacidade de fazer-nos viajar à velocidade da luz. Regressar ao tempo da inocência, do acreditar nos relacionamentos humanos.
Tive uns quantos "encantos" na minha vida. Alguns antes de casar, outros depois do divorcio. Foram épocas reenergizantes, uma em especial muito necessária após "a queda". Enquanto casada pensava com nostálgia: ai que saudade do tempo de namoro, da conquista reciproca, das promessas de amor eterno, da sede um do outro... Quando tudo escureceu, achei que as fases seguintes serião o penoso curso da vida, solidão, velhice e morte. Mas a luz da paixão voltou a encontrar-me e renasci das cinzas numa realidade completamente diferente.

Voltei a andar de mão dada, a brincar e a sorrir, a escrever poemas, a cantar como um roxinol, a dançar na rua imaginando que tocavam música só para nós os dois, a sonhar com um futuro dentro das infinitas possibilidades. Uma trintona colegial, foi bom demais voltar a ter vinte anos! Isso é o que eu chamo, literalmente, rejuvenescer.

Aconselho as pessoas a não se fecharem, não julguem que o tem época, peso e medida. Ele é intemporal, informe e infindável. Ainda que os vossos corações petrefiquem com sofrimento, lembrem-se que existirá sempre um canto de sereia, ou um trovador que resgatará o náufrago coração das profundezas da escuridão. Ou até mesmo, uma nova forma de cantar e encantar dentro da relação que estão vivendo. Esqueçam as cirurgias plásticas, os regimes de emagrecimento, os antidepressivos, e tomem uma boa dose de , apaixonem-se primeiro por vocês mesmos, depois pela vida e em pouco tempo a lei da atração, atrairá o amor reciproco à vossa vida. Só precisam estar receptivos ao que o universo tem para vos dar.

Apesar dos vários desencantos que a vida me deu, afirmo aqui, com muita certeza: se depender de mim, vou encantar e me deixar encantar até morrer, porque amar é luz, energia poderosa, ainda que alguma luz nos iluda e seja efémera, porém, a cada relacionamento saimos mais iluminados, com outra visão do mundo interior e exterior. Assim é no amor homem-mulher, como na amizade e no amor familiar. As portas e janelas do meu coração estão abertas ao namoro, às amizades, e aos laços familiares. Um sempre crescente, em fértil expansão. Se há "coisa" que jamais vou deixar de fazer, é amar, com toda a força do meu ser.

Deixo-vos o Pão Surpresa (neste link) porque considero
as
surpresas o ingrediente mágico dos Encantamentos.
Incluído no acto de surpreender, está o interesse em querer agradar.

E AGORA OS VOSSOS PEDAÇOS DE AMOR:

2-AdaoBraga.wordpress.com; 3-TachosVsPanelas.blogspot.com
4-AromaDeCafé.blogspot.com; 5-PreservandoOverde.blogspot.com
6-LuluOnTheSky.blogspot.com; 7-AsasDosVersosEreversos.blogspot.com
8-CasasCoisasEoutros.blogspot.com; 9-ConversasCartomanticas.blogspot.com
10-ProjetandoPessoas.blogspot.com; 11-Espiritual-idade.blogspot.com
12-VozAtiva2.blogspot.com; 13-www.Jubiart.com.br
14-LucinhaDreamGarden.blogspot.com; 15-PequenoQuiproquo.blogspot.com
16-PensandoEmFamilia.com.br; 17-6feira.blogspot.com
18-ChicaEscrevePorAí.blogspot.com; 19-MariaLuizaSaes.blogspot.com
20-www.PontoLivro.com; 21-SaboresDeAnjoAzul.blogspot.com
22-BlogSimplesEclara.blogspot.com; 23-UmaCertaLuz.blogspot.com
24-ContosOuFatosSurreais.blogspt.com; 25-ArteLivreVimaje.blogspot.com
26-BelRech.blogspot.com; 27-www.SonharEser.com.br
28-FractaisDeCalu.blogspot.com; 29-MSocorroM.blogspot.com
30-JorgeVicente.blogspot.com; 31-EuCrioAminhaVida.blogspot.com
32-LuzDeLuma.blogspot.com; 33-Misturao.blogspot.com
34-EsplendorDaCriação.blogspot.com; 35-Lichiadoce.blogspot.com
36-OgatoPorLebre.blogspot.com; 37-ParaGarotasQueQueremSeCasar.blogspot.com
38-CasaCoisasEsabores.blogspot.com; 39-RumosLibertadores.blogspot.com
40-AhDoQueEuGosto.blogspot.com; 41-LáEmAlgumLugar.blogspot.com
42-AvaliandoVida.blogspot.com; 43-wwwAnjoAzul.blogspot.com
44-AnaBelaEmBlogagensColetivas.blogspot.com; 45-www.cozinhandocomjosy.com
46-Su-thebest.blogspot.com; 47-Milaresendes.blogspot.com
48-LethyMeuReino.blogspot.com; 49-InsanidadeTemporaria.blogspot.com
50-MamyRene.blogspot.com; 51-CameliaDePedra.blogspot.com
52-FloraDaSerra.blogspot.com; 53-ButecoDoLufe.blogspot.com
54-PensamentosDeUmaMoca.blogspot.com; 55-ZildaSantiago.blogspot.com
56-Gilmara-AlmaEmFlor.blogspot.com; 57-DebbyEuAmoMinhaVida.blogspot.com
58-DemocratizaçãoDaModa.blogspot.com; 59-ReginaMurbach-renascer.blogspot.com
60-OculosDoMundo.blogspot.com; 61-EuEosTachos.blogspot.com
62-ConversasComXunadinha.blogspot.com.br; 63-MãosDeManteiga.blogspot.pt
64-AescolaÉbela.wordpress.com; 65-Eu-euza.blogspot.com.br
66-ParaAbençoarSuaVida.blogspot.com.br; 67-Teca1954.blogspot.com.br
68-CiganaMariaRosa.blogspot.com.br

08 março 2012

ENTOSTA-TE A MIM !

Entosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos. Encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar.
Encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos. Não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo. O que não vivi, hei-de inventar contigo.
Sei que não sei, às vezes entender o teu olhar. Mas quero-te bem, entosta-te a mim!

Eu venho do nada, porque arrasei o que não quis. Em nome da estrada, onde só quero ser feliz.
Enrosta-te em mim, vai desarmar a flôr queimada. Vem beijar a mulher-bomba, NÃO quero adormecer :)
(Cante enquanto come »» se cantar mal, deixe a música rolar)

INGREDIENTES:
  • Pão de forma em fatias (usei integral);
  • Mostarda (usei caseira);
  • Cogumelos frescos laminados;
  • Cominhos em pó;
  • Coentros frescos picados;
  • Mortandela vegatariana biosmile;
  • Queijo (usei queijo de tremoço).
CONFECÇÃO:
Lamine fino, cogumelos frescos. Tempere de cominhos e coentro picado. Reserve.
Prepare pedacinhos de queijo de tremoço e mortadela também aos pedacinhos.
Aqueça a tosteira. Barre uma das fatias com mostarda e coloque na tosteira aberta.
Inicie a montagem do recheio: cogumelos, mortandela, queijo. Tape com outra fatia de pão.
Feche a tosteira, deixe tostar bem e delicie-se (a dois).

Que jantar romântico, não? Conte-nos as suas refeições de momentos encantados da vida.
9 semanas e meia de muito mel e (en)tostas à mistura?

Não desespere, dia 15 Março está quase aí.... (mais informações sobre a BCAP, aqui)

07 março 2012

REFILL NA TEIA AMBIENTAL

O que nos diz esta imagem?
Reencher um coração é reciclar emoções, "sangue" novo que dá vida e ânimo?
Sim é, é uma entre muitas perspectivas a serem desenvolvidas dia 15 Março quando falarmos de Encantamentos sucessivos, alguns exporádicos, efémeros ou duradores, fantasiosos ou reais.

Mas hoje é outra coletiva! Um amor mais expandido, de visão abrangente. O amor que nos retira da individualidade como quem saca a rolha da garrafa. A principio fazemos simplesmente PLOC e saltamos da visão estreita do gargalo. Com o tempo o estoiro já é de garrafa de champanhe, saímos em festa para comemorar as soluções ambientais, o céu é o limite.

Desse modo, aqui me preparo eu, para estoirar em grande estilo pois descobri nova forma de ajudar o planeta. Preparem os "flutes", vamos brindar às empresas da nova era. Empresas que sem abdicarem do enfoque nos lucros, preocupam-se em promover o verde.

Não é a primeira vez que falo em reutilizar tinteiros, mas ainda há gente que compra tinteiros de marca de origem e depois de vazios, lixo com eles.
!Gente!, isto é mentalidade de século passado!
"No século passado" é que acreditavamos que os Deuses enviavam castigos às impressoras que usassem cartuchos alternativos. Tenho uma impressora jurássica que há mais de 10 anos utiliza tinta alternativa e nunca avariou. A única medida de prevenção que usei foi "dar-lhe um banho".

Eiii, não é um "banho" em casa. É um procedimento feito por um técnico entendido, um reparador. São raras essas pessoas, mas conheço um muito eficiente que repara impressoras, fotocopiadoras e faxes, para além de vender equipamentos electrónicos em 2ªmão: FABIGTRONICA, LDA. - O dito banho custa 25 euros + iva e consiste em desmontar a máquina, efetuando de seguida uma limpeza interior. A minha HP G55 ficou como nova! E tomou banho uma única vez em 14 anos de trabalho (que cheiro a suor, menina!).

Voltando aos tinteiros.... para outras pessoas, o usual é reutilizarem os vazios. Pegam neles e dirigem-se a uma loja SMARTCARTRIDGE para reencher de tinta. O que as pessoas não sabem é que há tinteiros e tinteiros. Apesar do espaço da máquina onde colocam o cartucho ser sempre igual, e apesar dos cartuchos a nivel exterior apresentarem medidas iguais, por dentro têm reservatórios diferentes.

O 45A da HP, por exemplo, existe na versão standard (490 cópias) e na versão XL (930 cópias). Mas quando vocês vão recarregar os cartuchos na loja, págam o mesmo pelo tinteiro M ou XL. Portanto, convém optar por XL, não concordam?

Até aqui, já tinha chegado, mas na semana passada, descobri uma inovação mais económica. Inovação essa que antes não existia em Portugal.
Vamos reencher em casa, sem custos de deslocação e com facilidade?

É isso que a PRINK nos propõe com o Kit REFILL. Uma solução ainda mais ecológica, caseira, económica. O Kit inclui 2 garrafinhas de tinta, luvas de plástico e ferramentas simples (suporte azul, seringa e tapa-orificio). Dá para 2 ou 3 recargas, custa 17 €, enquanto que um só reenchimento na loja SmartCartridge custa o mesmo preço. Mas, não pense que cada vez que a tinta do Kit terminar, você tem de comprar novo Kit. Nem pensar! Mantém o Kit e compra as garrafinhas de tinta em separado (cada 8 €). Veja como é fácil neste link.

Outro atrativo da PRINK são os tinteiros compativeis com capacidade XXL. Se após algumas reutilizações, o seu cartucho avariar no chip de leitura, pode entregar o danificado na Prink e comprar um compativel para reencher. A Prink também recicla cartuchos danificados. Nada se perde.

Vai continuar insistindo nos hábitos inconscientes do século passado? Contribuindo para aumentar o lixo de cartuchos vazios? Saiba que, mesmo achando todas estas modernices disparatadas, pode canalizar os cartuchos vazios para a AMI em vez de descartar no lixo convencional. A AMI recebe cartuchos vazios para reciclar plástico e com isso, angaria dinheiro que se destina à assistência médica internacional em todo o mundo.

Soluções há muitas. Só falta boa vontade para mudar hábitos enraizados.

O presente artigo pertence à Teia Ambiental, uma coletiva que acontece a dia 7 de cada mês. Para mais informações visitar o blog da Flora e do Gilberto.

Quem são os "Nós na Teia" deste mês?
PreservandoOVerde.blogspot.com
Aroma deCafé.blogspot.com
LarEncantado.blogspot.com
Espiritual-idade.blogspot.com
CozinhandoComJosy.blogspot.com
JorgeVicente.blogspot.com
FractaisDeCalu.blogspot.com
FloraDaSerra.blogspot.com
AlmaMater.blogspot.com

02 março 2012

A PAIXÃO É TREMOÇO, O AMOR É AZEITONA

ARTIGOS RELACIONADOS:
Tremoços, da semente ao prato
Seitan à Gomes Sá com tremoços
Ó rama, ó que linda rama, ó rama da oliveira
Tratar azeitonas em casa - Fermentação

Histórias de queijos e beijos é o que mais há por aí, mas esta história que vou contar é especial, porque é real. Por vezes feita de tremoço ou de azeitona, mas sempre em nome do AMOR que começa encalhado, e quem sabe com tamanho romantismo, não acaba por juntar duas almas gêmeas! Qui ça?
"A PAIXÃO É TREMOÇO, O AMOR É AZEITONA" um dos aforismos utilizados pelo José, o Lisboeta mais romântico e persistente que se tornou um mito da paixão lusitana. Tudo começou a 14 FEV do ano passado, dia dos namorados, mas que no caso do José, foi um dia sem namorada! Este dia chega a ser depressivo para quem vê as lojas todas enfeitadas, alusivas ao amor, sentindo-se fora de tom por lhe faltar uma cara-metade para festejar esse grande sentimento!

Dai ele decidiu, já a caminho de casa, deixar uma rosa com um bilhetinho fixado no painel SINAL DE ALERTA da última carruagem do Metro. Mas a rosa não chega ao destino... nem a rosa do dia seguinte... aí ele pensa: esta brincadeira teria mais graça se fosse para toda a gente, sem destinatário certo. - Assim começa uma "peregrinação" pelo caminho pedregoso do AMOR, deixando fluir a escrita criativa como manifestação do seu "sentir subterraneo". Todos os dias uma flôr, uma frase, um pedaço de amor.
Ai, ai.
A criatividade do José inspira, serve-me para mostrar a minha última paixão (queijos vegetais) compartilhada com a minha amiga-irmã (alma muito gêmea) Lina do Aroma de Tremoço (risos).
INGREDIENTES:
  • 3 xicaras de Água;
  • 1 xicara de Tremoços cozidos e com casca;
  • 4 colheres (chá) de Agar-agar;
  • 2 colheres (sopa) de Maizena;
  • 1 colher (café) Sal fino;
  • 2 colheres (sopa) Óleo de linhaça;
  • 1 colher (sopa) levedura de Cerveja;
  • 1 colher (sopa) suco de Limão;
  • 2 colheres (sopa) Leite em pó (soja);
  • Pimentão doce em pó (paprika).
CONFECÇÃO:

Num liquidificar triturar a água com os tremoços até virar leite. Bem liquidificado. Depois juntar os restantes ingredientes à excepção do pimentão. Voltar a triturar.
Se tiver bimby, programe 15 minutos, velocidade 4, temperatura 100º. Quando começar a engrossar, deixe ferver mais um pouco e pare o tempo, mesmo que ainda não tenha terminado os 15 minutos.
Quem não tem bimby, leva o preparado liquidificado ao fogão e vai mexendo sempre, em lume brando, até engrossar.
Preparar 2 recipientes untados com óleo ou azeite. Deitar o liquido grosso, deixar arrefecer antes de refrigerar. Ao fim de 1 hora desenforme um deles e povilhe o recipiente com pimentão em pó. Volte a enformar o queijinho que ficará colorido como o da foto. E até mais gostoso do que o queijinho branco.

E agora que foto é esta?
Como tudo na vida, o tremoço também tem a sua origem. Não se sabe bem se na semente, se na planta da foto.
Quem nasceu primeiro? O ovo ou a galinha? O tremoço ou o tremoceiro?
No link dos artigos relacionados, vocês aprendem a cozinhar tremoços secos, até ao ponto de serem utilizados para fazer queijo. Não, não! Não é só demolhar e cozer. Há um processo importante pois o tremoço antes de ser tratado, é venenoso.

Mas a minha curiosidade não se fica por confeccionar leguminosas. Tive que semear, não é verdade? Então, no ano passado, levei alguns tremoços secos comigo aquando da sementeira da fava. E o vizinho da aldeia ensinou-me a semear tremoços (de amor). Fiquem sabendo que o tremoço é
uma semente super independente! Ele não gosta de ser enterrado. A correta maneira de semear é dar-lhe liberdade de movimentos, lançar as sementes ao vento por cima do terreno arado e esperar que a sementinha enraize sozinha, mal as primeiras chuvas acordem a força criadora através da hidratação. Água é vida!

Assim é o feitio do tremoço, como é o de muita gente que precisa de liberdade de movimentos para amar. Mas também não se pode ser individualista, caso contrário fica-se encalhado no dia dos namorados :)

Venha contar-nos a sua história de paixão de tremoço ou de amor de azeitona no dia 15 Março.
Informações mais detalhadas neste link.